WrestleMania XXVI

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
WrestleMania XXVI
Poster promocional do evento com (Esquerda-Direita) Shawn Michaels, Triple H, John Cena, The Undertaker e Batista
Frase "Get All Fired Up"
Música
tema
"I Made It" por Kevin Rudolf
"Be Yourself" por Audioslave
"Thunderstruck" por AC/DC
"The Show" por Since October
Detalhes
Promoção World Wrestling Entertainment
Patrocinador Slim Jim
Data 28 de Março de 2010 (2010-03-28)
Local University of Phoenix Stadium
Assistência 72,219[1]
Cidade Glendale, Arizona
Cronologia dos pay-per-views
Elimination Chamber (2010) WrestleMania XXVI Extreme Rules (2010)
Cronologia do WrestleMania
WrestleMania XXV WrestleMania XXVI WrestleMania XXVII

WrestleMania XXVI foi o vigésimo sexto evento de wrestling profissional em pay-per-view WrestleMania anual produzido pela World Wrestling Entertainment (WWE), que aconteceu em 28 de março de 2010 no University of Phoenix Stadium em Phoenix, subúrbio de Glendale, Arizona.[2] Esse foi o quarto WrestleMania a ter um evento principal onde não havia títulos em jogo, o primeiro sendo o WrestleMania XI. O evento foi o primeiro a acontecer no estado de Arizona, e o terceiro ao ar-livre,[2] [3] após o WrestleMania IX e o XXIV.

WrestleMania XXVI foi um evento que contou com lutadores das divisões Raw e SmackDown. Dez lutas foram marcadas no card, com mais de um evento principal. A primeira delas foi uma luta sem desqualificações onde The Undertaker derrotou Shawn Michaels, aumentando seu recorde de vitórias no WrestleMania para 18-0. Por estipulações pré-determinados, Michaels se aposentou após perder o combate. O segundo evento principal foi uma luta individual pelo WWE Championship, onde John Cena derrotou o então-campeão Batista, se tornando o novo campeão. O terceiro foi uma luta individual pelo World Heavyweight Championship onde o campeão Chris Jericho derrotou Edge. As outras lutas do evento foram uma luta de quintetos envolvendo apenas Divas, Bret Hart enfrentando Vince McMahon em uma luta No Holds Barred, Rey Mysterio versus CM Punk, Triple H versus Sheamus, a sexta luta Money in the Bank anual, Randy Orton versus Ted DiBiase versus Cody Rhodes e uma luta pelo Unified WWE Tag Team Championship entre os campeões The Big Show & The Miz, contra John Morrison e R-Truth.

Ingressos para o evento passaram a ser vendidos em 7 de novembro de 2009.[4] WrestleMania XXVI gerou aproximadamente 885,000 compras de pay-per-view, lucrando US$49 milhões.[5] Com uma platéia pagante de 72,219 pessoas, o evento gerou $5.8 milhões em venda de ingressos, se tornando o evento mais lucrativo que já ocorreu no University of Phoenix Stadium.[1] [6] [7] [8]

Produção[editar | editar código-fonte]

Global Spectrum, operador da University of Phoenix Stadium, trabalhou em anos anteriores com a WWE para levar o evento ao Stadium. Em 18 de janeiro de 2008, a Global Spectrum anunciou publicamente sua intenção de apresentar o WrestleMania em 2010.[9] O evento ganhou atenção da mídia semanas antes quando uma foto de Wayne Gretzky vestindo uma camiseta de promoção do evento apareceu no jornal sueco Expressen.[9] [10] Um conferência de imprensa foi feita no University of Phoenix Stadium para formalmente anunciar que o evento ocorreria em Glendale, Arizona na University of Phoenix Stadium; foi a primeira vez em que um WrestleMania acontece no estado do Arizona.[2] Ingressos para o evento começaram a ser vendidos em 7 de novembro, às 10 da manhã.[4]

Com o teto do University of Phoenix Stadium aberto, WrestleMania XXVI foi o terceiro WrestleMania a acontecer ao ar livre.
Um Recorde de 72.219 fãs na WrestleMania XXVI.

