Tim Howard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tim Howard
TimHoward USMNT 20060511.jpg
Informações pessoais
Nome completo Timothy Matthew Howard
Data de nasc. 3 de junho de 1979 (35 anos)
Local de nasc. North Brunswick Township,  Estados Unidos
Altura 1,91 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Inglaterra Everton
Número 24
Posição Guarda-redes
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1997–1998
1998–2003
2003–2007
2006–2007
2007–
Estados Unidos North Jersey Imperials
Estados Unidos New York Red Bull
Inglaterra Manchester United
Inglaterra Everton (emp.)
Inglaterra Everton
0016 0000(0)
0088 0000(0)
0045 0000(0)
0025 0000(0)
0347 0000(1)
Seleção nacional3
2002– Flag of the United States.svg Estados Unidos 0103 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 29 de maio de 2014.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 2 de julho de 2014.

Timothy Matthew "Tim" Howard (North Brunswick Township, 3 de junho de 1979) é um futebolista estadunidense que atua como guarda-redes. Seu talento foi descoberto em 2001 pelo treinador de guarda-redes Tony Coton. Howard começou a sua carreira com o North Jersey Imperials antes de se transferir para o MetroStars. Suas aparições logo atraíram a atenção do Manchester United, que o contratou em 2003. Ele teve um grande sucesso no Manchester United, no entanto, após o United assinar com Edwin van der Sar, Howard saiu por empréstimo para o Everton para obter mais tempo de jogo. Em fevereiro de 2007 Howard assinou um contrato definitivo com o time de Liverpool. Na temporada 2011-2012, o guarda-redes o marcou o primeiro gol de sua carreira, em uma partida contra o Bolton, onde sua equipe foi derrotada por 2 a 1 (aliás, ele foi o único a não vibrar do golo, julgando-o "cruel"). Com o golo, ele se tornou o quarto guarda-redes na história da Premier League a marcar um gol, tendo sido os outros três: Peter Schmeichel, Paul Robinson e Brad Friedel.[1] Howard representou pela primeira vez a seleção dos Estados Unidos em 2002, e foi um dos guarda-redes reservas na Copa do Mundo de 2006. Ele mais tarde se estabeleceu como titular da seleção americana, sendo peça importante na copa das confederações de 2009 e na copa do mundo de 2010.

Inicio de vida[editar | editar código-fonte]

Howard nasceu em North Brunswick Township, New Jersey. Seus pais são Matthew Howard , um afroamericano, e Esther Howard, uma nativa da Hungria. Seus pais se divorciaram quando ele tinha três anos de idade, e Howard morava com a mãe, uma gerente de projetos para uma distribuidora de cosméticos. Seu pai é um motorista de caminhão de longa distância de uma empresa de cuidados de saúde, no entanto, ele se manteve presente na vida de Howard. Seu pai estava determinado a conseguir que Howard e seu irmão, Chris, praticassem esportes. Antes dos dois conseguirem andar, ele comprou equipamentos para diversos esportes para ver quais jogos eles preferiam. Tim mostrou preferência por basquete e futebol. Howard foi diagnosticado com a síndrome de Tourette, quando ele estava na sexta série. No ensino médio, Howard provou ser uma estrela, não só no futebol como meio-campista, mas também na quadra de basquete, onde ele possui uma média de 15 pontos por jogo e ajudou a levar sua equipe para as finais estaduais em seu último ano. No entanto, seu talento e habilidades como um jogador de futebol eram muito mais impressionantes. Apesar de sua posição em sua equipe da escola, Howard era um guarda-redes muito melhor do que ele era um médio.

Clubes[editar | editar código-fonte]

MetroStars[editar | editar código-fonte]

Howard jogando na seleção dos EUA.

Depois de apenas seis aparições com o North Jersey Imperials , Tim Mulqueen, que na época era o treinador de guarda-redes do MetroStars trouxe Howard para o clube.

Howard foi vitorioso em sua estréia na MLS com o MetroStars em 18 de agosto de 1998, fazendo cinco defesas na vitória por 4-1 sobre a Colorado no Giants Stadium (na sua única aparição do ano). Com o MetroStars durante a temporada de 1999, ele fez oito aparições. Howard venceu apenas uma partida em uma temporada na qual o MetroStars venceu apenas sete jogos. Ele passou a maior parte da temporada defendendo a seleção americana sub 20, deixando o clube em abril para competir no Mundial sub 20 de 1999 na Nigéria, e em julho para jogar no Pan-americano do Canadá. Em 2001 ele se tornou o mais jovem jogador a ganhar o prêmio de melhor guarda-redes da mls.

Howard jogou em 27 dos 28 jogos da temporada regular em 2002. Antes de abandonar o MetroStars, em 2003, ele apareceu em treze jogos.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Norte-Americana
Individuais

Referências

  1. Everton keeper Howard sorry after scoring incredible 80-yard goal against Bolton (em inglês) Daily Mail (5 de janeiro de 2012). Página visitada em 9 de junho de 2012.
Bandeira de Estados UnidosSoccer icon Este artigo sobre futebolistas estadunidenses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.