WrestleMania I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de WrestleMania (1985))
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en:WrestleMania I (desde fevereiro de 2015). Ajude e colabore com a tradução.
WrestleMania I
Poster WrestleMania I.png
Poster promocional do evento, apresentando Hulk Hogan (à esquerda) e Mr. T (à direita).
Frase The Greatest Wrestling Event of All Time![Nota 1]
Música-
tema
"Easy Lover" (instrumental) por Philip Bailey e Phil Collins
Detalhes
Promoção World Wrestling Federation
Data 31 de março de 1985
Assistência 19.121
Local Madison Square Garden
Cidade Estados Unidos Nova Iorque, Nova Iorque
Cronologia dos pay-per-views
Primeiro WrestleMania I The Wrestling Classic
Cronologia do WrestleMania
Primeiro WrestleMania I WrestleMania 2

WrestleMania (sequencialmente conhecido por WrestleMania I) foi o primeiro evento WrestleMania anual produzido em formato pay-per-view (apenas em áreas selecionadas)[1] [2] pela World Wrestling Federation (WWF), uma promoção de luta profissional americana. Realizou-se no dia 31 de março de 1985 no Madison Square Garden, na cidade de Nova Iorque, recebendo um público total de 19.121 pagantes. O evento foi visto por mais de um milhão de pessoas através do circuito fechado de televisão, tornando-se na maior exibição neste formato nos Estados Unidos na época. O WrestleMania I marcou o inicio da parceira da luta profissional com a indústria da música, onde vários combates eram exibidos na MTV durante a preparação para o programa, o que ajudou na expansão e popularização do esporte na década de 1980 no país.

O show contou com nove combates de luta profissional. No evento principal, Hulk Hogan e Mr. T derrotaram Roddy Piper e Paul Orndorff. Além disso, Wendi Richter (acompanhada de Cyndi Lauper) venceu Leilani Kai para ganhar o Campeonato Feminino da WWF, e a equipe de Nikolai Volkoff e The Iron Sheik derrotaram os U.S. Express (Mike Rotundo e Barry Windham) para capturarem o Campeonato de Duplas da WWF.

Resultados[editar | editar código-fonte]

# Resultados Estipulações Tempos
1 Tito Santana derrotou The Executioner. Luta individual 04:50
2 King Kong Bundy (com Jimmy Hart) derrotou Special Delivery Jones. Luta individual 00:23
3 Ricky Steamboat derrotou Matt Borne. Luta individual 04:37
4 David Sammartino (com Bruno Sammartino) levou Brutus Beefcake (com Johnny Valiant) a dupla-desqualificação Luta individual 12:43
5 The Junkyard Dog derrotou Greg Valentine (c) (com Jimmy Hart) por contagem fora do ringue (countout). Luta individual pelo Campeonato Intercontinental da WWF 07:05
6 Nikolai Volkoff e The Iron Sheik (com Freddie Blassie) derrotaram The U.S. Express (Mike Rotundo e Barry Windham) (c) (com Lou Albano). Luta Tag team pelo Campeonato de Tag Team da WWF 06:55
7 André the Giant derrotou Big John Studd (com Bobby Heenan).[3] $15,000 Body Slam Challenge 05:53
8 Wendi Richter (com Cyndi Lauper) derrotou Leilani Kai (c) (com The Fabulous Moolah).[3] Luta individual pelo Campeonato Feminino da WWF 06:12
9 Hulk Hogan e Mr. T (com Jimmy Snuka) derrotaram Roddy Piper e Paul Orndorff (com Cowboy Bob Orton).[3] Luta Tag team com Muhammad Ali como árbitro especial convidado 13:13

Celebridades[editar | editar código-fonte]

  • Billy Martin - apresentador de ringue convidado no evento principal
  • Cyndi Lauper - Manager de Wendi Richter
  • Mr. T - fez equipa com Hulk Hogan no evento principal
  • Muhammad Ali - supervisor convidado no evento principal
  • Liberace - time keeper convidado no evento principal
  • The Rockettes - acompanharam Liberace até à mesa de time keeper

Trivia[editar | editar código-fonte]

  • Quando Hulk Hogan e Mr. T caminham para a área dos bastidores, pode-se ver Vince McMahon nas imagens.
  • Um rumor muito forte consistia que Bruiser Brody tinha recebido muito dinheiro de uma promotora rival para passar pelas barreiras de segurança e e lesionar Hulk Hogan antes do evento principal.
  • Hulk Hogan e Mr. T apareceram juntos no Saturday Night Live para ajudar a promover esta WrestleMania.
  • A fonte usada no logo da primeira WrestleMania continuaria a ser usada em todas as WrestleManias até à WrestleMania XV. Contudo, seria novamente usada mais tarde para a WrestleMania 22.
  • Até hoje, esta WrestleMania é a única a não ter um combate pelo WWE Championship.
  • Pat Patterson era o árbitro que se encontrava dentro do ringue no evento principal. Esta é uma prática normal nos combates da WWF/WWE onde celebridades não treinadas ou ainda "verdes" na matéria do wrestling participam, por forma a ter a certeza de que o combate decorre sem problemas.
  • Leilani Kai iria regressar à Madison Square Garden para a WrestleMania X. Kai perdeu outro combate pelo título feminino, só que desta vez desafiando a campeã Alundra Blayze.
  • Greg Valentine tornou-se o primeiro de uma longa lista de campeões intercontinentais a manter o seu título na WrestleMania, apesar de ter perdido o combate.

Outros[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Tradução literal: "O Maior Evento de Luta Profissional de Todos os Tempos!"

Referências

  1. William Taaffe. How Wrestling Got Tv In Its Clutches - 04.29.85 - SI Vault (em inglês) Sportsillustrated.cnn.com. Visitado em 3 de fevereiro de 2011.
  2. Gregory Belanger (30 de março de 1985). Wrestling and rock on a roll in N.O. -03.30.85 - The Times-Picayune - A-19.
  3. a b c Shields, Brian. Main Event: WWE in the Raging 80s, p.150.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]