Duarte Borges da Câmara de Medeiros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Duarte Borges da Câmara de Medeiros (Ponta Delgada, 7 de Setembro de 1799 — Ponta Delgada, São José, 19 de Março de 1872), 1.º Visconde da Praia (com frequência incorretamente referido por 1.º Visconde de Vila da Praia), foi um empresário agrícola, empresário, filantropo e político português.

Família[editar | editar código-fonte]

Filho primogénito de António Pedro Borges da Câmara de Medeiros (Ponta Delgada, São José, 14 de Abril de 1757 - 19 de Janeiro de 1820), Fidalgo Cavaleiro da Casa Real a 4 de Julho de 1777, herdeiro e Senhor dos Vínculos do pai, em Ponta Delgada, e também da Casa de Jesus-Maria José, na Praia, perto de Vila Franca do Campo, que pertencia à família de sua mãe, 5.º Provedor dos Resíduos de São Miguel, e de sua mulher e prima (Ponta Delgada, São José, 29 de Outubro de 1798) Maria Francisca do Livramento de Andrade Albuquerque de Bettencourt. Irmão de Maria José Borges da Câmara de Medeiros (Ponta Delgada, Fajã de Baixo, 13 de Agosto de 1800 - 27 de Janeiro de 1858), deixando a sua terça à Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada, casada em Ponta Delgada, Fajã de Baixo, a 14 de Agosto de 1819 com seu primo Caetano de Andrade Albuquerque de Bettencourt Raposo da Câmara (Ponta Delgada, São Roque, 2 de Março de 1788 - Ponta Delgada, São Roque, 8 de Dezembro de 1839), Senhor e herdeiro da grande Casa vincular administrada pelo pai e também Administrador dos Vínculos que herdou por morte de seu tio materno Manuel Raposo da Câmara (avós paternos de Caetano de Andrade Albuquerque de Bettencourt) e de António Borges da Câmara de Medeiros.[1] [2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi Comerciante, rico terratenente de Ponta Delgada, Açores, 6.º Provedor dos Resíduos em toda a Ilha de São Miguel, Senhor e Administrador da Casa da Praia, de Jesua-Maria-José e dos demais Vínculos administrados pelos seus antepassados, financiador do partido liberal, Deputado às Cortes, Governador Civil do Distrito de Ponta Delgada, Par do Reino, Conselheiro de Sua Majestade Fidelíssima e Senhor de vários Vínculos na Ilha de São Miguel, onde se distinguiu pelos seus atos de benemerência.[1] [3] Adquiriu em hasta pública, após a extinção das ordens religiosas, o Convento do Bom Jesus em Monforte.

O título de 1.º Visconde da Praia, com frequência incorretamente referido por Visconde de Vila da Praia, foi-lhe concedido por Decreto de D. Maria II de Portugal de 7 de Maio de 1845. Usou as Armas da Casa da Praia: esquartelado, o 1.º Borges, o 2.º de Medeiros, o 3.º da Câmara e o 4.º Dias do Ramo Espanhol; timbre: Borges; Coroa de Visconde.[3] [4]

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Casou em Ponta Delgada, Matriz (hoje São Sebastião, a 2 de Junho de 1823 com sua prima Ana Teodora de Medeiros de Sousa Dias da Câmara ou Borges do Canto de Medeiros (3 de Maio de 1800 - 15 de Setembro de 1883), filha herdeira de António de Medeiros Dias de Sousa da Câmara, Fidalgo da Casa Real, e de sua mulher Clara Joaquina Isabel do Canto de Medeiros da Costa e Albuquerque.[1] [5] Deste casamento houve:

Referências

  1. a b c "Nobreza de Portugal e do Brasil", Direcção de Afonso Eduardo Martins Zuquete, Editorial Enciclopédia, 2.ª Edição, Lisboa, 1989, Volume Terceiro, p. 492
  2. "Genealogias de São Miguel e Santa Maria", Rodrigo Rodrigues, Capítulo 11.º Da Descendência de Manuel Dias, Mercador, pp. 238 e 239 e Capítulo 55.º Da Descendência de António de Andrade, p. 1124
  3. a b "Genealogias de São Miguel e Santa Maria", Rodrigo Rodrigues, Capítulo 11.º Da Descendência de Manuel Dias, Mercador, p. 239
  4. "Nobreza de Portugal e do Brasil", Direcção de Afonso Eduardo Martins Zuquete, Editorial Enciclopédia, 2.ª Edição, Lisboa, 1989, Volume Terceiro, pp. 178 e 492
  5. "Genealogias de São Miguel e Santa Maria", Rodrigo Rodrigues, Capítulo 11.º Da Descendência de Manuel Dias, Mercador, pp. 239 e 240
  • António Ernesto Tavares de Andrade, Memórias Biográficas dos Ex.mos Srs. Visconde e Viscondessa da Praia, São Miguel, 1897.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.