Jardim Botânico de Pádua

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Pix.gif Jardim Botânico de Pádua *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

OrtoBotPadova Incrocio viali.jpg
Jardim Botânico de Pádua
País  Itália
Tipo Cultural
Critérios ii, iii
Referência 824
Região** Europa e América do Norte
Coordenadas 45° 24′ N 11° 52′ E
Histórico de inscrição
Inscrição 1997  (21ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.

O Jardim Botânico de Pádua foi fundado no ano de 1545 e é o Jardim Botânico universitário mais antigo do mundo. O primeiro é o Jardim Botânico de Pisa, fundado em 1544.

Características[editar | editar código-fonte]

O Jardim Botânico de Pádua, vendo-se ao fundo a basílica de Santo António

O Jardim Botânico de Pádua tem uma superficie de aproximadamente 22 mil metros quadrados e é circundado por um muro, construído em 1552, para proteger as plantas medicinais de roubos.

As plantas medicinais estão organizadas em canteiros, circundando todo o interior do muro. Na parte central há um tanque que abriga plantas aquáticas, como por exemplo, a Victoria regia.

Atualmente, no Jardim Botânico de Pádua, encontram-se exemplares de:

  • Plantas medicinais e venenosas
  • Plantas carnívoras
  • Plantas suculentas
  • Orquídeas
  • Plantas aquáticas
  • Plantas alpinas
  • Plantas mediterrâneas
  • Plantas típicas do triveneto (da região)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]