Federação de Futebol do Estado do Acre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Federação de Futebol do Acre
Fundação 27 de janeiro de 1947 (67 anos)
Tipo Desportiva
Sede Brasão de Rio Branco.svg Rio Branco, Acre AC, Brasil Brasil
Presidente Antônio Aquino Lopes

A Federação de Futebol do Acre, fundada em 27 de janeiro de 1947 sob o nome de Federação Acreana de Desportos, é a entidade máxima do futebol no Estado do Acre, Brasil. Organiza todos os torneios oficiais que envolvam as equipes do Estado, como o Campeonato Acreano da 1ª Divisão, 2ª Divisão, Campeonato Acreano de Futebol Feminino e os torneios estaduais das categorias de base, o infantil (sub-15) e o juvenil (sub-18).
É a 3ª maior força da Região Norte do Brasil em termos futebolísticos, atrás apenas das Federações do Amazonas e do Pará.


História[editar | editar código-fonte]

Nascida com o nome de Federação Acreana de Desportos - FAD, substituiu a antiga Liga Acreana de Esportes Terrestres - LAET, associação ligada ao governo que organizava as práticas esportivas do futebol, vôley e basquete. A LAET foi criada pelos então clubes existentes na época Rio Branco Football Club, Militar Football Club, Ypiranga Sport Club e pelo Acreano Sporting Club.

A sede da LAET localizava-se em um pequeno prédio de madeira construído em meados de 1908 pelo então prefeito do departamento do Alto Acre, o senhor Gabino Besouro. Mais tarde, em 1928, o prédio foi demolido para dar lugar ao hoje majestoso Palácio do Governo. A LAET então mudou-se para a sede do Departamento das Obras e Aviação, onde hoje situa-se o Palácio das Secretarias do Governo. Foi nesse novo endereço que ocorreu a mudança de nome para Federação Acreana de Desportos - FAD, no ano de 1947. Três anos antes, o Conselho Regional de Desportos dava amplos poderes à entidade para organizar o desporto no território federal. Seu primeiro presidente foi o agrônomo Francisco Custódio Freire. No mesmo ano de fundação, obteve a filiação à Confederação Brasileira de Desportos, a CBD.

Com a demolição da sede do Departamento de Obras e Aviação, a FAD teve de mudar novamente de endereço, indo então para uma sala cedida pelo Rio Branco Football Club em sua sede, para depois mudar novamente de endereço mais três vezes. Nestas mudanças, muitas documentações acabaram sendo perdidas. Até que, em 1986, o presidente Antônio Aquino Lopes projetou que a FAD tivesse a sua própria sede. A inauguração ocorreu no dia 26 de Abril de 1987, ano do 40º aniversário de sua fundação, com a presença do então presidente da CBF, Octávio Pinto Guimarães. A sede ficava no Bairro Aviário, onde hoje a entidade faz o aluguel do local.

De FAD para FFAC[editar | editar código-fonte]

Assim que inaugurou a sua sede, a FAD também teve de realizar alterações em seu estatuto para se adequar às novas normas do esporte no Brasil. Uma das mudanças foi a extinção da Federação Acreana de Desportos, desmembrando-a para as federações próprias de cada esporte. Foi aí que surgiu a Federação de Futebol do Estado do Acre - FFEAC, no dia 1 de Setembro de 1987. Em 1989, ocorreu a profissionalização do futebol no estado. Em 8 de Novembro de 1999, foi definida a atual denominação: Federação de Futebol do Acre - FFAC.

Neste mesmo ano de 1999, a FFAC começou o seu projeto audacioso: A construção de seu próprio estádio. Com poucos recursos, a conclusão só veio a ocorrer 10 anos depois do início das obras. Em assembléia dos clubes para a nomeação do novo estádio, os presidentes dos clubes foram unânimes em batizar o estádio de Antônio Aquino Lopes, presidente da entidade desde 1986. O estádio está localizado na intersecção da Via Verde com a Estrada da Floresta. Por isso o apelido de Estádio Florestão. Nas dependências do estádio encontra-se a nova sede da Federação.

Ranking[editar | editar código-fonte]

No Ranking da CBF, a FFAC aparece na 20ª posição, com 2.673 pontos. Esta colocação lhe dá o direito de enviar 1 clube para a Série D do Brasileirão e 2 clubes para a Copa do Brasil de Futebol, além de 1 clube para a Copa do Brasil de Futebol Feminino.

Membros Fundadores[editar | editar código-fonte]

FAD[editar | editar código-fonte]

América Futebol Clube;
Fortaleza Football Club;
Independência Futebol Clube;
Rio Branco Football Club;

FFAC[editar | editar código-fonte]

Andirá Esporte Clube;
Associação Desportiva Vasco da Gama;
Atlético Acreano;
Atlético Clube Juventus;
Rio Branco Football Club;
São Francisco Futebol Clube;

Atuais afiliados[editar | editar código-fonte]


Altoacrefc.jpg Escudoamaxec.png Escudoandiraec.png Escudoadesg.png Escudovascoac.png Escudoatleticoac.png
Acriano
Futebol Clube

(Rodrigues Alves)
Alto Acre
Futebol Club

(Epitaciolândia)
Amax
Esporte Clube

(Xapuri)
Andirá
Esporte Clube

(Rio Branco)
Associação Desportiva Senador Guiomard
(Senador Guiomard)
Associação Desportiva
Vasco da Gama

(Rio Branco)
Atlético Acreano
(Rio Branco)
Escudoindependenciafc.png Escudonauas.png Escudopcfc.png Escudorbfc.png Escudosaochicoac.png
Atlético Clube
Juventus

(Rio Branco)
Galvez
Esporte Clube

(Rio Branco)
Independência
Futebol Clube

(Rio Branco)
Náuas
Esporte Clube

(Cruzeiro do Sul)
Plácido de Castro Futebol Club
(Plácido de Castro)
Rio Branco
Football Club

(Rio Branco)
São Francisco
Futebol Clube

(Rio Branco)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Federação de Futebol do Acre. (Julho, 2011). "Futebol Acreano em Revista - Edição Histórica" (Revista) (em Português) 1ª Edição: 108pag.. FFAC.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.