Loco Mía

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Locomia)
Ir para: navegação, pesquisa
Loco Mía
Informação geral
Origem Ibiza
País Flag of Spain.svg Espanha
Gênero(s) música pop, Europop, Latino
Período em atividade 1984 - 1996
Gravadora(s) Hispavox (EMI)
Página oficial http://www.locomia.com
Integrantes Xavier Font
Manuel Arjona
Carlos Armas
Juan Antonio Fuentes
Ex-integrantes Francesc Picas
Santos Blanco

Loco Mía foi um grupo espanhol criado em meados da década de 1980, representava o espírito libertino da região de Ibiza. Ficaram conhecidos por seus abanicos (leques) e ombreras (ombreiras).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Este grupo musical nasceu nas ilhas de Ibiza em 1984. No principio se dedicavam a atuar de maneira informal na famosa discoteca KU aonde obtiveram grande êxito, pois em suas atuações usavam algo que a mais ninguém havia imaginado usar antes, os famosos leques.

Em 1989 decidem estabelecer-se como um grupo musical formal para cantar e dançar suas proprias músicas. Neste mesmo ano firmaram contrato com a casa discográfica EMI e lançaram seu primeiro álbum intitulado Taiyo (Sol). Neste momento seus integrantes eram Xavier Font (criador do grupo), Carlos Armas, Manuel Arjona e Juan Antonio Fuentes. Se apresentaram no programa Sábado Sensacional.

Em 1992, depois de terem editado dois discos e conquistado toda a América do Norte, América Latina, Europa e Japão, o grupo se desintegrou devido a problemas entre seu criado Xavier Font e o ex empresário Manolo Gil.

Após várias tentativas de retorno sem sucesso, com novos integrantes e até mesmo com a formação antiga, lançaram em meados de 2001 um disco chamado "Corazón" e realizaram até uma pequena turnê pelo México. Aqueles que esperavam ver os velhos Locomia, semi disfarçados, tiveram uma surpresa. Com o look que se parecia mais com as bandas de teen pop atuais. Dos integrantes atuais, só se manteve um, seu criador Xavier Font.

Os membros originais tiveram vários destinos diferentes. Xavier, o único homossexual assumido do grupo, se tornou um estilista e tem uma loja em Barcelona e uma sex shop. Em 1997, ele raspou todo o cabelo e tatuou o nome do grupo no couro cabeludo. Carlos Armas, o de cabelos longos, formou um curioso grupo chamado "Vatikano", mas logo o abandonou para se dedicar ao mundo empresarial e agora trabalha em um restaurante de sua família, em Tenerife. Francesc Picas (primeira voz da canção Locomia, substituto de Xavier) seguiu carreira solo por um tempo, é escritor e poeta de vários livros de prosa e poesias. Juan Antonio Fuentes, o loiro, dirige um hotel em Barcelona. Santos (Substituto de Juan Antonio Fuentes, também loiro e muito parecido com ele) se converteu em bailarino da TV Espanhola, e prossegue sua carreira. Manolo Arjona é o único que segue trabalhando como um Loco Mia nos finais de semana na discoteca Bikini, em Ibiza.

Participantes[editar | editar código-fonte]

A formação original do Loco Mía contava com Xavier Font, Manuel Arjona, Carlos Armas, Francesc Picas, Juan Antonio Fuentes e Santos Blanco.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Discos

  • 1989 - Taiyo (Sol)
  • 1991 - Loco Vox
  • 1992 - Party Time
  • 1999 - Samba Pasion
  • 2001 - Corazon
  • 2007 - Loco Mia (Coletânea CD+DVD)

Singles[editar | editar código-fonte]

  • Locomia (1989)
  • Rumba, Samba, Mambo
  • Magia Negra
  • Locovox (1991)
  • Gorbachov
  • Fiesta Latina
  • Africa

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Foram proibidos de se apresentar em algumas cidades da América Latina por supostamente serem homossexuais.

A canção Gorbachov é uma homenagem ao então presidente da União Soviética, Mikhail Gorbachev.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Flag of Spain.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical da Espanha, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.