Junto com o WrestleMania XXVI, uma série de eventos conhecidos como a "WrestleMania Week" aconteceram na semana anterior ao evento. O terceiro anual WrestleMania Art (antes conhecido como WrestleManiArt), uma exibição de arte e leilão de obras feitas pelos lutadores da WWE, aconteceu dia 24 de março na Make-A-Wish Foundation National Headquarters. A convenção de fãs anual, WrestleMania Axxess, aconteceu dos dias 25 a 28 de março no Phoenix Convention Center. Dia 27 de março, aconteceu a cerimônia anual do Hall da Fama no Dodge Theater, onde a classe de 2010 foi introduzida.[11]

Duas músicas do cantor e compositor Kevin Rudolf foram usadas para promover o evento. Em novembro de 2009, "Welcome to the World" foi usada em anúncios promovendo a data de venda dos ingressos.[12] Em janeiro de 2010, WWE começou a exibir comerciais com uma contagem regressiva para o WrestleMania usando a música "I Made It" (com a participação de Birdman, Jay Sean e Lil Wayne).[13] No SmackDown de 26 de fevereiro, foi anunciado que, em promoção do álbum AC/DC: Iron Man 2, "Thunderstruck" do AC/DC serviria como tema ofical do show. Uma terceira música oficial, "Be Yourself" do Audioslave, foi confirmada na edição de 9 de março do WWE NXT. Ain't No Grave (Gonna Hold This Body Down)" de Johnny Cash também foi usada para promover a luta de Undertaker e Shawn Michaels.[14] O The Arizona Republic informou que Fantasia Barrino cantaria "America the Beautiful" no começo do show.[15]

Antes do evento[editar | editar código-fonte]

WrestleMania apresentou lutas de wrestling profissional diferentes lutadores com rivalidades e storylines pré-determinadas que se desenvolveram na Raw, SmackDown e WWE Superstars—programas de televisão da WWE's (WWE). Os lutadores interpretaram um vilão ou um mocinho seguindo uma série de eventos para gerar tensão, culminando em uma ou várias lutas.[16]

Chris Jericho, o Campeão Mundial dos Pesos-Pesados que defendeu seu título no evento.

No The Bash de 2009, Edge e Chris Jericho se tornaram uma dupla ("tag team"), ganhando o Unified Tag Team Championship.[17] No entanto, a parceria foi curta, já que Edge sofreu uma lesão no tendão de Aquiles, tendo que deixar vago metade do título. Jericho se distanciou de Edge, creditando a si mesmo pelo sucesso da dupla.[18] [19] Edge retornou no Royal Rumble, onde venceu a anual luta Royal Rumble, uma luta de eliminação, ganhando a oportunidade de lutar pelo WWE Championship ou pelo World Heavyweight Championship no WrestleMania.[20] No evento principal do Elimination Chamber três semanas depois, Jericho ganhou o World Heavyweight Championship em uma Elimination Chamber.[21] No Raw da noite seguinte, Edge anunciou sua decisão de enfrentar Jericho pelo título no WrestleMania.[22]

Uma das maiores rivalidades desse WrestleMania é entre John Cena e Batista pelo WWE Championship. O conflito começou quando Cena se aliou a Bret Hart na disputa entre ele e o presidente da WWE, Vince McMahon.[23] Quando Hart e McMahon se confrontaram no Raw de 1° de fevereiro, Batista salvou McMahon de um ataque surpresa de Hart.[24] Após o fim do show, Cena tentou ajudar Hart, mas foi atacado por Batista.[25] Na primeira luta do pay-per-view Elimination Chamber, Cena venceu o WWE Championship de Sheamus em uma Elimination Chamber, sendo logo interrompido por McMahon, que ordenou que ocorresse uma luta pelo título entre Cena e Batista naquele instante. Com Cena muito debilitado para competir, Batista venceu a luta e ganhou o título.[26] No Raw de 22 de fevereiro, Cena exigiu uma revanche na WrestleMania. McMahon lhe deu a chance de enfrentar Batista naquela mesma noite: caso ele vencesse, teria sua luta no evento. Se perdesse, quem iria competir com Batista seria Sheamus. Cena venceu após Batista ser desqualificado propositalmente.[22]

Shawn Michaels colocou sua carreira em jogo em uma luta contra The Undertaker.

