Del Martin e Phyllis Lyon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Casamento de Martin e Lyon

Dorothy Louise Taliaferro 'Del' Martin (5 de maio de 192127 de agosto de 2008)[1] e Phyllis Ann Lyon (10 de novembro de 1924) foram um casal de lésbicas norte-americanas conhecidas como feministas e ativistas pelos direitos LGBT.

Martin e Lyon conheceram-se em 1950, permanecendo juntas até a morte de Del Martin, em 2008.[2]


Em 1955, Martin e Lyon e outras seis mulheres lésbicas fundaram a Daughters of Bilitis (DOB), a primeira organização lésbica nacional dos Estados Unidos.

Casam em 16 de Junho de 2008, em São Francisco, pouco antes da morte de Martin, em Agosto, aos 87 anos.

Livros[editar | editar código-fonte]

Livros escritos por Martin e Lyon excepto onde assinalado.

  • Lesbian/Woman (1972), sobre vida lésbica na América moderna.
  • Lesbian Love and Liberation (1973), sobre lésbicas e liberdade sexual.
  • Battered Wives (1979), por Martin.

[3]

Documentários[editar | editar código-fonte]

Em 2003, Joan E. Biren fez um documentário para o cinema sobre a vida do casal, No Secret Anymore: The Times of Del Martin and Phyllis Lyon,. O documentário Last Call at Maud's também retrata Martin e Lyon.

Referências

  1. Associated Press, Lesbian activist Del Martin dies at 87, August 27, 2008.
  2. Cavanaugh, Amy. "Del Martin remembered as a hero", Washington Blade, 2008-09-05. Página visitada em 2008-09-19.
  3. Gianoulis, Tina (4 de março de 2004). Lyon, Phyllis, and Del Martin (em inglês). Glbtq: An Encyclopedia of Gay, Lesbian, Bisexual, Transgender, and Queer Culture. Página visitada em 11 de fevereiro de 2007.
Ícone de esboço Este artigo sobre LGBT é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.