Piri Reis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Piri Reis (nome completo Hacı Ahmed Muhiddin Piri - Hajji Ahmed Muhiddin Piri, Ahmed ibn-i el-Hac Mehmed El karamani) foi um almirante, geógrafo e cartógrafo Otomano nascido entre 1465 e 1470.[n 1] Ele morreu em 1553.[1]

Piri Reis é autor da obra Kitab-i Bahrieh ("Livro da Navegação") de 1521, onde publica seus conhecimentos sobre cartografia, descrevendo as ilhas e a costa do Mediterrâneo e incluindo um mapa-múndi que compusera em 1513, chamado Mapa de Piri Reis, actualmente no Palácio de Topkapı.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Por muitos tempo, pouco se soube sobre a identidade de Piri Reis. Seu nome, traduzido aproximadamente, significa Capitão Piri. Hoje, com base em arquivos Otomanos, sabemos que o seu nome completo era "Hadji Ahmed Muhiddin Piri", e que ele nasceu ou na Península de Gallipoli, na parte européia do Império Otomano,[n 2] ou em Karaman, cidade natal de seu pai, no centro da Anatólia.[n 3]

A data exata de seu nascimento ainda é desconhecida. O título Islâmico honorário e informal Hadji de seu nome (em turco: Hacı, de Hadji Ahmed Muhiddin Piri) e os nomes de seu pai (Hadji Mehmed Piri), indicam que eles tinham completado o Hajj, a peregrinação islâmica, indo a Meca durante o período dedicado à Hadjj e cumprido os rituais. Era sobrinho de Kemal Reis, almirante turco cujas embarcações desenvolviam ações de corso no mar Mediterrâneo e na costa atlântica do noroeste africano.

Após combater por muitos anos com as Marinha da Espanha, Genovesa e Veneziana, ascendeu ao posto de Almirante ("Reis"). Tendo sido vencido pela Marinha Portuguesa ao norte do Golfo Pérsico, o sultão Solimão, o Magnífico mandou decapitá-lo em 1553.[2]

Piri Reis e seus mapas[editar | editar código-fonte]

Piri Reis é conhecido hoje por seus mapas e gráficos coletados em seu Kitáb-i Bahriye ("Livro da navegação"), um livro que contém informações detalhadas sobre navegação, bem como gráficos muito precisos para a época em que foram feitos, e que descreve portos importantes e cidades do Mar Mediterrâneo. Ele ganhou mesmo fama como um cartógrafo, quando uma pequena parte do seu primeiro mapa-múndi, elaborado em 1513, foi descoberto em 1929 no Palácio de Topkapi, em Istambul. Seu mapa é o mais antigo atlas turco conhecido mostrando o Novo Mundo, e um dos mapas mais antigos da América ainda em existência em qualquer lugar.[n 4] O mapa de Piri Reis "é geo-posicionado no Saara, na latitude do Trópico de Câncer.

Em 1528 Piri Reis desenhou um segundo mapa mundi, do qual um pequeno fragmento mostrando Groenlândia e América do Norte a partir de Newfoundland e Labrador, ao norte da Flórida, Cuba, República Dominicana, Jamaica e partes da América Central mais ao Sul, ainda sobrevive. De acôrdo com seu texto impresso no mapa, ele havia tirado suas informações de cerca de vinte mapas estrangeiros e mappae mundi, dentre os quais o Árabe, Espanhol, Português, Chinês, Indiano e Grego, além do de Cristóvão Colombo.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. "Reis" era uma patente militar turca semelhante a de capitão.
  2. Hoje essa localidade se encontra na Trácia turca.
  3. A Anatólia era então a capital do Beylik de Karaman, anexada pelo Império Otomano em 1487.
  4. O mapa mais antigo conhecido da América que ainda existe é aquele desenhado por Juan de la Cosa, em 1500.

Referências

  1. a b Scientific Electronic Library Online. A carta náutica de Piri Reis (Piri Reis Haritasi), 1513. SciELO. Página visitada em 29 de Julho de 2013.
  2. Soucek, Svat. PIRI REIS, His uniqueness among cartographers and hydrographers of the Renaissance. Comite Francais De Cartographie. Página visitada em 14 de Novembro de 2013.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.