CM Punk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
CM Punk
Punk no Nickelodeon Australian Kids' Choice Awards em 2011.
Nome(s)
no ringue
CM Punk[1]
Chick Magnet Punk[2]
Altura 1,88 m
Peso 99 kg
Nascimento 26 de outubro de 1978 (36 anos)[3]
Chicago, Illinois[3]
Residência Chicago, Illinois[1]
Estreia 1999[4]
Aposentadoria Maio de 2014
Site CMPunk.com

Phillip Jack Brooks[5] (Chicago, 26 de outubro de 1978),[3] mais conhecido pelo seu nome no ringue CM Punk, é um lutador americano de wrestling profissional, mais conhecido por seu trabalho na WWE .Considerado pela organização como o dono do "maior reinado como Campeão da WWE da era moderna",[6] Punk manteve o título por 434 dias entre 20 de novembro de 2011 e 27 de janeiro de 2013. Oficialmente, tem o sexto maior reinado de todos os tempos, e o mais longo dos últimos 25 anos (antes de 1988 reinados de vários anos eram comuns).[7]

No wrestling profissional, Punk foi campeão mundial sete vezes, tendo conquistado o Campeonato Mundial da ROH e o Campeonato da ECW uma vez cada, o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE três vezes e o Campeonato da WWE em duas ocasiões. Também ganhou o Campeonato Mundial de Duplas da WWE (com Kofi Kingston) e o Campeonato Intercontinental, tornando-se o décimo nono vencedor da Tríplice Coroa e o homem a alcançar este feito mais rápido, em apenas 203 dias.[8] Entre WWE e Ring of Honor (onde foi duas vezes campeão mundial de duplas), Punk ganhou um total de 11 campeonatos. Ele também foi o vencedor das lutas Money in the Bank de 2008 e de 2009 (o único a vencer duas vezes seguidas),[9] e recebeu o Slammy Award de lutador do ano.[10]

Punk inicialmente ganhou destaque em sua carreira no wrestling no circuito independente, principalmente como membro da ROH, ganhando os seus campeonatos. Em 2005, ele assinou um contrato com a WWE e foi enviado para o seu território de desenvolvimento, a Ohio Valley Wrestling (OVW), onde venceu todos os campeonatos disponíveis na promoção. Ao longo de sua carreira, Punk tem usado o artifício de ser straight edge, um estilo de vida que ele segue no seu dia-a-dia real.[11] Dependendo se Punk age como um mocinho ou vilão, ele enfatiza diferentes aspectos da cultura para incentivar o público a desejada reação.[11]

Carreira no wrestling profissional[editar | editar código-fonte]

Início da carreira[editar | editar código-fonte]

CM Punk em uma luta contra Danny Dominion no NWA Midwest em 23 de novembro de 2002, em Grayslake, Illinois.

A primeira experiência de Brooks no wrestling foi na federação amadora Lunatic Wrestling Federation, com seus amigos e seu irmão Mike Brooks, em meados dos anos 1990. Ele começou a usar o nome no ringue "CM Punk" quando foi colocado em uma dupla chamada Chick Magnets com CM Venom, após seu parceiro original ter sido retirado das lutas marcadas.[11] [2] [12] Ao contrário de seus amigos, Punk realmente queria ser um lutador e viu no wrestling mais do que simples diversão.[11] Quando a promoção começou a crescer, fazendo eventos fora de um armazém em Mokena, Illinois, Brooks descobriu que seu irmão Mike havia desviado milhares de dólares da pequena empresa, o que causou uma briga entre os dois, que não se falam desde então.[13]

