Gulfstream

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gulfstream Aerospace
Tipo Subsidiária
Indústria Aeronáutica
Fundação 1958
Sede Savannah, Geórgia
 Estados Unidos
Produtos Aeronaves
Página oficial http://www.gulfstream.com/

Gulfstream Aerospace Corporation é uma empresa aeroespacial norte-americana pertencente ao conglomerado General Dynamics desde 2001 que já produziu mais de 1500 aeronaves a jato para os mercados corporativo, privado, governamental e militar em todo o mundo.

História[editar | editar código-fonte]

Grumman[editar | editar código-fonte]

A Gulfstream começou em 1957 quando a Grumman Aircraft Engineering Corporation lançou o turboélice Gulfstream I, o primeiro avião executivo da Grumman; até então a Grumman era conhecida principalmente por seus projetos militares como o caça wildcat e o bombardeio de mergulho TBM Avenger. O gulfstream I teve um sucesso tão grande que a Grumman decidiu projetar uma versão com motores turbojatos conhecida como Gulfstream II.

Em 1967 a Grumman separou a atividades civis das militares e mudou a sede da Gulfstream para Savannah no estado da Geórgia. A nova sede abrigou a construção e os testes do Gulfstream II com cerca de 100 funcionários. Em um ano a quantidade de pessoas na fábrica aumentou para 1000 pessoas. Em 1969 o último e 200º Gulfstream I foi entregue e a produção do Gulfstream II aumentou e continuou até 1977 quando o último Gulfstream II foi entregue após 255 unidades produzidas.

Gulfstream Aerospace[editar | editar código-fonte]

Em 1978 a Grumman vendeu a Gulfstream com sua linha de produção para a American Jet Industries. Com a venda da empresa Allen Paulson se tornou o novo presidente e mudou o nome da empresa para Gulfstream American. Enquanto isso Paulson pressionava a empresa para desenvolver o Gulfstream III, que voou pela primeira vez em 1979.

Em 1982 a quantidade de pessoas trabalhando na unidade de Savannah já passava de 2500 quando o nome é trocado para Gulfstream Aerospace Corporation. No ano seguinte mais especificamente no dia 8 de Abril a Gulfstream lança suas ações na bolsa de valores. Em 1985 a Chrysler compra a Gulfstream para diversificar sua produção. Porém Allen Paulson junto com a Forstmann Little & Co. conseguiu comprar de volta a empresa por 825 milhões de dólares.

A companhia continuou crescendo até os anos 1990 quando lançou o Gulfstream V em 1994 e o Gulfstream IV-SP em 1996.

General Dynamics[editar | editar código-fonte]

Em 1999 a General Dynamics fez uma oferta de 5 bilhões de dólares pela Gulfstream que foi aceita, no ano de 2001 a Gulfstream compra a Galaxy Aerospace e sua linha de produção, a partir daí aviões de médio porte Astra SPX e Galaxy foram renomeados como Gulfstream G100 e G200 respectivamente.

A partir de 2002, a designação das aeronaves foi alterada passando os modelos a serem diferenciados por um número romano em vez de número árabe: p.ex. G550 em vez de Gulfstream V.[1]

Em 2003 o G450 é lançado para substituir os antigos G400 e em resposta à crise da aviação de 2001, a linha de produção em Savannah é fechada por um mês entre 30 de Junho e 27 de Julho. Em 2004 a Gulfstream recebe o prêmio Collier pelo G550, a primeira aeronave civil com o sistema FLIR de fábrica. Em Março do mesmo ano o G350 é lançado como uma versão menor do G450.

Em 2006 a produção do G100 acabou em benefício ao G150 que o substituiu. A Gulfstream também anunciou um projeto de ampliação das instalações de Savannah incluindo movas áreas de venda e design e a criação de um centro de serviços e de mais 1100 empregos. Atualmente a Gulfstream está desenvolvendo o G250, uma versão melhorada do G200 com voo inaugural esperado para 2011.

Modelos atuais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências