The Notebook

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
The Notebook
O Diário da Nossa Paixão (PT)
O Diário de uma Paixão (BR)
Pôster original do filme.
 Estados Unidos
2004 • cor • 123 minutos min 
Direção Nick Cassavetes
Produção Toby Emmerich
Mark Johnson
Roteiro Livro: Nicholas Sparks
Adaptação: Jan Sardi
Roteiro: Jeremy Leven
Elenco Ryan Gosling
Rachel McAdams
James Garner
Gena Rowlands
James Marsden
Género Romance / Drama
Idioma Inglês
Música Aaron Zigman
Edição Alan Heim
Distribuição New Line Cinema
Lançamento Estados Unidos 25 de junho de 2004
Brasil 13 de agosto de 2004
Portugal 30 de setembro de 2004
Orçamento US$ 29 milhões
Receita US$ 115.603.229
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

The Notebook (Diário de Uma Paixão (título no Brasil) ou O Diário da Nossa Paixão (título em Portugal)) é um filme estadunidense de 2004 dos gêneros drama e romance. É dirigido por Nick Cassavetes e estrelado por Ryan Gosling e Rachel McAdams. É baseado na obra de Nicholas Sparks.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em um asilo, vivem um homem (James Garner) e uma mulher (Gena Rowlands). Ele vive lá por opção, ela, por consequência de uma demência senil que prejudicou sua memória. Todos os dias, o homem lê para a senhora um capítulo de uma linda história de amor, que foi escrita num velho diário. A história consiste no romance de Noah Calhoun (Ryan Gosling) e Allie Hamilton (Rachel McAdams), que se conheceram e apaixonaram-se num parque de diversões em Seabrook Island, na Carolina do Sul, nos anos 40. Foi o verão mais intenso de suas vidas. Porém, por imposição da família de Allie, o casal, loucamente apaixonado, teve de separar-se quando as férias acabaram. Eles não aceitavam que ela, uma jovem rica de 17 anos se envolvesse com um pobre operário.

Veio a (Segunda Guerra Mundial) e Noah foi para a batalha. Antes disso, ele havia escrito 365 cartas, as quais foram escondidas pela mãe de Allie, que consequentemente nunca ficou sabendo e por isso nunca retornou. Noah ficou desolado, pensando ter acabado tudo e Allie arrasada, imaginando que seu amado a havia esquecido.

Ao voltar da Guerra, o pai de Noah o deu um presente, comprou a casa dos sonhos do filho, que passou a reformá-la da forma como Allie havia pedido. Tentou seguir com sua vida longe da mulher que amava, mas se tornou um homem solitário, ainda mais depois da morte de seu pai. Tentava suprir a falta de Allie na companhia de Martha, mas a própria sabia que não faria Noah feliz.

Sete anos se passaram e Allie estava noiva de Lon (James Marsden), a quem acreditava amar, apesar de rever Noah em seus pensamentos às vezes. Lon e Allie se conheceram quando ela se voluntariou para cuidar dos feridos da guerra. Lon era de família tradicional e os pais de Allie apoiavam o casamento. No dia da prova do vestido, Allie viu a foto de Noah no jornal, fazendo-a relembrar a história inacabada dos dois. Allie resolveu ir para Seabrook por uns dias, sem contar para Lon quem ia procurar. Ao rever Noah, ambos veem a chama da paixão juvenil reacender-se dentro de seus corações. Allie precisava agora decidir com quem queria realmente passar o resto de sua vida. Enquanto o homem conta a história para a senhora, ela passa a lembrar passagens de sua juventude, até perceber que ela é a Allie e o homem que lhe dedica horas todos os dias, é na verdade o homem com quem ela, afinal, escolheu ficar. Noah.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

The Notebook teve recepção mista por parte da crítica especializada. Em base de 34 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 53% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 8.0, usada para avaliar a recepção do público.[1]

Referências

  1. The Notebook (em inglês) Metacritic. Página visitada em 2 de setembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]