Demon Core

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde março de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
O Demon Core (Demônio Core) foi um fosso de plutônio que recebeu esse nome após matar dois cientistas em acidentes de criticidade.

Demon Core (Núcleo do Demônio), foi um Núcleo de Plutônio (arma nuclear) dos Estados Unidos, ele ganhou essa alcunha apos matar cientistas em dois acidentes de criticidade.

Historia[editar | editar código-fonte]

O Demon Core foi criado para ser usado em pesquisas no Laboratório Nacional de Los Alamos. Ocorreram dois acidentes de criticidade:

  • Em 21 de agosto de 1945, o núcleo foi cercado por tijolos refletores de nêutrons para experiências, esses tijolos refletiram os nêutrons e deixaram o núcleo critico, o cientista Harry Daghlian retirou rapidamente os tijolos impedindo uma reação em cadeia, porem ele recebeu uma dose fatal de radiação e morreu 25 dias apos o incidente.
  • Em 21 de maio de 1946 o físico Louis Slotin e outros sete cientistas cercaram o núcleo novamente com tijolos, para uma experiencia visando saber ate onde a massa poderia ser considerada sub critica, quando Slotin foi fazer um teste chamado de fazer cocegas na cauda do dragão devido a sua periculosidade, que consistia em retirar o núcleo com uma chave de fenda, ele escorregou a chave de fenda fazendo o núcleo ficar supercrítico e liberar uma explosão de nêutrons e raios gama(que foram descritos como um flash azul por observadores) atingiu Slotin, que rapidamente fechou a duas metades dos refletores de nêutrons, salvando a vida dos outros cientistas, porem Slotin sofreu uma dose letal de radiação e morreu 9 dias depois do incidente.

O Demon Core em uso[editar | editar código-fonte]

A nuvem de cogumelo gerada pelo Able.

Cinco semanas depois do segundo acidente o Demon Core foi usado como fosso para o teste nuclear Able, os acidentes de criticidade fizeram ele render 23 quilotons um pouco mais do que a media de 21 quilotons.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]