Michelle Vieth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Maio de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Michelle Vieth Paetau
Nascimento 19 de Novembro de 1979 (34 anos)
Marshalltown, Iowa
 Estados Unidos
Nacionalidade México mexicana / Estados Unidos Estadunidense
Ocupação Atriz
Cônjuge Héctor Soberón (2002-2004)

Leandro Ampudia (2004-2014)

Outros prêmios
Melhor atriz juvenil
IMDb: (inglês)

Michelle Vieth Paetau (Marshalltown, Iowa, Estados Unidos, 19 de novembro de 1979), é uma atriz de televisão do México. Quando muito jovem sua família se mudou para Acapulco, onde ela cresceu. É o maior de 4 irmãos: Alberto, Axel, Armando, e Xavier. Michelle tem cidadania mexicana.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aos 16 anos, a convite de uma amiga, fez uma participação como figurante na novela Acapulco, cuerpo y alma. Nessa ocasião conheceu o vice-presidente da Televisa, Valentin Pimstein, que a convidou para ser atriz. Em seguida, foi enviada para o (CEA) Centro de formação de atores da Televisa.

Em 1997 fez a novela Mi pequeña traviesa, onde interpretou a protagonista Júlia. O sucesso foi tão grande que ascendeu a carreira da atriz fazendo com que ela interpretasse uma das protagonistas da novela Soñadoras de 1998 compartilhando créditos com Laisha Wilkins que já havia trabalhado com a atriz em sua novela anterior, além de Laisha, Michelle teve como colegas Alejandra Ávalos, Arturo Peniche, Angélica Vale, Aracely Arámbula, José Carlos Ruiz, Ariel López Padilla e Irán Castillo.

Em Seguida protagonizou a trama Mujeres engañadas desta vez com Andrés García, Laura León e Novamente com Arturo Peniche desta vez como par romântico, esta foi outro sucesso em sua carreira.

E seu grande triunfo nas telenovelas foi em 2001 na trama Amigas y rivales onde interpretou a protagonista Laura, nesta trama ela saiu dos últimos capítulos da novela por que brigou muito com a produção e não se dava bem com os atores Arath de la Torre seu par romântico e com Angélica Vale com quem novamente dividiu o protagonismo, a atriz alegou que ao contrário de Ludwika Paleta e Adamari López, Angélica não foi uma amiga de verdade fora das câmeras.

A atriz também demonstrou seu talento como antagonista nas novelas Cuidado con el ángel de 2008 interpretando a cínica e bem humorada Ana Júlia, e a mimada Karen em Mundo de Fieras que não foi muito bem sucedida.

Outras novelas em que a atriz participou foi na teen Clase 406 ao lado de Sara Maldonado, Sherlyn e Christian Chávez, também em La madrasta como co-protagonista, em Corazones al límite, La traición, Al diablo con los guapos, Mañana es para siempre onde fez uma participação especial e a última até o presente momento é a bem sucedida La otra cara del alma sendo protagonista pela primeira vez na tv azteca, compartilhando créditos com Jorge Alberti, Eduardo Capetillo e Gabriela Spanic.

Polêmicas[editar | editar código-fonte]

Ela aparece em um escândalo sobre vídeos pornográficos com um homem desconhecido. Após o escândalo Michelle partiu para um curto período de tempo no Estados Unidos, e processou seu ex-marido Héctor Soberón identificado como o culpado pela distribuição das imagens na mídia e na Internet.

Relacinamentos[editar | editar código-fonte]

Em 2002 ela se casou com o ator Héctor Soberón, do qual pouco tempo depois se divorcia de modo controverso.

Atualmente se separou do empresário Leandro Ampudia, com quem tem dois filhos: Michelle e Leandro.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Em 2006 ela foi premiada pelo TVy novelas como "Rainha dos Clássicos Juvenis".

Mudança de Emissora[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista a atriz declarou o motivo de ter ido para a tv azteca rival da Televisa porque ela estava fazendo papéis cada vez mais pequenos em sua antiga emissora mas diz guardar muito carinho e boas lembranças da emissora.

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]