Na WrestleMania XXV, Shawn Michaels não pôde derrotar The Undertaker, assim mantendo seu recorde de vitórias no evento.[27] Quando a luta venceu o Slammy Award de Luta do Ano, Michaels discursou dizendo que ele pode vencer Undertaker e lhe propôs uma revanche.[28] Um mês depois, The Undertaker, então World Heavyweight Champion, respondeu, negando a proposta.[29] Michaels ficou obcecado em enfrentar Undertaker, atacando o juíz Charles Robinson e o general manager do SmackDown Theodore Long respectivamente ao perder as chances de se qualificar para o evento no Royal Rumble e nas lutas qualificatórias para o Elimination Chamber.[20] [30] No Elimination Chamber, Michaels invadiu a Elimination Chamber pelo World Heavyweight Championship, aplicando um Sweet Chin Music em Undertaker, o que permitiu a Chris Jericho vencer a luta e tomar o título.[21] Na noite seguinte, The Undertaker mudou sua decisão e aceitou a revanche na WrestleMania, mas sob uma condição: que se Michaels perder, tem que se aposentar. Michaels aceitou a condição.[22]

A sexta anual luta Money in the Bank foi anunciada para o WrestleMania XXVI no episódio do Raw de 22 de fevereiro. Nessa luta, uma certa quantidade de participantes das duas divisões competem para pegar uma maleta suspensa sobre o ringue. A maleta contem um contrato simbolico, dando ao vencedor uma chance para fazer o "cash-in" e ganhar uma luta por um título mundial de sua escolha durante o período de um ano. Para participar da luta, o lutador tem que vencer uma luta qualificatória. O processo começou no Raw de 22 de fevereiro, com Christian derrotando Carlito. No SmackDown da mesma semana, Dolph Ziggler derrotou John Morrison e R-Truth, Kane derrotou Drew McIntyre e Shelton Benjamin derrotou CM Punk. No Raw de 1° de março, Jack Swagger derrotou Santino Marella e MVP derrotou Zack Ryder. No SmackDown, Matt Hardy derrotou Drew McIntyre. No Raw, Evan Bourne derrotou William Regal. Por ordem de Vince McMahon, McIntyre enfrentou um atleta local em uma luta qualificatória, se tornando o nono participante. Na última luta, Kofi Kingston derrotou Vladimir Kozlov.

Como guest host da edição de 4 de janeiro da Raw, Bret Hart retornou ao show, pela primeira vez desde o Montreal Screwjob no Survivor Series de 1997, onde Vince McMahon se envolveu em uma trapaça real para tirar de Hart o WWF Championship. No Raw, Hart esquecer todos os problemas e fazer as pazes com McMahon. No entanto, McMahon traiu Hart novamente, o chutando no estômago.[31] A rivalidade se estendeu com a segunda aparição de Hart, um mês depois, quando McMahon se recusou a introduzir o pai de Bret, Stu Hart, ao WWE Hall of Fame.[24] No episódio do Raw de 8 de fevereiro, John Cena desafiou McMahon e lhe disse que Bret queria enfrentá-lo em uma luta na WrestleMania, para a qual McMahon aceitou. No entanto, Hart, que havia sido banido da arena, apareceu e atacou McMahon. Escondido atrás de seguranças, McMahon cancelou a luta.[32] Na semana seguinte, Hart decidiu se despedir dos fãs, lhes agradecendo. Na mesma noite, Hart se envolveu em um acidente de carro, quando um carro bateu na porta do carro de Hart, lhe ferindo a perna e mando-o para o hospital.[33] McMahon aceitou que, na edição de 1° de março do Raw, Hart se despedisse de uma maneira mais digna. No entanto, o segmento acabou com McMahon desafiando Bret para uma luta na WrestleMania, a qual Hart inicialmente recusou devido a sua perna. McMahon lhe atacou, fazendo com que Hart aceitasse o desafio.[34]

Foi anunciado no episódio de 5 de março do SmackDown que The Big Show e The Miz irão defender o Unified WWE Tag Team Championship no evento contra a dupla que se qualificasse naquela noite. A luta foi entre Cryme Tyme, The Hart Dynasty e John Morrison, ex-parceiro de Miz, e R-Truth. Morrison e Truth venceram.

