Tajiques

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2012).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Tajiques
(تاجیک Тоҷик)
Tajik people.jpg
População total

15 a 20 milhões

Regiões com população significativa
Línguas
Persa
variantes língua dari e língua tajique
Religiões
Islão (maioria Sunitas Hanafi), com minorias Xiitas (Duodécimas e Ismaelitas)
Grupos étnicos relacionados
persas, povos iranianos

Tajique (em persa: تاجيک; transl.: Tājīk; em tadjique: Тоҷик) é uma designação genérica para uma larga gama de povos Persas que falam a língua persa e são de origem Iraniana cujas pátrias são os hoje Afeganistão, Tajiquistão e Uzbequistão, havendo ainda pequenas comunidades vivendo no Irã e no Paquistão, esses sendo originárias do Afeganistão e do Tajiquistão.[11] .[12]

Em termos de língua, cultura e história (Cultura Persa e sua história), os Tajiques são fortemente relacionados com os Persas do Irã.

Como uma auto designação, o termo Tajique, que antes tinha um caráter mais ou menos pejorativo, se tornou mais aceitável nas últimas décadas, em especial pela administração da União Soviética na Ásia Central. Nomes alternativos para os Tajiques são Fārsī (Persas,Falantes de Persa) e Dīhgān (cf. em tajique: Деҳқон, Dehqon, literalmente "fazendeiro ou ou aldeão assentado", num senso mais genérico de "sedentário, oposto de nômade").[13]

Os Tajiques da China, embora também chamados assim, falam línguas iranianas orientais, diversas das faladas pelos Tajiques Persas.[14] [15]

História[editar | editar código-fonte]

Monumento de Amir Ismail Samani que governou área dos hoje Afeganistão, Irã, Tajiquistão e propagou o islamismo sunita na Ásia Central

O rastreamento dos ancestrais dos Tajiques leva aos falantes de línguas iranianas do leste como os de Báctria, Sogdiana e Pártia. Os tajiques adotaram a hoje dominante língua persa (uma forma distinta do atual Tajique), uma das línguas iranianas]ocidentais que tem como causa de sua raiz a dominação pelos Impérios Aquemênida e Sassânida. A língua persa, particularmente a língua tajique, apresenta muitas palavras vindas das línguas Sogdiana, Parta e de outras línguas iranianas da antiga Ásia Central.

Com a conquista árabe da Pérsia, muitos dos persas depois de convertidos ao Islamismo entraram como forces militares da Ásia Central e se estabeleceram nas terras conquistadas. Como resultado dessas ondas de migração de muçulmanos e zoroastristas durante um período de dois séculos, os Tajiques têm ancestrais persas somados suas origens Leste-Iraniana. A disseminação cultural na literatura Persa também ajudou no estabelecimento do novo idioma, bem como as através de outras intermitentes dominações militares. Conforme Richard Nelson Frye, um proeminente historiador das regiões Iranianas e Centro-Asiáticas, essa migração de persas para as áreas a leste do Mar Cáspio podem ser consideradas como a origem da nação Tajique e os persas étnicos junto com os Bactrianos e Sogdianos são ancestrais dos atuais Tajiques.[16] Em estudos e trabalhos posteriores, Frye penetra mais na complexidade das origens histórica dos Tajiques. Em 1996, uma publicação desse autor explica que “fatores deve ser levados em conta na explicação da evolução dos povos cujos remanescentes são os Tajiques da Ásia Central” e que "os povos da Ásia Central, sejam falantes Iranianos ou Turcomanos, têm uma única cultura, uma religião e um conjunto de valores sociais e tradições, separados somente pelas linguagens."[17]

A divisão geográgica entre Iranianos Ocidentais e Orientais é geralmente considerada historicamente como sendo o deserto Dasht-e Kavir que fica no centro do planalto iraniano.

Nome[editar | editar código-fonte]

Os Samanid Empire são considerados como formadores do primeiro estado Tajique.[18]

"Tājik" é uma palavra de origem Turco-Mongol e significa literalmente Não Turco (mano). "Tajique" na Ásia Central é usado para se referir a povos que não falam línguas iranianas, incluidos tanto os Tajiques que falam a língua tajique, bem como Pamires , também chamados de Garchas ou Tajiques da montanha. A origem do termo Tajique foi alvo de grandes discussões com implicações políticas no século XX. Procurava-se saber se a origem era definível através de povos Turcomanos ou Iranianos da Ásia Central.[19]

História do nome[editar | editar código-fonte]

A s primeiras menções à palavra Tajique vem do historiador Uigur Mahmoud Al-Kāshgharī, sendo Tajik uma antiga expressão turcomana que se referia a todos os povos falantes persas da Ásia Central. A partir do século XI, passou a palavra a ser usada principalmente a todos os iranianos de leste e mais tarde especificamente aos que falavam o persa.[20] é difícil localizar esse termo antes da conquista da região da Ásia Central pelos povos Turcomanos e pelo Império Mongol. Até pelo menos ao século XV era usado pelos Iranianos da região para se distinguirem dos Turcomanos. Os atuais persas do atual Irã que vivem em areas que falam línguas turcomanas se auto-denominam Tajiques, algo bem marcado desde o século XV pelo poeta Mīr Alī Šer Navā'ī.[21]

Verdadeiramente, os termos "tat" e "tatchik" não são Turcomanos (línguas em que "tat" significa "gusto, sabor") mas palavras Indo Européias tomadas pelos Turcomanos do Iraniano “Tude”(povoe) oriundo do pré-iraniano *teuta” (povo) que originou as palavras "deutsch" (alemão) e "dutch" (holandês) nas correspondentes línguas européias

Tajique medieval[editar | editar código-fonte]