Ele logo deixou a federação e se matriculou como aluno na escola de wrestling profissional "Steel Dominion" em Chicago, sendo treinado por Ace Steel,[14] Danny Dominion e Kevin Quinn para se tornar um lutador profissional. Como parte do treinamento, ele lutou pela Steel Domain Wrestling em St. Paul, Minnesota.[11] [15] Foi na Steel Domain que ele conheceu Scott Colton,[16] [17] que logo adotou o nome no ringue de Colt Cabana. Punk e Cabana tornaram-se melhores amigos e passaram a maior parte de suas carreiras trabalhando juntos nas mesmas promoções, como adversários ou aliados.[16] No circuito independente, Punk, juntamente com seus colegas Colt Cabana, Chuckee Smooth, Adam Pearce e o manager Dave Prazak, também graduados na Steel Domain, formaram uma aliança chamada Gold Bond Mafia.[11]

Independent Wrestling Association: Mid-South (2000–2005)[editar | editar código-fonte]

A casa para o início de carreira de CM Punk foi considerada a promoção independente Independent Wrestling Association Mid-South (IWA Mid-South).[11] Durante o tempo de Punk na IWA: Mid-South, ele manteve longas rivalidades com Colt Cabana e Chris Hero, tendo ainda conquistado o Campeonato dos Pesos-Médios do Centro-Sul da IWA duas vezes, e o Campeonato dos Pesos-Pesados da Centro-Sul da IWA em cinco ocasiões distintas, derrotando estrelas como A.J. Styles, Cabana e até mesmo Eddie Guerrero por este campeonato; a rivalidade de Punk com Hero incluiu uma luta com mesas, escadas e cadeiras de cinquenta e cinco minutos,[11] uma luta de duas quedas de noventa e três minutos,[15] e vários combates empatados por estouro do tempo limite de uma hora.[17]

As lutas de Punk contra Cabana o levaram a ser contratado pela promoção Ring of Honor.[15] De fevereiro de 2003 até maio de 2004, ele se recusou a lutar pela IWA: Mid-South em protesto aos supostos maus-tratos de Ian Rotten a Chris Hero na empresa.[11] Hero, no entanto, afirmou que acreditava que havia outras razões, e o tratamento de Rotten era apenas uma desculpa para que Punk pudesse parar de trabalhar para a IWA: Mid-South.[18] Eventualmente, Punk retornou a empresa, atuando como lutador e comentarista até 2005, quando foi contratado pela World Wrestling Entertainment (WWE). Sua última aparição na IWA: Mid-South aconteceu em 2 de julho de 2005, em uma luta com Delirious, que terminou em empate ao atingir o limite de tempo.[19]

Ring of Honor e Total Nonstop Action Wrestling (2002–2004)[editar | editar código-fonte]

Rivalidade com Raven (2002–2004)[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, Punk se juntou à Ring of Honor (ROH) como um mocinho, mas rapidamente se tornou um vilão ao começar uma rivalidade com Raven, competindo em várias lutas sem desqualificações.[20] A rixa entre eles continuou pelo resto de 2003,[21] e foi baseada em torno do estilo de vida straight edge de Punk, com ele comparando Raven a seu pai alcoólatra.[22] A rivalidade terminou no evento The Conclusion em novembro de 2003, quando Punk derrotou Raven em uma luta numa jaula de aço.[20] Ao mesmo tempo, ele se juntou à promoção NWA Total Nonstop Action (TNA), formando uma dupla com Julio Dinero, membros do grupo de Raven na TNA, o The Gathering.[11]

CM Punk durante uma luta numa jaula contra Raven no The Conclusion em 28 de novembro de 2003 em Fairfield, Connecticut.