No Elimination Chamber do mês anterior, o então Campeão da WWE Sheamus foi eliminado da luta por Triple H. Duas semanas depois, Sheamus atacou Triple H após sua luta de duplas com Shawn Michaels contra The Big Show e The Miz. No Raw da semana seguinte, Triple H desafiou Sheamus para uma luta na WrestleMania, a qual ele aceitou.

No começo de 2009, Randy Orton formou um grupo conhecido como The Legacy com Ted DiBiase e Cody Rhodes.[35] Mais tarde no mesmo ano, Orton se frustrou com o grupo, levando a uma série de confrontos.[36] A tensão cresceu no Royal Rumble, quando DiBiase e Rhodes acidentalmente não deixaram Orton ganhar o WWE Championship. Resultados similares aconteceram no mês seguinte no Elimination Chamber com Rhodes tentando ajudar seus parceiros na Elimination Chamber pelo WWE Championship, e Orton sendo eliminado por DiBiase. No Raw seguinte, Orton traiu seus parceiros, o que os levou a uma luta Triple Threat.[26]

Desdo começo de 2010, CM Punk e seus discípulos Luke Gallows e Serena estão em uma cruzada para promover a filosofia Straight edge, um estilo de vida baseada na abstinência de drogas, álcool e cigarros; ele passou a pregar seus ensinamentos à platéia e, por vezes, "converteu" membros raspando suas cabeças. O trio se chamava Straight Edge Society (SES).[37] [38] Na edição de 12 de fevereiro do SmackDown, Punk foi derrotado por Rey Mysterio. Após a luta, o trio atacou Rey.[39] A animosidade entre os dois cresceria na edição de 12 de março do SmackDown, quando Mysterio levou sua família ao ringue para comemorar o aniversário de sua filha, Aaliyah. Punk os interrompeu, ameaçando e assustando Mysterio e sua família..[40] Isso os preparou para uma luta na WrestleMania. Mysterio foi derrotado por Gallows. As estipulações da luta seriam: se ele perdesse na WrestleMania, teria que se juntar à Straight Edge Society.[41]

Evento[editar | editar código-fonte]

Pré-show[editar | editar código-fonte]

Equipe
Papel: Nome:
Comentaristas Michael Cole
Jerry Lawler
Matt Striker
Carlos Cabrera (Espanhol)
Hugo Savinovich (Espanhol)
Repórter Josh Mathews
Anunciadores Tony Chimel (SmackDown)
Justin Roberts (Raw)
Savannah (Battle Royal e Money In The Bank)
Howard Finkel (Hall da Fama)
Árbitros Mike Chioda
John Cone
Jack Doan
Aaron "Goose" Mahoney
Chad Patton
Charles Robinson

Uma luta não-televisionada ("dark match") aconteceu antes do evento, onde lutadores que não estavam envolvidos no evento principal competiram em uma Battle Royal de 26 homens. Eventualmente, Yoshi Tatsu, Zack Ryder, Finlay e Mike Knox foram os últimos a permanecer no ringue. Finlay e Knox foram eliminados por Ryder, que acabou sendo eliminado por Tatsu, que venceu a Battle Royal.[42]

Quando o show começou a ser exibido ao vivo, a cantora Fantasia cantou America the Beautiful.

Lutas preliminares[editar | editar código-fonte]

A primeira luta do evento foi uma luta de duplas pelo Unified WWE Tag Team Championship entre os campeões ShoMiz (The Miz e Big Show) versus John Morrison & R-Truth. The Miz e Morrison começaram a luta. Em certo ponto, Morrison tentou acertar Miz com um Starship Pain, apenas para Big Show salvá-lo. Mais tarde, R-Truth tentou acertar um springboard em Big Show, que o capturou no ar e lhe jogou no poste do ringue. A luta terminou quando Big Show entrou na luta sem o consentimento de Miz e nocauteou Morrison, vencendo a luta e retendo os títulos.[43]

