Gueto de Vilnius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Gueto de Vilnius (também conhecido como Gueto de Vilna ou Gueto de Wilno) foi um gueto estabelecido pela Alemanha na cidade de Vilnius, na Lituânia sob ocupação nazista.

Dois anos de fome, doenças, execuções, maus-tratos e deportações para campos de concentração e extermínio reduziram a população do gueto de estimadas 40,000 pessoas para zero. Algumas centenas de habitantes foram capazes de sobreviver ao fugirem para florestas próximas ou conseguirem esconder-se sob o abrigo de moradores locais.[1]

Referências

  1. Shneidman, N.N. Jerusalem of Lithuania: The Rise and Fall of Jewish Vilnius, A Personal Perspective. (Okaville, ON: Mosaic Press, 1998).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Holocausto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.