Unidade de pronto atendimento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Unidade de pronto atendimento em Rio Branco, no estado do Acre, no Brasil.

A Unidade de Pronto Atendimento, abreviada frequentemente como UPA, é um tipo de unidade hospitalar de média complexidade implantado em várias cidades do Brasil, fazendo parte do Sistema Único de Saúde.

Criadas com o objetivo de fazerem a intermediação entre as unidades básica de saúde e os hospitais, as unidades também tem o objetivo de diminuir as filas nos prontos-socorros dos hospitais, evitando que casos de menor complexidade sejam encaminhados para as unidades hospitalares.

Essas unidades são implantadas pelas prefeituras municipais ou pelo governo do estado em parceria com o governo federal. Estão instaladas em diversas cidades do país.

Classificação[editar | editar código-fonte]

As unidades podem ser classificadas segundo vários critérios:[1]

  • De acordo com a população da região a ser coberta
  • Área Física
  • Número de Leitos Disponíveis
  • Recursos Humanos
  • Capacidade Diária de Atendimentos Médicos

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]