Randy Orton após vencer sua luta no Wrestlemania XXVI

A segunda luta foi uma luta Triple Threat entre Randy Orton, Ted DiBiase e Cody Rhodes, todos antigos membros do grupo conhecido como The Legacy. Rhodes e DiBiase passaram a maior parte da luta unidos contra Orton. No entanto, quando DiBiase tentou finalizar a luta ao fazer o pinfall em Orton, foi parado por Rhodes. Isso se transformou em uma briga entre os dois, o que levou Orton a tomar vantagem. A luta acabou quando Orton nocauteou Rhodes com um chute e acertou DiBiase com um RKO, vencendo o combate.[44]

A anual luta Money in the Bank aconteceu logo depois. Ela começou com todos os lutadores tentando incapacitar os outros por tempo o suficiente para subir as escadas e recuperar a maleta. Jack Swagger ficou preso entre duas escadas onde Christian e Matt Hardy estavam lutando com outras duas. Em outro momento, Evan Bourne aplicou um shooting star press em Christian. A luta acabou quando Swagger acertou o rosto de Christian com a maleta enquanto os dois estavam no topo da escada. Christian caiu da escada e Swagger recuperou a maleta, se tornando Mr. Money in the Bank.[45]

A quarta luta foi uma batalha entre Triple H e Sheamus. A luta começou com Sheamus provocando Triple H, se autodenominando o "futuro do negócio", passando a maior parte do tempo dominando Triple H com seus movimentos de submissão. Triple H conseguiu o controle da luta ao usar um Facebreaker knee smash e um spinebuster. Sheamus, então, acertou Triple H com um big boot, tentando aplicar uma powerbomb. Triple H reverteu o golpe em um Pedigree, derrotando o irlandês e vencendo a luta.[46]

No quinto combate, CM Punk enfrentou Rey Mysterio. Os discípulos de Punk Luke Gallows e Serena tentaram interferir durante a luta, que se encerrou quando Serena distraiu o árbitro e Gallows tentou distrair Mysterio. Punk levantou Mysterio por trás, tentando lhe aplicar um Go To Sleep, mas Mysterio conseguiu reverter o ataque em um 619. Mysterio, então, acertou um diving splash, vencendo a luta.[47]

Lutas principais[editar | editar código-fonte]

Edge na WrestleMania XXVI

Vince McMahon enfrentou Bret Hart na luta seguinte. Antes do combate, McMahon informou Hart que ele havia pago toda a família Hart para traí-lo. No entanto, Hart lhe informou que tudo foi um plano, o que levou a família Hart, incluindo a The Hart Dynasty, a atacar McMahon. Hart, então, aplicou um Sharpshooter, fazendo McMahon desistir e perder a luta.[48]

A sétima luta da noite foi pelo World Heavyweight Championship, entre Edge e o campeão Chris Jericho. A luta terminou quando Jericho acertou Edge com o cinturão, golpe seguido de um Codebreaker, o que lhe fez ganhar a luta e reter o título. Após a luta, Jericho tentou atacar Edge novamente, mas acabou sendo atingido por um Spear, quebrando a barricada de proteção ao redor do ringue.[49]

A oitava luta da noite foi uma luta entre dois times de cinco WWE Divas, com a Campeã Feminina Michelle McCool, Campeã das Divas Maryse, Layla, Alicia Fox e Vickie Guerrero versus Mickie James, Beth Phoenix, Eve Torres, Kelly Kelly e Gail Kim. Guerrero derrotou Kelly, garantindo a vitória ao seu time.[50]

John Cena e Batista se enfrentaram pelo WWE Championship em seguida. Cena entrou no ringue após uma performance do U.S. Air Force Honor Guard Drill Team. Batista dominou a primeira metade da luta, mas Cena retornou, aplicando um suplex. Após isso, a luta se tornou igualitária. Em certo momento, Cena aplicou um Five Knucke Shuffle do poste de metal. A luta acabou quando Cena reverteu uma Batista Bomb em um STF. Batista eventualmente desistiu, fazendo Cena ganhar o WWE Championship, o tornando campeão mundial pela décima vez.[51]

