Lago Norte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Região Administrativa do Lago Norte
Hino
Região Administrativa XVIII
Fundação:
Lei de criação:

Sem mapa

Limites: Jardim Botânico, Brasília, Sobradinho, Itapoã, Paranoá
Distância de Brasília: km
Administrador(a): Marcos Woortmann
Área  
 - Total {{{área_total}}} km²
População  
 - Total 29 505 habitantes '
IDH 0,933 muito elevado SEPLAN/2000[1]
Site governamental www.lagonorte.df.gov.br

Lago Norte é uma região administrativa do Distrito Federal brasileiro.

Seu nome original era Península Norte, mas como havia o Lago Sul, logo surgiu o nome equivalente, assim como Asa Sul e Norte em Brasília. É uma península banhada pelo Lago Paranoá, lago artificial criado para amenizar o clima seco da região.

A região administrativa é composta por 5 setores, a saber: Setor de Mansões do Lago Norte, onde se localiza a outrora famosa Casa da Dinda, o Setor Centro de Atividades, onde está principalmente a parte comercial da região, o Setor Taquari, onde tem apenas residencias unifamiliares, o Setor da Península, dividido em quadras do lago (QL) e internas (QI) e o Setor Núcleo Rural, de Chácaras remanescentes.

Os Setores da Península, e de Mansões, possuem uma renda per capita relativamente alta e, juntamente com o Lago Sul, o segundo maior número de piscinas por habitante do mundo[carece de fontes?]. O Taquari é formado principalmente por jovens famílias, que estão construindo suas residencias de aproximadamente 5 anos para cá. E o Núcleo Rural, é formado por antigas chácaras. o Lago Norte é uma região administrativa de classe média alta.

Entrada do Lago Norte

Comércio[editar | editar código-fonte]

No Centro de Atividades, na entrada no Lago Norte, está a principal área de comércio da cidade com dois shoppings: o Deck Norte, muito conveniente, casual e aconchegante com a maior praça de alimentação da região, lojas de serviços, Americanas, academia Runway entre outras lojas, e o famoso e exclusivo Iguatemi que atrai público sofisticado de toda a região, com suas marcas internacionais famosas e restaurantes de luxo, entre outras atrações.

Entrada do CA (Centro de Atividades)

Comércio local[editar | editar código-fonte]

Ao longo da DF-009, rodovia que serve ao Lago Norte, no canteiro central, estão localizados os comércios locais:

Comércio alternativo[editar | editar código-fonte]

Alternativa para os fins de semana

A Quituarte começou a funcionar no canteiro central da QI 09/10 do Lago Norte em 1990.[2] Em 27/11/2001 o Governador Joaquim Roriz entregou à presidente da Cooperativa dos Artesãos Moradores do Lago Norte, que gerencia a Quituarte, termo de indicação de área do lote de 3000 m2, ocupado por 69 empreendedores desde 1989. Com isso, a Quituarte passou a fazer parte do Pró-DF, Programa de desenvolvimento do Governo do Distrito Federal.[3]

Saneamento básico[editar | editar código-fonte]

Reservatório da CAESB

Pouco antes da estrada para o Centro de atividades (CA), está localizado o reservatório de água potável da CAESB, que abastece a cidade. Em 2009, iniciou-se a troca dos antigos encanamentos de ferro fundido para canos de Polietileno.

Apesar dos aspectos positivos, o Lago Norte não possui saneamento básico, com casas utilizando fossas individuais. Em 2008, começaram estudos para implantação da rede de esgotos, mas até meados de 2009 ainda não foi feita a ligação com as residências.

As tubulações originais de água potável, de ferro fundido, instaladas na década de 70, estão sendo substituídas por tubos de polietileno, conhecido como PAD.

Segurança[editar | editar código-fonte]

Relativamente próximo a áreas de risco, como o Varjão, o Lago norte é uma cidade bem assistida em termos infraestrutura de segurança pública: tem uma 9ª Delegacia Policial na QI 05 e dois postos da Polícia militar no canteiro central da DF-009: um entre as QI 01 e 02 e outro entre as QI 09 e 10.

Posto Policial da PMDF

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ranking decrescente do IDH-M das Regiões Administrativas do Distrito Federal Secretaria de Planejamento e Orçamento do Governo do Distrito Federal (SEPLAN/DF) (2000). Página visitada em 22 de julho de 2012.
  2. Jornal de Brasília, pg. 09, 09/09/2003
  3. Jornal de Brasília, pg. 5, 28/11/2001

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lago Norte