Aracely Arámbula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Aracely Arámbula
Aracely na coletiva de imprensa e apresentação oficial da telenovela Corazón Salvaje em 2009.
Nome completo Aracely Arámbula Jaques
Outros nomes La Chule[1]
Nascimento 6 de Março de 1975 (39 anos)
Chihuahua, Chihuahua
 México
Nacionalidade México Mexicana
Ocupação Atriz Cantora modelo
Cônjuge Sebastian Rulli (2012,2013)
IMDb: (inglês)

Aracely Arámbula Jaques (Chihuahua, 6 de março de 1975) é uma atriz, cantora e modelo mexicana. Aracely tem dois filhos Miguel e Daniel com o cantor mexicano Luis Miguel.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aracely iniciou sua carreira desde os 13 anos, participando em concursos de beleza. Ao se mudar para a Cidade do México, prontamente conseguiu um papel em uma telenovela da Televisa, Cañaveral de pasiones de 1996, junto aos atores Juan Soler e Patricia Navidad, posteriormente atuou em Pueblo chico, Infierno grande de 1997, onde encarnou a jovem Leonarda Ruán, personagem que na segunda fase seria de Verónica Castro.

Pouco tempo depois Aracely atuou como Margarida Roldan, uma das personagens principais na telenovela El Alma no tiene color de 1997, junto a Laura Flores, Carlos Cámara, e Patricia Navidad, sua primeira antagonista foi Mayté Monteverde em Rencor Apasionado de 1998. Depois veio sua participação na telenovela juvenil Soñadoras de 1998, e em Alma rebelde de 1999, onde contracenou com o ator Ariel López Padilla. Finalmente teve sua primeira protagonista María del Carmen na telenovela Abrázame muy fuerte de 2000, sendo par romântico de Fernando Colunga e sua última atuação foi em Las vías del amor no ano de 2003, onde interpretou um dos temas musicai da telenovela.

Musicalmente no ano de 2000 foi nominada nos Prêmios Billboard nas categorias de música latina pelo melhor disco, melhor dueto e melhor tema regional mexicano, seu álbum "Solo tuya"; posteriormente lanço o disco "Sexy", produzido por Abraham Quintanilla III.

Desde 2005, Arámbula é casada com o cantor Luis Miguel e atualmente são pais de duas crianças Miguel que nasceu em 1 de janeiro de 2007, e Daniel que nasceu em 18 de dezembro de 2008 até então vivia em Los Angeles na California.[2]

Aracely regressou a televisão como apresentadora de um programa chamado Todo bebé, que estreou em 2008. Tratando de temas para mães e seus filhos pequenos.

Em 2009 ela anunciou seu retorno aos foros da Televisa para protagonizar a 4ª versão da história original do texto de Caridad Bravo Adams a telenovela "Corazón salvaje" sob a produção de Salvador Mejía Alejandre.[3]

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Ellas Cantan a Cri Cri
  • Abrazame Muy Fuerte "Soundtrack"
  • Solo Tuya
  • Sexy

Referências

  1. Biography for Aracely Arámbula. IMDB. Página visitada em 12 de Fevereiro de 2011.
  2. Univision. Artigo sobre Aracely Arámbula (em espanhol).
  3. Geocities. Aracely Arámbula na telenovela "Corazón salvaje" (em espanhol).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]