Diprotodontia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaDiprotodontia
Red-Kangaroo.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Diprotodontia
Owen, 1866
Famílias atuais
Acrobatidae

Burramyidae
Hypsiprymnodontidae
Macropodidae
Petauridae
Phalangeridae
Phascolarctidae
Potoroidae
Pseudocheiridae
Tarsipedidae
Vombatidae

Os diprotodontes, que incluem os cangurus e os coalas, pertencem à maior ordem de marsupiais (Diprotodontia) com dez famílias e 117 espécies, todas da Australásia, principalmente da Austrália e Nova Guiné.

A sua característica principal é serem diprotodontes, ou seja, terem apenas um par de incisivos inferiores (embora algumas espécies apresentem um par adicional), enquanto que na maxila superior têm três pares; além disso, não possuem dentes caninos na maxila inferior, mas na superior têm um par, que podem ser selenodontes ou lofodontes (lisos ou com cristas, como os molares).

Outra característica é serem sindáctilos (como os bandicoots), com o segundo e terceiro dedos das patas traseiras competamente unidos pela pele, embora tenham sempre garras separadas.

A maioria dos diprotodontes é herbívora, mas algumas espécies tornaram secondariamente a serem insectívoras, enquanto outras se especializaram em alimentar-se de seiva ou néctar. Algumas espécies de diprotodontes têm importância económica, na produção de carne e couro.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Até recentemente a ordem Diprotodontia era subdividida em duas subordens: Vombatiformes e Phalangerida. Kirsch et al. (1997), dividiu as famílias em três subordens.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Diprotodontia