CM Punk conquistou o segundo lugar em um torneio no Second Anniversary Show, que tinha como objetivo coroar o primeiro Campeão Pure da ROH, sendo derrotado por A.J. Styles na final.[20] Mais tarde, ele ganhou o Campeonato Mundial de Duplas da ROH duas vezes com Colt Cabana como seu parceiro. Nas duas ocasiões, Punk e Cabana derrotaram os Briscoe Brothers pelo título.[23] Em outubro de 2003, ele foi contratado para ser o treinador da escola de wrestling profissional da Ring of Honor,[11] [24] já tendo exercido o mesmo cargo na Steel Domain[11] e Primetime Wrestling.[25]

Pouco antes de um evento da TNA em 25 de fevereiro de 2004, Punk envolveu-se em uma briga física com Teddy Hart do lado de fora de um restaurante, sendo separados por Sabu. A briga teria se originado a partir de um evento da ROH em que Hart realizou três golpes não planejados, colocando vários outros lutadores em perigo eminente de lesão.[26] [27] Depois do ocorrido, Punk e Dinero pararam de aparecer nos eventos da TNA, levando a especulações de que os dois teriam sido demitidos.[28] Entretanto, Punk afirmou que a briga não afetou sua carreira. Ele ainda acrescentou dizendo que a razão para ele e Dinero pararem de aparecer nos pay-per-views da TNA, foi que os executivos da empresa acharam que os dois não haviam convencido o público como vilões, depois de terem traído Raven e formado uma dupla com James Mitchell como manager.[28] Os roteiristas decidiram acabar com a história indefinidamente, tendo em vista que Punk e Dinero não conquistaram a reação esperada.[28] Punk oficialmente deixou a TNA em março de 2004 durante uma controvérsia criada por Rob Feinstein: os lutadores da TNA não poderiam mais lutar na ROH. Com isso, Punk decidiu deixar a companhia.[29]

Busca pelo Campeonato Mundial (2004–2005)[editar | editar código-fonte]

Na ROH, Punk também enfrentou o até então Campeão Mundial da ROH na altura, Samoa Joe pelo seu título numa série de três lutas. A primeira delas, em 12 de junho de 2004, na cidade de Dayton, Ohio, acabou em empate devido a nenhum dos dois lutadores terem conseguido derrotar seu oponente num prazo de uma hora. A segunda luta entre Punk e Joe estava prevista para 4 de dezembro de 2004, no entanto, devido a Steve Corino ser trazido para uma luta com Joe pela Pro Wrestling ZERO-ONE, o segundo combate foi remarcado às pressas para 16 de outubro na cidade natal de Punk.[17] Novamente, os competidores lutaram por mais sessenta minutos e pela segunda vez estouraram o tempo limite.[20] Além de Joe vs. Punk II ter se tornando o DVD mais vendido da Ring of Honor na época, o combate recebeu uma classificação de cinco estrelas por Dave Meltzer, do Wrestling Observer Newsletter. Esta foi a primeira luta na América do Norte a receber uma classificação de cinco estrelas em sete anos, sendo a última a luta Hell in a Cell entre Shawn Michaels e Undertaker no Badd Blood: In Your House, em 1997.[17] Joe terminou a série ao derrotar Punk no terceiro e final combate em 4 de dezembro de 2004 no All-Star Extravaganza 2, que tinha como estipulação espacial não haver tempo limite.[20]

CM Punk na Ring of Honor.

Em junho de 2005, Punk assinou um contrato com a WWE, após uma luta-teste contra Val Venis no Sunday Night Heat em 9 de maio de 2005 (na qual foi exibida em 15 de maio).[30] Mesmo aceitado o acordo, ele derrotou Austin Aries com o movimento Pepsi Plunge, ganhando o Campeonato Mundial da ROH em 18 de junho de 2005, no Death Before Dishonor III.[23] Imediatamente após a luta, CM Punk se tornou um vilão, e começou uma história onde ameaçava levar consigo o Campeonato da ROH para a WWE. Durante as semanas seguintes, Punk brincou com os outros lutadores e com os fãs da ROH, bem como zombando do campeonato que possuía, indo tão longe a ponto de assinar seu contrato com a WWE sobre ele. Durante a história, Mick Foley fez várias aparições na ROH, tentando convencer Punk a abandonar o título antes de sua saída da empresa. Em 12 de agosto de 2005, na cidade de Dayton, Ohio, Punk perdeu o campeonato para James Gibson em uma luta 4-way, que consistia de si mesmo, Gibson, Samoa Joe e Christopher Daniels, que re-estreou após uma ausência de ano e meio.[23] A última luta de Punk na ROH foi no dia 13 de agosto de 2005 contra seu amigo de longa data Colt Cabana numa luta de duas quedas, a qual perdeu.[20]

