Mulungu (Paraíba)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Município de Mulungu
Bandeira de Mulungu
Brasão de Mulungu
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 27 de setembro
Fundação 1959
Gentílico mulungúense
Prefeito(a) Joana Darc Rodrigues Bandeira Ferraz (PSB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Mulungu
Localização de Mulungu na Paraíba
Mulungu está localizado em: Brasil
Mulungu
Localização de Mulungu no Brasil
07° 01' 26" S 35° 27' 43" O07° 01' 26" S 35° 27' 43" O
Unidade federativa  Paraíba
Mesorregião Agreste Paraibano IBGE/2008 [1]
Microrregião Guarabira IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Guarabira
Municípios limítrofes Alagoinha, Guarabira, Araçagi (norte); Mari e Caldas Brandão (leste); Gurinhém (sul); Alagoa Grande (oeste)
Distância até a capital 85 km km
Características geográficas
Área 192,211 km² [2]
População 9 469 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 49,26 hab./km²
Clima tropical semiárido com chuvas de verão
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,567 baixo PNUD/2000 [4]
PIB R$ 33 895,735 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 539,29 IBGE/2008[5]
Página oficial

Mulungu, município no estado da Paraíba (Brasil), localizado na microrregião de Guarabira. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2009 sua população era estimada em 9.629 habitantes. Área territorial de 192 km².

História[editar | editar código-fonte]

Em 1823 foi inaugurada a estrada de ferro da R.F.N. As primeiras casas rurais foram construídas em 1825. Embora haja uma casa ao lado dos trilhos com data de 1821. A Fazenda Camarazal foi criada em meados do século XIX por uma família ítalo brasileira e ganhou este nome por causa do riacho que a banhava. A partir da fazenda foram construídas as casas dos criados do dono. Conta-se que em 1939, o filho do fazendeiro havia se libertado de uma tribo de índios canibais depois de ter orado à Santo Antônio. Seu pai ordenou que fosse construída no local uma capela em devoção ao santo. Mais tarde em 1943 iniciou-se a construção da igreja de Santo Antônio, por conta da enorme devoção que havia se espalhado entre os habitantes do povoado. Em 1930, o então governador da Paraíba, João Pessoa inaugurou a ponte que atravessa o Rio Mamanguape. Até 1943 o povoado pertencente ao muniicipio de Guarabira tinha o nome de Mulungu, por causa de uma planta abundante naquela região. Até 1948 constava no município de Guarabira o povoado de Camarazal. Em 1948 o toponímio da região passou a ser novamente Mulungu e permaneceu até os dias atuais. Rapidamente o povoado foi crescendo ao longo dos anos e demonstrou desenvolvimento ao construir a primeira escola do povoado em 1955. O processo de emancipação política de Mulungu teve início em 1956, incentivado pela comunidade religiosa do povoado. Mulungu estava grande o suficiente para receber status de município. Em 27 de Setembro de 1959, o então governador da Paraíba, Flávio Ribeiro Coutinho assinou o decreto que declarava Mulungu como cidade emancipada politicamente e livre do domínio de Guarabira. O governador nomeou João Monteiro como prefeito provisório da cidade. Em 1960 foi substituído por Adônis de Aquino Sales que foi reeleito diretamente na década de 70. O primeiro prefeito eleito de Mulungu foi Geraldo Camilo que também foi reeleito em 1996. Os prefeitos considerados mais importantes em Mulungu são: Adônis Sales, Severino Primo de Lima Leonel Adelino de Moura, Geraldo Camilo, Antonio Jose da Silva, José Leonel de Moura, Darc Bandeira (atual e 1ª prefeita) Achilles Leal, Este último é filho do já morto Dr Achilles Leal e se tornou vice-prefeito na chapa de Geraldo Camilo em 1996 e prefeito em 2000. Seu vice José Leonel de Moura, filho do ex-prefeito Leonel, venceu as eleições de 2004, e entrou para o seleto grupo de prefeitos reeleitos em Mulungu. Anualmente é realizada a festa de emancipação política de Mulungu em 27 de Setembro. E a festa de ano novo realizada desde a década de 50. Na festa de emancipação também é realizado o desfile cívico que conta com a participação dos alunos da rede municipal de ensino, e entre outras bandas marciais de cidades da Paraíba, a Banda Marcial Duque de Caxias, banda marcial oficial da cidade de Mulungu. Em 2011, Mulungu completou 52 anos de emancipação política.


Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 de dezembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios da Paraíba é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.