Sabine Moussier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sabine Moussier
Nome completo Diana Sabine Moussier
Nascimento 23 de Agosto de 1966 (47 anos)
Leverkusen
 Alemanha
Nacionalidade Mexicana  México
Ocupação Atriz e modelo
IMDb: (inglês)

Diana Sabine Moussier nasceu em (Leverkusen Alemanha dia 23 de agosto de 1966). É uma atriz e modelo alemã de cidadania mexicana, Sabine é filha de judeus e franceses.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sabine nasceu em Leverkusen, mas ainda pequena se mudou com sua mãe para Mazatlán, estado de Sinaloa no México, onde cresceu e passou uma infância tranquila, longe dos holofotes. Ao chegar a adolescência, começou a se interessar pelo mundo artístico, então se mudou para a Cidade do México e ingressou no (CEA) Centro de Educação Artistica da Televisa para se preparar.

Pouco tempo depois, estreou como co-apresentadora de "Al Ritmo de la Noche", junto a Jorge Ortiz de Pinedo, programa com o qual começou a ser conhecida e com o que chamou a atençao do público graças a sua singular beleza. Seu salto as telenovelas veio quase de imediato, em 1996, quando foi convidada para o elenco de "Morir dos veces" e meses depois, ao da telenovela infantil Luz Clarita, a partir daí veio ofertas de trabalho, quase sempre para interpretar vilãs.

Em 1997, Sabine foi convidada a dar vida a personagem 'Mireya Serrano', na telenovela María Isabel, contracenou com os atores Fernando Carrillo e Adela Noriega, os protagonistas da história. Já sendo uma estrela da televisão mexicana, em 1998 integrou o elenco da bem sucedida telenovela El privilegio de amar, dando vida a 'Lourenza', amante de 'André Duval' personagem de Andrés García, nesta telenovela Sabine foi um sucesso por sua alta audiência.

Em 1999, fez o papel de 'Diana de Lizárraga' em Mujeres engañadas, telenovela na que compartilhou muitas cenas com Laura León e novamente Andrés García. Dois anos depois, em 2001, Sabine se uniu ao elenco do remake El derecho de nacer, outra bem sucedida telenovela com a que seguiu demostrando sua grande capacidade de atuação.

No ano de 2002, ela deu vida a 'Frida' na telenovela, Entre el amor y el odio, que foi protagonizada por César Évora e Susana González e pouco tempo depois se casou com o empresário chileno, Jorge Peralta. Em 2003 nasceu Camilia, sua primeira filha, fruto do seu casamento com Peralta, razão pela qual todo aquele ano ela se retirou das telas. Já em 2004, Sabine voltou para dar vida a 'Rebeca' na telenovela Piel de otoño, telenovela na que compartilhou cenas com Sergio Goyri e Laura Flores.

Em 2005, junto a grandes atores como Victoria Ruffo, César Évora, Guillermo García Cantú e Cecilia Gabriela, ela atuou em La Madrastra, outra grande telenovela de sucesso mundial. No ano de 2006, ela se retirou da suas atividades de atriz, para dar à luz a Paulo, seu segundo filho com Peralta, pouco tempo após ela se divorciar do empresário.

Para 2007, Sabine voltou as telas para encarnar 'Eva Santoro', na telenovela Amar sin límites, em seguida imenda outro trabalho na telenovela Amor sin maquillaje, com esta telenovela que se comemora os 50 anos das telenovelas mexicanas. Em 2008 participou de Las tontas no van al cielo, novamente sendo a vilã, com o papel de 'Marissa Cordova'. Mais tarde no mesmo ano, demostrou que a idade só fez bem, ao posar com pouca roupa para uma revista masculina.

Em 2009, ao sair da obra de teatro "Aventurera", temporariamente foi substituída por Edith González, ela ficou impossibilitada por alguns meses, até se curar de uma lesão na perna. Tempo mais tarde, em 2009 Sabine retornou a televisão na telenovela Mi pecado, produzida por Juan Osorio na que atua com Francisco Gattorno. Na mesma época, seu ex marido foi processado pela atriz Sherlyn, que o acusa de fraude de dois milhões de pesos que é a moeda mexicana, após algumas semanas ela e Sherlyn chegaram a um acordo, assim conseguiu tirar da cadeia seu ex marido e pai de seus filhos.[1]

No fim de ano de 2009 Sabine passou por momentos complicados de saúde ao descobrir que sofre de uma doença rara chamada Síndrome de Guillain-Barré, algo que a obrigou a deixar inconcluída sua participação na reta final da telenovela Mi pecado.[2] A doença causa transtornos neurológicos que afetam o sistema nervoso e ainda não há cura, só com as terapias pudesse reduzir a gravidade e os sintomas causados.[3]

Sua dubladora oficial no Brasil é Carla Pompílio.

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]