One-hit wonder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

"One-hit wonder" (ou maravilhas de um sucesso só em português) é o termo usado para denominar uma pessoa ou grupo conhecido por apenas um single de sucesso. O termo é mais utilizado para descrever músicos que conseguiram emplacar apenas um hit single nas paradas de sucesso.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Lista da VH1 dos maiores one-hit wonders[editar | editar código-fonte]

Vários canais de televisão dedicados à música como MTV (Brasil), VH1 (EUA) e MuchMusic (Canadá) já fizeram especiais dedicados ao tema. Em 2002 o canal a cabo estadunidense VH1 transmitiu um especial de "100 maiores one-hit wonders da América". Os primeiros colocados foram:[1]

  1. Los Del Río - "Macarena" (1996)
  2. Soft Cell - "Tainted Love" (1982)
  3. Dexys Midnight Runners - "Come On Eileen" (1983)
  4. Right Said Fred - "I'm Too Sexy" (1992)
  5. Toni Basil - "Mickey" (1982)
  6. Baha Men - "Who Let the Dogs Out?" (2000)
  7. Vanilla Ice - "Ice Ice Baby" (1991)
  8. A-Ha - "Take on Me" (1985)
  9. Gerardo - "Rico Suave" (1991)
  10. Nena - "99 Luftballoons" (1984)

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Apesar do formato single não ser utilizado pelas gravadoras no país, muitos artistas são conhecidos por emplacarem apenas um sucesso na mídia (rádios, TV), voltando à obscuridade passado seu impacto inicial. Entre eles estão:

Há casos, ainda, em que a música em questão torna-se muito mais conhecida na voz de outro cantor, muito embora tenha trazido fama breve ao seu cantor original (como, por exemplo, o cantor Vinicius Cantuaria, cujo sucesso Só Você foi a única canção famosa de seu repertório e que, quando regravada por Fábio Júnior em 1997, tornou-se uma de suas canções assinatura desde então).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]