Gunnar Gren

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gunnar Gren
Gre-No-Li.jpg
O lendário trio Gre-No-Li, do Milan,
em sua ordem: Gren, Nordahl e Liedholm
Informações pessoais
Nome completo Gunnar Gren
Data de nasc. 31 de Outubro de 1920
Local de nasc. Gårda,  Suécia
Falecido em 1 de Novembro de 1991 (71 anos)
Local da morte Gotemburgo,  Suécia
Informações profissionais
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
19361937
19381941
19411949
19491953
19531955
19551956
19561959
Suécia Göteborgs
Suécia Gårda
Suécia Göteborg
Itália Milan
Itália Fiorentina
Itália Genoa
Suécia Örgryte
Seleção nacional
19391958 Flag of Sweden.svg Suécia 057 0(32)

Gunnar Gren (Gårda, 31 de Outubro de 1920 –– Gotemburgo, 10 de Novembro de 1991) foi um futebolista sueco.

Fez parte do trio Gre-No-Li, que fez história no Milan e na Seleção Sueca. Era chamado de "professor", pelo seu estilo de jogo calculado e frio. O trio, composto com seus compatriotas Gunnar Nordahl e Nils Liedholm, foi desfeito em 1953, quando Gren deixou o Milan - onde ganhou o scudetto em 1951, o primeiro do clube desde 1907 - para ingressar na Fiorentina.

Pela Seleção Sueca, conquistou o vice-campeonato na Copa do Mundo de 1958 e a medalha de ouro na Olimpíada de 1948, até hoje o único título sueco oficial no futebol, tendo marcado dois gols na vitória por 3 x 1 na decisão contra a Iugoslávia. Foi o título olímpico que chamou a atenção do Milan para contratar a ele e a Nordahl e Liedholm.

Não esteve na Copa do Mundo de 1950 pois o país só mandou ao Brasil atletas amadores.1 A política da direção da delegação só foi alterada após a não-classificação para a Copa do Mundo de 1954, onde o país atuou nas Eliminatórias novamente sem seus melhores jogadores. Com isso, Gren e outros astros suecos, como seu colega Liedholm, além de Lennart Skoglund e Kurt Hamrin, que também estavam na liga italiana, puderam integrar o elenco do mundial de 1958.2

A Seleção Sueca vice-campeã da Copa de 1958. Gren é o segundo em pé, da esquerda para a direita

Referências

  1. "Nordahl: 'Il pompiere d'oro'", André Melsohn Dayan, Trivela.com
  2. "O melhor venceu", Luciana Zambuzi, Trivela número 28, junho de 2008, Trivela Comunicações, págs. 33-37
Bandeira de SuéciaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas suecos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.