Hallucigenia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Como ler uma caixa taxonómicaHallucigenia
Aparência estimada construída a partir dos fósseis encontrados

Aparência estimada construída a partir dos fósseis encontrados
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
(sem classif.) Unikonta
Opisthokonta
Reino: Animalia
Subreino: Eumetazoa
(sem classif.) Bilateria
Protostomia
Superfilo: Ecdysozoa
(sem classif.) Panarthropoda
Filo: Lobopodia
Classe: Xenusia
Ordem: Scleronychophora
Família: Hallucigeniidae
Género: Hallucigenia
Espécies
H.fortis

H.sparsa

Hallucigenia é um gênero extinto de animais do Período Cambriano Médio descoberto a partir de fósseis articulados em depósitos do tipo Folhelho Burgess, do Canadá e da China, e de cristas vulcânicas (spines) isoladas de outras partes do mundo. Media de 0,5 a 3,5 centímetros.

Foi assim denominado pelo paleontólogo britânico Simon Conway Morris quando examinou o gênero Canadia em 1979. O Canadia havia sido descoberto pelo paleontólogo de invertebrados americano Charles Doolittle Walcott (o mesmo descobridor do gênero Pikaia).

Conway Morris nomeou a espécie Hallucigenia sparsa por causa de sua forma bizarra, parecida com uma alucinação. Um estudo publicado na revista científica Nature, em Agosto de 2014, constatou seu parentesco com vermes de florestas tropicais (Onychophora).

Referências[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]