Shawn Michaels na WrestleMania XXVI

A última luta da noite foi entre Shawn Michaels Melhor lutador da historia da wwe e The Undertaker. Se Michaels vencesse, quebraria o recorde de 17 vitórias no WrestleMania de Undertaker. Caso o último vencesse, Michaels deveria se aposentar. A luta começou com ambos usando seus movimentos secundários. The Undertaker lesionou sua perna logo no início da luta, o que levou Shawn a se focar nela. A ação acabou fora do ringue, com Undertaker aplicando um Tombstone Piledriver em Shawn no chão do estádio. Durante a luta, Shawn Michaels aplicou um Sweet Chin Music. Logo depois, Undertaker aplicou um Chokeslam e um Last Ride, mas Michaels conseguiu se livrar de ambos. Shawn aplicou diversos movimentos de submissão, mas Undertaker conseguiu se desvencilhar de todos. Fora do ringue, Undertaker tentou aplicar um Last Ride na mesa dos comentaristas, mas Michaels conseguiu evitar o golpe. Mais tarde, com um quase derrotado Michaels estapeou Undertaker, que lhe aplicou em resposta um Tombstone Piledriver, o derrotando e estendendo seu recorde no WrestleMania para 18–0, terminando a carreira de Shawn. Após a luta, os dois apertaram mãos e se abraçaram.[52]

Após o evento[editar | editar código-fonte]

No Raw da noite seguinte, Shawn Michaels se despediu dos fãs. O episódio foi um tributo a Michaels, com vídeos de suas melhores lutas sendo exibidos antes dos intervalos comerciais.

Antes de Michaels se despedir, Triple H apareceu para lhe falar sobre a amizade entre eles. Antes que ele pudesse continuar, Sheamus o atacou pelas costas. Os dois se enfrentariam em uma Street Fight no Extreme Rules. Sheamus venceria a luta, deixando Triple H fora dos ringues até semanas antes do WrestleMania XXVII.

A rivalidade entre Batista e John Cena continuou e os dois se enfrentaram no Extreme Rules em uma luta Last Man Standing. Cena venceu após usar fita adesiva para prender Batista ao poste do ringue. Os dois se enfrentariam novamente no Over the Limit em uma luta "I Quit". Novamente Batista foi derrotado, pedindo demissão no dia seguinte.

No SmackDown pós-WrestleMania, Chris Jericho foi atacado por Edge. Jack Swagger se aproveitou da oportunidade para usar seu contrato de Money in the Bank, derrotando Jericho e ganhando o World Heavyweight Championship.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O evento recebeu críticas mistas. The Sun parabenizou a luta Undertaker e Michaels, mas criticou o combate entre Hart e McMahon, chamando-o de "ruim" e "desapontante", dando uma nota 4 de um total e 10, a luta das divas recebeu nota 1. Ao fim, o jornal deu ao evento uma nota 7.[53] A seção sobre wrestling profissional do Canadian Online Explorer deu ao evento nota 6.5, menor do que o 7.5 do WrestleMania XXV. A última luta da noite recebeu nota 9.5.[54]

Resultados[editar | editar código-fonte]

# Luta Estipulação Tempo[55]
Dark Yoshi Tatsu venceu ao eliminar por último Zack Ryder[Note 1] [56] [57] Battle Royal de 26 lutadores 08:32
1 ShoMiz (The Miz & The Big Show) (c) derrotaram John Morrison & R-Truth[58] Luta de duplas pelo Unified WWE Tag Team Championship 10:24
2 Randy Orton derrotou Cody Rhodes e Ted DiBiase[59] Luta Triple Threat 12:01
3 Jack Swagger derrotou Dolph Ziggler, Shelton Benjamin, Drew McIntyre, Christian, Montel Vontavious Porter, Matt Hardy, Evan Bourne, Kofi Kingston e Kane[60] Luta Money in the Bank 18:44
4 Triple H derrotou Sheamus[61] Luta individual 14:09
5 Rey Mysterio derrotou CM Punk (com Luke Gallows e Serena)[62] Luta individual; se Punk vencesse, Mysterio deveria se unir a Straight Edge Society. 11:59
6 Bret Hart derrotou Mr. McMahon[63] Luta No Holds Barred Lumberjack com Bruce Hart como árbitro 20:09
7 Chris Jericho (c) derrotou Edge [64] Luta individual pelo World Heavyweight Championship 15:48
8 Michelle McCool, Vickie Guerrero, Alicia Fox, Layla & Maryse derrotaram Beth Phoenix, Kelly Kelly, Mickie James, Gail Kim & Eve Torres[65] Luta de quintetos 03:26
9 John Cena derrotou Batista (c) [66] Luta individual pelo WWE Championship 16:31
10 The Undertaker derrotou Shawn Michaels[67] Luta sem desqualificações ou contagem. Se Michaels perdesse, teria que se aposentar 32:59
(c) – Campeão(ões) antes da luta
  1. Os outros participantes eram: Carlito, Caylen Croft, Chavo Guerrero, Chris Masters, David Hart Smith, Finlay, Goldust, The Great Khali, Jimmy Wang Yang, JTG, Kung Fu Naki, Luke Gallows, Mark Henry, Mike Knox, Primo, Santino Marella, Shad Gaspard, Slam Master J, Trent Barreta, Tyler Reks, Tyson Kidd, Vance Archer, Vladimir Kozlov e William Regal.

