Qué bonito amor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde outubro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Qué bonito amor
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Telenovela
Romance
Drama
musical
Duração 50 min.
Criador(es) Monica Agudelo
Mauricio Miranda
Ricardo Fiallega
Marisol Barbabosa
Adriana Spota
Juan Carlos Franzoni
País de origem  México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Adrian Frutos
Vivian Sanchez Ross
Javier Yerandi
Produtor(es) Salvador Mejía Alejandre
Aaron Guiterrez
Bosco Primo de Rivera
Cinematografia Diego Lascurain
Elenco Jorge Salinas
Danna García
Pablo Montero
Juan Ferrara
Angélica Maria
Victor Noriega
Malillany Marín
Karla Álvarez
Arturo Peniche
ver mais
Tema de abertura "Que bonito amor" por Vicente Fernández
Transmissão original México 22 de outubro de 2012México 2 de junho de 2013
Cronologia
Último
Último
Amor Bravío
Mentir para vivir
Próximo
Próximo
Programas relacionados La Hija del Mariachi

Qué bonito amor é uma telenovela mexicana, produzida Televisa e exibida pelo Canal de las Estrellas, entre 22 de outubro de 2012 e 2 de junho de 2013.

A trama produzida por Salvador Mejía Alejandre é um remake da telenovela colombiana "La Hija del Mariachi" produzida pela RCN Television e escrita por Mónica Agudelo em 2006-2007.

A trama é protagonizada por Jorge Salinas, Danna García e Pablo Montero e antagonizada por Malillany Marín, Roberto Palazuelos e Marcelo Buquet

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Que Bonito Amor! é a história de um amor como não há igual, emoldurado pelas tradições mais queridas mexicanos e, especialmente, reforça um dos ícones mais representativos da nossa cultura: música mariachi.

A história começa quando nos encontrarmos Santos Martinez de la Garza (Jorge Salinas), um milionário bonito e despreocupado que é dono de uma concessionária de carros. Santos é enganado por seus colaboradores mais próximos, incluindo Bruno (Sergio Mayer), seu amigo e namorado de sua irmã, Wendy (Susana Diazayas). Santos é visto na necessidade de escapar de Los Angeles, Califórnia para Cidade do México como um fugitivo, ao ser acusado de fraude e lavagem de dinheiro. Esta situação obriga-o a assumir uma nova personalidade, um Mariachi chamado Jorge Alfredo Vargas.

Ao mesmo tempo, encontramos Maria Rosario Mendoza Garcia (Danna García), garota do bairro humilde, bonito e valente, que vive com sua mãe viúva, Amalia Garcia de Mendoza (Angélica María), e suas duas irmãs mais novas: Paloma (Renata Notni), que está prestes a completar 15 anos, e Isabel (Karyme Hernandez) por oito anos. Maria teve de trabalhar desde que seu pai, Pedro, morreu e assim aumentar sua família como Amália sofre de uma doença degenerativa, então ela é o único apoio de sua família.

Santos e Maria se encontram no bar Ay Jalisco, você não rachar, onde Maria trabalha como cantor de rancheiras. É no bar onde ambos sabem primeiro amor.

E é também no Jalisco Ay, você não crack, que é dirigida por Don Concho (Salvador Pineda) e Lourdes sua esposa (Lina Santos), onde mais doces situações acontecem, história triste, comovente, cômico e dramático , ao lado dos amigos inseparáveis ​​de Maria, que formam o grupo de mariachis bar: El Coloso (Pablo Montero), El mil amores (Arturo Peniche), El Sonador (Mariano Palacios), Susanito (Mike Biaggio), El Baritono (Rafael Negrete) e El Aventurero (Latin Lover).

Mas esta história de amor entre Santos e Maria têm muitas melodias, acordes e forças contra. Emiliano enfrentará Ruben del Olmo (Marcelo Buquet), poderoso e enganador empresário, casado, mas assombrado pelo amor de Maria e El Coloso, amor eterno com Maria, que sempre dá a luta, até que se tornou amigos rivalidade grande.

Maria, por sua vez, vai lidar com as mentiras e truques de Elvira (Malillany Marín), a filha de Don Concho, que, por um capricho, ea qualquer custo, não vai descansar até que Santos possui.

E não perca a música mais triste desta história, a descoberta da identidade de Santos prisão e separação de sua primeiro e único amor: Maria, sua linda.

Que Bonito Amor!, Uma história envolvendo ranchera música, a mariachis, tequila, o colorido, mas acima de tudo, cheia de sonhos e esperanças de que vamos cantar de tudo que bonito amor!.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Outras versões[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • É um remake de La Hija del Mariachi, produzido pelo canal colombiano RCN Television, e escrito por Mónica Agudelo em 2006-2007.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.