ICEsat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
ICEsat
Imagem artística do ICEsat.


Operação Estados UnidosNASA
Tipo de missão Sensoriamento remoto
Contratante Ball Aerospace[1]
Satélite da Terra
Lançamento 13 de janeiro de 2003 às 00:45:00 UTC
Local Estados UnidosVandenberg SLC-2W, Califórnia, Estados Unidos
Duração da missão 7 anos
Massa 970.0 kg (2.100 libras)
Site oficial http://icesat.gsfc.nasa.gov/
Elementos orbitais
Semieixo maior
Excentricidade
Inclinação 94,0º
Apoastro 594 km (369 milhas)
Periastro 586 km (364 milhas)
Período orbital 96,60 minutos
Instrumentos

ICEsat é um satélite estadunidense da NASA destinado a medir a folha de balanço de massa das nuvens, bem como características da topografia e da vegetação terrestre. Foi lançado em 13 de janeiro de 2003 a bordo de um foguete '''Delta II'''7320 da Base da Força Aérea de Vandenberg. Ao ser lançado no espaço, foi colocado em uma órbita quase polar, a uns 600 km de altura. Teve uma vida operacional de 7 anos até ser aposentado em fevereiro de 2010, depois de sua carga útil científica desligar sem retorno à atividade.

Instrumentos do Satélite[editar | editar código-fonte]

O único instrumento do satélite ICEsat foi o Geoscience Laser Altimeter System (GLAS). Os lasers do GLAS emitem pulsos de infravermelho e visivel em 1064 e 532 comprimentos de onda mm.

Sucessão[editar | editar código-fonte]

A Administração Nacional de Aeronáutica e de Espaço (NASA) está planejando uma missão de acompanhamento, o ICEsat 2, para dar continuidade aos estudos das mudanças polares e de mudanças na biomassa vegetal. A NASA prevê o lançamento do ICEsat 2 para o ano de 2016[2] .

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "GSP">Krebs, Gunter. ICESAT (EOS-LAM). Gunter's Space Page. Página visitada em 31 August 2010.
  2. Operation ICE Bridge. NASA Earth Science Project Office. Página visitada em 2009-11-13.