União de Kalmar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kalmarunionen
União de Kalmar

União pessoal

Flag of Denmark.svg
 
Norwegian Royal Standard flag.png
 
Flag of Sweden.svg
1397 – 1524 Flag of Denmark.svg
 
Flag of Sweden.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de União de Kalmar
Continente Europa
Capital Copenhagen
Governo Não especificado
Período histórico Idade Média
 • 1397 Fundação
 • 1524 Dissolução

A União de Kalmar (do Dinamarquês/Norueguês/Sueco: Kalmarunionen) foi um série de uniões pessoais ocorridas entre 1397 e 1521, que unificaram os três reinos da Dinamarca, Noruega e Suécia sob um monarca único.

História[editar | editar código-fonte]

No século XIV o rei Valdemar IV da Dinamarca, ao casar sua filha Margarida com o rei Haquino VI da Noruega, lançou as bases para a formação da União de Kalmar, ou seja, a unificação dos três reinos escandinavos.

Com a morte de Haquino e com a vitória da Noruega e da Dinamarca sobre a Suécia, em 1397 os três reinos foram unificados sob a hegemonia dinamarquesa, elegendo soberana a rainha Margarida I, que havia, nesse ano, convocado uma assembléia na cidade de Kalmar, de onde veio o nome da União.

Em 1523, porém, após longas lutas pela independência, a Suécia separou-se da união de Kalmar e elegeu soberano Gustavo I, líder da luta antidinamarquesa.

Desta forma, a União de Kalmar ficou constituída apenas pela Noruega e pela Dinamarca, mas em 1814 a Noruega separou-se da Dinamarca e passou a pertencer à coroa sueca que, por sua vez, devido a conflitos políticos, separou-se da Noruega amistosamente em 1905.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Escandinávia (geral) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.