Mitsubishi G4M

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Mitsubishi G4M1 do Kokutai 801

O Mitsubishi G4M, apelidado pelos aliados de "Betty", foi um avião de guerra japonês da Segunda Grande Guerra. O Mitsubishi G4M era um bombardeiro naval baseado em terra, era muito leve, tinha pouca blindagem e levava muito combustível para aumentar seu alcance de voo. Por essas razões o "Betty" era um alvo fácil, pois com apenas poucos tiros o "Betty" explodia, vindo daí o apelido "isqueiro de um só clique".

Apesar de tudo, foi o avião japonês de seu tipo mais produzido durante a guerra, atuou em toda a região do Pacífico e participou do afundamento dos navios britânicos HMS Repulse e HMS Prince of Wales. O "Betty" também transportou o almirante Isoroku Yamamoto (Yamamoto voou no "Betty" indo em direção a uma armadilha dos aliados, o avião foi abatido e Yamamoto morreu). O "Betty" também transportou a comitiva que assinaria a rendição do Japão.

No final de sua carreira o "Betty" foi utilizado para transportar a aeronave kamikaze Ohka.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.