CM Punk fez uma participação especial no show ROH Unscripted II no dia 11 de fevereiro de 2006, quando o cartão original teve que ser descartado, devido a Low Ki deixar a ROH na semana anterior.[20] Além disso, a maior parte do plantel da Ring of Honor, que havia sido contratada pela TNA, foi retirada do show devido a uma tempestade de neve, na qual os funcionários da TNA acreditavam que poderia impedir seus lutadores de alcançar um pay-per-view da empresa agendado para o dia seguinte.[31] [32] No evento principal, Punk se uniu com Bryan Danielson para lutar e derrotar Jimmy Rave e Adam Pearce em uma luta de duplas.[32]

World Wrestling Entertainment / WWE (2005–presente)[editar | editar código-fonte]

Ohio Valley Wrestling (2005–2006)[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2005, Punk foi atribuído a Ohio Valley Wrestling (OVW), um território de desenvolvimento da WWE. Ele fez sua estréia em 8 de setembro em uma luta não televisionada, onde se juntou a Nigel McGuinness e Paul Burchill, sendo derrotados por Deuce Shade, Elijah Burke e Seth Skyfire.[33] No dia 26 de setembro de 2005, fez sua estreia na televisão pela OVW, onde sofreu uma ruptura em seu tímpano e quebrou o nariz após Danny Inferno acertá-lo com um soco demasiadamente forte. Punk despistou o fato de ter se machucado, terminou a luta e se recuperou rápido das lesões.[34] [35]

Em 9 de novembro de 2005, Punk se tornou Campeão Televisivo da OVW após derrotar Ken Doane.[34] Logo após, começou uma rivalidade com Brent Albright, que havia tido uma rixa com Doane pelo mesmo cinturão. Eles lutaram diversas vezes, incluindo um combate que acabou em empate após estourarem o tempo limite enquanto Albright tinha Punk em seu movimento de finalização, o Crowbar; deste modo, CM Punk manteve o título, já que não houve um tempo extra.[34] Em 4 de janeiro de 2006, Punk perdeu seu campeonato durante uma luta "3-way dance" entre ele, Albright e Doane. Este último se machucou durante a luta e foi substituído por Aaron "The Idol" Stevens. Punk desistiu após ser colocado em uma submissão de Albright e foi eliminado, mas retornou mais tarde para o distrair, permitindo assim que Stevens derrotasse Albright para se tornar Campeão Televisivo.[36] Albright e Punk, em seguida, se juntaram brevemente e se tornaram oponentes novamente quando Albright exigiu o respeito de Punk, que nunca o havia dado. A rivalidade continuou por várias semanas, com Punk sempre ganhando, isto até 1 de fevereiro, quando Albright se tornou vilão durante uma luta de duplas, permitindo que a Spirit Squad derrotasse Punk, que no processo, se tornou um mocinho.[36] Paralelamente, Punk teve uma pequena aparição no WrestleMania 22 no dia 2 de abril de 2006, antes da entrada de John Cena.[37]

Após Matt Cappotelli vagar o Campeonato dos Pesos-Pesados da OVW por causa de um tumor cerebral em fevereiro de 2006, um torneio foi realizado para coroar o novo campeão. As finais foram disputadas entre Brent Albright e CM Punk, onde Albright conseguiu a vitória e se tornou o novo campeão.[36] Punk e Albright continuaram sua rivalidade, e pouco a pouco, Brent foi se tornando paranóico em manter seu cinturão. No dia 3 de março de 2006, Punk finalmente ganhou o título, derrotando Albright em uma luta de correias.[36] Como Campeão Peso-Pesado da OVW, ele reteve seu cinturão em lutas contra Shad Gaspard,[36] Mr. Kennedy,[36] Johnny Jeter[36] e "The Miz".[38]