Referências

  1. a b WrestleMania XXVI Breaks Record World Wrestling Entertainment (2010-03-28). Visitado em 2010-03-29.
  2. a b c Arizona Hosts WrestleMania XXVI World Wrestling Entertainment (2009-02-24). Visitado em 2009-02-24.
  3. WWE Magazine Feature of the Week World Wrestling Entertainment (2010-02-13). Visitado em 2010-02-13.
  4. a b WWE Presents WrestleMania XXVI University of Phoenix Stadium. Visitado em 2009-08-29.
  5. WWE PPV buyrate numbers in 2010 Wrestleview.com. Visitado em 2010-05-06.
  6. WrestleMania Blows Away Attendance Record At Ford Fields World Wrestling Entertainment (2007-04-21). Visitado em 2010-03-29.
  7. WrestleMania XXIV Crushes Records, Careers World Wrestling Entertainment (2009-03-30). Visitado em 2010-03-29.
  8. WrestleMania Record Sellout World Wrestling Entertainment (2009-04-05). Visitado em 2010-03-29.
  9. a b Watters, Carrie (2008-01-18). Talks ongoing to bring WrestleMania in 2010 The Arizona Republic. Visitado em 2009-11-29.
  10. (sueco) Nordström, Gunnar (2007-12-30). Fel att satsa på Foppa Expressen. Visitado em 2009-02-24.
  11. WrestleMania Week WWE. Visitado em 2009-11-30.
  12. WrestleMania: The WWE Universe lines up for their tickets to WrestleMania XXVI in Phoenix WWE (2009-11-09). Visitado em 2009-11-30.
  13. WrestleMania XXVI is coming March 28, 2010 WWE (2010-01-31). Visitado em 2010-02-02.
  14. The music of WrestleMania: "Aint No Grave" by Johnny Cash WWE (2010-03-11). Visitado em 2010-03-13.
  15. Fantasia to perform at WrestleMania XXVI in Glendale The Arizona Republic (2010-03-22). Visitado em 2010-03-23.
  16. Live & Televised Entertainment of World Wrestling Entertainment WWE. Visitado em 2009-02-24.
  17. Adkins, Greg (2009-06-28). Uninvited guests WWE. Visitado em 2010-02-23.
  18. Sitterson, Aubrey (2009-07-13). Lean, Green hosting machine WWE. Visitado em 2010-02-23.
  19. Getting burned in the Miami heat WWE (2009-07-17). Visitado em 2010-02-23.
  20. a b Murphy, Ryan (2010-01-31). Opportunity shocks WWE. Visitado em 2010-02-01.
  21. a b Burdick, Michael (2010-02-21). Heartbroken WWE. Visitado em 2010-02-23.
  22. a b c Adkins, Greg (2010-02-22). Taking the bull by the horns WWE. Visitado em 2010-02-23.
  23. Adkins, Greg (2010-01-25). "Psych"-ed for the Rumble WWE. Visitado em 2010-02-23.
  24. a b Adkins, Greg (2010-02-01). Process of Elimination WWE. Visitado em 2010-02-23.
  25. Passero, Mitch (2010-02-05). Opportunity knocks WWE. Visitado em 2010-02-23.
  26. a b Adkins, Greg (2010-02-21). Intermittent reign WWE. Visitado em 2010-02-23.
  27. Adkins, Greg. Vaunted: Deadman Alive WWE. Visitado em 2010-02-23.
  28. Adkins, Greg (2009-12-14). Dennis, anyone? WWE. Visitado em 2010-02-23.
  29. Adkins, Greg (2010-01-18). Royal rebellion WWE. Visitado em 2010-02-23.
  30. Adkins, Greg (2010-02-08). Raw's pit stomp WWE. Visitado em 2010-02-23.
  31. Adkins, Greg (2010-01-04). Hit Man, baby, one more time WWE. Visitado em 2010-03-02.
  32. Adkins, Greg (2010-02-08). Raw's pit stomp WWE. Visitado em 2010-02-23.
  33. Adkins, Greg (2010-02-15). Clear and present chamber WWE. Visitado em 2010-03-02.
  34. Adkins, Greg (2010-03-01). A long, strange trip to WrestleMania WWE. Visitado em 2010-03-02.
  35. Sitterson, Aubrey (2009-01-12). Sioux City showstopper WWE. Visitado em 2010-03-22.
  36. Adkins, Greg (2009-12-28). Timbaland shocks the house WWE. Visitado em 2010-03-22.
  37. Burdick, Michael (2010-01-01). Time to rumble WWE. Visitado em 2010-03-19.
  38. Passero, Mitch (2010-01-22). No fear WWE.
  39. Burdick, Michael (2010-02-12). Charging to the Chamber WWE. Visitado em 2010-03-19.