A palavra Tajik foi muito usda na literature na poesia Persas, sempre como sinônimo da “Persa”. O poeta persa Sa'adi, por exemplo, escreveu::

شایَد کِه بَه پادشاه بگویند
'
ترک تو بریخت خون تاجیک'
Šāyad ki ba pādšāh bigōyand
Turk-i tu birēxt xūn-i Tāǰīk
É apropriado contar ao Rei,
Seu Turcomano verte o sangue do Tajique

A mais antiga referência encontrada sobre o uso de Tajik na literature Persa pode ser encontrada nos escritos de Rumi,o qual era falante de Persa, portanto um Tajique do Afeganistão de hoje:[22]

Localização[editar | editar código-fonte]

Membro da Assembleia Nacional do Afeganistão - Dr. Nilofar Ibrahimi
Tajiques no Tajiquistão comemorando o Eid ul-Fitr

Os Tajiques são o principal grupo étnico do Tajiquistão, bem como no norte e oeste do Afeganistão, havendo mais Tajiques neste último país que levou o nome da etnia. Têm também uma significativa presença no Uzbequistão, bem como em comunidades da diáspora em outros continentes. Historicamente, seus ancestrais viveram num território muito maior da Ásia Central do que hoje.

Referências

  1. https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/af.html 30,419,928 / 100 X 27 % = 8.213.380
  2. Afghanistan. Joshua Project. Joshua Project. Página visitada em August 9, 2012. "8,349,000"
  3. https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/ti.html 7,768,385 / 100 X 79.9 % = 6.206.939
  4. https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/uz.html 28,394,180 / 100 X 5 % = 1.419.709
  5. UN Refugee Agency: about 50% of the total number of Afghan refugees in Iran in 2006 (920,000)
  6. There are 1,200,000 Persian-speakers native to Pakistan and 220,000 Tajik war-refugees from Afghanistan remain in Pakistan. Ethnologue.com's entry for Languages of Pakistan.
  7. Inclui somente Tajiques vindos do Afeganistão. A população de pessoas descendentes de Afegãos no Canadá é de 80 mil (2005). Desses 2/3 são estimados como tajiques US demographic census. Página visitada em 2008-01-23.. Robson, Barbara and Lipson, Juliene (2002) "Chapter 5(B)- The People: The Tajiks and Other Dari-Speaking Groups" The Afghans – their history and culture Cultural Orientation Resource Center, Center for Applied Linguistics, Washington, D.C., OCLC 56081073.
  8. Ethnic composition of the population in Kyrgyzstan 1999–2007 (PDF). Página visitada em 2012-06-11.
  9. The Tajik ethnic minority 塔吉克族-56个民族-东岜艺术. Artwork-cn.com. Página visitada em 2012-06-11.
  10. Inclui somente Tajiques vindos do Afeganistão. A população de pessoas descendentes de Afegãos no Canadá é de 48,090 conforme Censo de 2006. Os Tajiques são cerca um terço da população do Afeganistão. Esses dois dados permitem etomar a quantidade de Tajiques no país;. Ethnic origins, 2006 counts, for Canada.
  11. <”Tadjik">Enciclopédia - author=C.E. Bosworth, B.G. Fragner |title = TĀDJĪK| encyclopedia = “Encyclopaedia of Islam”| edição = CD-ROM Edition v. 1.0| publisher = Koninklijke Brill NV| location = Leiden, The Netherlands| year = 1999}}
  12. Afghan refugees in Iran and Pakistan[As well as they are From a Very Boast Rich Family] [They are Respective Everywhere and Treated as a highly Profiled People]
  13. M. Longworth Dames, G. Morgenstierne, and R. Ghirshman (1999). "AFGHĀNISTĀN". Encyclopaedia of Islam (CD-ROM Edition v. 1.0). Leiden, The Netherlands: Koninklijke Brill NV. 
  14. Arlund, Pamela S.. An Acoustic, Historical, And Developmental Analysis Of Sarikol Tajik Diphthongs. PhD Dissertation. [S.l.]: The University of Texas at Arlington, 2006. p. 191.
  15. Felmy, Sabine. The voice of the nightingale: a personal account of the Wakhi culture in Hunza. KarachiOxford University Press, 1996. p. 4. ISBN 0-19-577599-6
  16. Richard Nelson Frye, "Persien: bis zum Einbruch des Islam" (original English title: "The Heritage Of Persia"), German version, tr. by Paul Baudisch, Kindler Verlag AG, Zurique 1964, pp. 485–498
  17. Frye, Richard Nelson. The heritage of Central Asia from antiquity to the Turkish expansion. Princeton: Markus Wiener Publishers, 1996. p. 4. ISBN 1-55876-110-1
  18. Lena Jonson, Tajikistan in the new Central Asia, (I.B.Tauris, 2006), 18.
  19. Federal Research Division of the Library of Congress (1996). Tajikistan: Tajik. Country Studies Series. Library of Congress. Página visitada em 2009-02-04.
  20. M.E. Subtelny, "The Symbiosis of Turk and Tajik" in B.F. Manz (ed.), Central Asia in Historical Perspective, (Boulder, Col. & Oxford), 1994, p. 48
  21. Ali Shir Nava'i Muhakamat al-lughatain tr. & ed. Robert Devereaux (Leiden: Brill) 1966 p6
  22. C.E. Bosworth/B.G. Fragner, "Tādjīk", na Enciclopédia do Islã - Online Edition: "... In Islamic usage, [Tādjīk] eventually came to designate the Persians, as opposed to Turks [...] the oldest citation for it which Schraeder could find was in verses of Djalāl al-Dīn Rūmī ..."

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tajiques
Ícone de esboço Este artigo sobre etnologia ou grupos étnicos é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.