No dia 28 de julho de 2006, Punk e Seth Skyfire derrotaram Cryme Tyme para ganhar o Campeonato Sulista de Duplas da OVW em um evento ao vivo.[39] Eles perderam o cinturão no dia 2 de agosto de 2006 para Deuce 'n Domino.[36] Os dois então começaram uma rixa após perderem uma revanche quando Punk fez tag[Nota 1] em Skyfire, que estava machucado (enquanto Punk estava ileso). Em 30 de agosto de 2006, ambos lutaram pelo Campeonato dos Pesos-Pesados da OVW. Antes da luta, entretanto, Skyfire foi atacado por Charles "The Hammer" Evans, sendo substituído então por Chet Jablonski ("Chet the Jet"), que derrotou Punk e ganhou o título.[36] Como ele não tinha mais o cinturão, a OVW já não precisava mais de CM Punk. Ele então foi trazido para fazer parte integramente da WWE, mas continuou a fazer participações esporádicas para a empresa, como no episódio 400 da OVW TV,[36] até a WWE anunciar que estava terminando seu contrato com a OVW em 7 de fevereiro de 2008.[40]

ECW (2006–2008)[editar | editar código-fonte]

CM Punk com um retrato como o Campeão da ECW em 2008.

No dia 24 de junho de 2006, Punk fez sua estreia no programa ECW durante um show não-televisionado, derrotando Stevie Richards.[41] Porém, fez sua estreia na televisão no dia 4 de julho, falando sobre o seu modo de vida straight edge, enfatizando os aspectos disciplinares de ser livre das drogas e do álcool.[42] Apesar de Punk ter mantido sua personalidade straight edge, ele adquiriu uma base de Muay Thai nos seus golpes. Ele estreou lutando somente no dia 1 de agosto de 2006, derrotando Justin Credible.[43] CM Punk se estabeleceu na ECW por ficar imbatível, derrotando oponentes como C.W. Anderson,[44] Stevie Richards[45] e Shannon Moore.[46]

Logo depois, ele começou uma rivalidade com Mike Knox, já que a namorada deste, Kelly Kelly, estava desenvolvendo sentimentos por Punk.[46] Ele derrotou Knox no primeiro combate entre os dois, se classificando para a luta Elimination Chamber no December to Dismember,[47] bem como em uma revanche entre ambos; após o termino desta luta, Kelly Kelly comemorou a vitória de CM Punk sobre seu namorado.[48] Ele então fez time com D-Generation X e os Hardy Boyz no Survivor Series na luta contra Rated-RKO, Knox, Johnny Nitro (futuro John Morrison) e Gregory Helms, na qual todos os participantes do time de Punk sobreviveram à eliminação.[49] Na luta Elimination Chamber durante o December to Dismember pelo Campeonato Mundial da ECW, Punk foi o primeiro a sair, sendo eliminado por Rob Van Dam.[50]

CM Punk como Campeão Mundial da ECW em 30 de Setembro de 2007 em Hammond, Indiana.

Após o evento, Punk entrou em uma rivalidade com Hardcore Holly, que terminou sua invencibilidade, que durava seis meses em combates individuais, sendo derrotado no dia 9 de janeiro de 2007.[51] Ele então entrou em uma rixa com Matt Striker, que deu a ele sua segunda derrota individual desde sua estreia na ECW.[52] Logo após, Punk se classificou para a luta Money in the Bank no WrestleMania 23 por derrotar Johnny Nitro (mais tarde, John Morrison).[53] Nas últimas semanas antes do WrestleMania, Punk apareceu tanto no Raw quanto no Friday Night SmackDown!, derrotando Kenny Dykstra[54] e o ex-Campeão Mundial dos Pesos-Pesados da WWE, King Booker,[55] respectivamente. No WrestleMania 23, Punk competiu, mas não ganhou o combate Money in the Bank, tendo sido nocauteado da escada segundos antes do vencedor, Mr. Kennedy, pegar a maleta.[56]