  40. Burdick, Michael (2010-03-12). A "Highlight" assault WWE. Visitado em 2010-03-19.
  41. Passero, Mitch (2010-03-19). Nine days until WrestleMania WWE. Visitado em 2010-03-19.
  42. Wrestlemania XXVI results World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-28.
  43. Wrestlemania XXVI(1) results World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-28.
  44. Wrestlemania XXVI(2) results World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-28.
  45. Wrestlemania XXVI results(3) World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-28.
  46. Wrestlemania XXVI(4) results World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-28.
  47. Wrestlemania XXVI results(5) World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-28.
  48. Wrestlemania XXVI results(6) World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-28.
  49. Wrestlemania XXVI results(7) World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-28.
  50. Wrestlemania XXVI results(8) World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-28.
  51. Wrestlemania XXVI results(9) World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-28.
  52. Wrestlemania XXVI(10) results World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-28.
  53. McNichol, Rob. "Shawn's Career end on a high", The Sun, 2010-03-29. Página visitada em 2010-03-29.
  54. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick. Undertaker ends Shawn Michaels' career in thrilling rematch to cap off Wrestlemania XXVI. Although the Wrestlemania 26 card was touted as one of the greatest ever coming into the show and had high expectations, WrestleMania 26 only drew 885,000 PPV buys, which was down from 975,000 from the previous year. Canadian Online Explorer. Visitado em 2010-03-29.
  55. WrestleMania.
  56. Burdick, Michael (2010-03-28). Results:The best of 26 World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-29. [ligação inativa]
  57. Meltzer, Dave (2010-03-28). WrestleMania live coverage Wrestling Observer Newsletter. Visitado em 2010-03-29.
  58. Vermillion (2010-03-28). Results: No business like Show-Miz-ness World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-29. [ligação inativa]
  59. Powers, Kevin (2010-03-28). Results: RK-Owning his legacy World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-29. [ligação inativa]
  60. Sitterson, Aubrey (2010-03-28). Results: Can't stagger Swagger World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-29. [ligação inativa]
  61. Murphy, Ryan (2010-03-28). Results: Fortune does not favor the bold World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-29. [ligação inativa]
  62. Burdick, Michael (2010-03-28). Results: 619 means I’m better than you World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-29. [ligação inativa]
  63. Tello, Craig (2010-03-28). Results: Bret screwed Vince World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-29. [ligação inativa]
  64. Passero, Mitch (2010-03-28). Results: A Spear too late World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-29. [ligação inativa]
  65. Murphy, Ryan (2010-03-28). Results: Vickie throws her weight around World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-29. [ligação inativa]
  66. Adkins, Greg (2010-03-28). Results: Cena uncorks the "Champ pain" World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-29. [ligação inativa]
  67. McAvennie, Mike (2010-03-28). Results: Phenom spells 18 and woe for HBK World Wrestling Entertainment. Visitado em 2010-03-29. [ligação inativa]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]