Lúcio Antônio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Julho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Lúcio Antônio

Lúcio Antònio (Lucius Antonius), militar romano do século I a.C. , irmão do triúnviro Marco Antônio.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seu pai, Marco Antônio Crético (Marcus Antonius Creticus), era filho do orador Marco Antônio (Marcus Antonius Orator),[1] assassinado pelos partidários de Caio Mário,[2] em 87 a.C. Sua mãe, Júlia Antônia, era sobrinha de Júlio César.[1] Marco Antônio Crético e Júlia Cesaris tiveram três filhos, Marco, Caio e Lúcio.[1]

Tribuno em 44 a.C., Lúcio Antônio tomou parte nas operações de Mutina, em favor do seu irmão, Marco Antônio.

Quando se formou o Segundo Triunvirato, uma das missões de Otávio era a repartição de terras na Itália, entre os soldados veteranos, tarefa que se mostrou bastante difícil. Valendo-se da dificuldade de Otávio, Lúcio, eleito Cônsul em 41 a.C. , em sintonia com Fúlvia, esposa de Marco Antônio, arregimentou oito legiões do exército e, à frente delas, entrou em Roma, prometendo ao povo que o triunvirato seria abolido. Com a chegada do exército de Otávio, Lúcio retirou-se para a Etrúria, buscando refúgio em Perúsia, onde foi sitiado e obrigado a render-se, sem que seus legados, Quinto Fufio Caleno e Públio Ventídio Baso, pudessem socorrê-lo. Otávio entregou a cidade ao saque da soldadesca, mas poupou a vida de Lúcio, enviando-o para governar a Hispânia.

São desconhecidas a data e as circunstâncias de sua morte. Cícero, em suas "Filípicas", traça um perfil bastante desfavorável de seu caráter.

Referências

  1. a b c Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Marco Antônio, 15.3
  2. Apiano, História Romana, Livro I, 72

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Árvore genealógica baseada no texto e nos artigos dos personagens citados

 
Marco Antônio Orador
 
 
 
 
 
 
 
 
Lúcio Júlio César III
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Marco Antônio Crético
 
 
 
 
 
 
 
 
Júlia Antônia
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Marco Antônio
 
 
Caio Antônio
 
 
Lúcio Antônio
 
 
 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.