Na edição do dia 10 de abril de 2007 da ECW, Punk se tornou um vilão por um breve período por se juntar oficialmente ao New Breed,[57] após várias semanas sendo disputado tanto por New Breed quanto pelos ECW Originals.[58] [59] Duas semanas depois, no entanto, ele traiu a New Breed durante uma tradicional luta quatro-contra-quatro no Survivor Series, disputada ente as duas facções, chutando o líder do New Breed, Elijah Burke, na nuca custando a ele o combate. Após a luta, Punk continuou aplicando seu movimento de finalização, o Go To Sleep, em Burke, se desculpando sarcasticamente após deixar o ringue, se tornando um mocinho novamente. O site WWE.com confirmou depois que Punk não era mais um membro do New Breed.[60] No Judgment Day, Punk derrotou Burke em seu primeiro combate individual em um pay-per-view.[61] No One Night Stand, ele fez parceria com Tommy Dreamer e The Sandman em uma luta de mesas para derrotar novamente a New Breed.[62]

Por causa da transferência do Campeão Mundial da ECW Bobby Lashley para o programa Raw, o título ficou vago. Então, um mini-torneio foi anunciado para declarar o novo campeão. Os participantes eram Punk, Elijah Burke, Marcus Cor Von e o recentemente chegado Chris Benoit. Punk derrotou Marcus Cor Von no dia 19 de junho de 2007. Graças a isso, deveria enfrentar Benoit no Vengeance: Night of Champions pelo vago Campeonato Mundial da ECW.[63] Chris Benoit, no entanto, foi substituído por Johnny Nitro, já que não compareceu ao evento, por causa do que foi descrito como "razões pessoais".[Nota 2] No Night of Champions, Nitro ganhou a luta pelo título da ECW.[64] Punk então ganhou outra tentativa pelo campeonato no The Great American Bash, no entanto, foi novamente foi derrotado por o agora chamado John Morrison.[65]

Na semana seguinte, Punk desafiou Elijah Burke e Tommy Dreamer para uma luta triple threat para determinar o próximo competidor pelo título de Morrison, saindo vitorioso.[66] Ele recebeu sua chance pelo título no SummerSlam, no entanto, Punk perdeu mais uma vez, quando Morrison usou ilegalmente as cordas para o prender num pinfall.[Nota 3] [67]

No dia 1 de setembro, em uma "luta de última chance", Punk derrotou Morrison pelo Campeonato da ECW.[68] Ele então defendeu seu título com sucesso contra Elijah Burke no Unforgiven,[69] Big Daddy V via desqualificação no No Mercy[70] e The Miz no Cyber Sunday.[71] Em 6 de novembro, reteve seu título em um combate contra Morrison por causa da interferência de The Miz.[72] No Survivor Series, Punk reteve seu campeonato em uma luta triple threat, desta vez derrotando The Miz e John Morrison.[73] No dia 22 de janeiro de 2008, Chavo Guerrero derrotou CM Punk em uma luta sem desqualificações para ganhar o Campeonato da ECW após Edge, (que estava como um comentarista) entrar no ringue e lhe aplicar um Spear.[74]

Money in the Bank e Campeão Mundial dos Pesos-Pesados (2008–2009)[editar | editar código-fonte]

CM Punk em abril de 2008 com a primeira das duas maletas do Money in the Bank.

No WrestleMania XXIV, CM Punk ganhou a luta Money in the Bank, após derrotar Chris Jericho, Montel Vontavious Porter, Shelton Benjamin, John Morrison, Mr. Kennedy e Carlito.[75]

Em 23 de junho de 2008 no episódio do Raw, Punk foi transferido para o mesmo programa durante o Draft de 2008.[76] Na semana seguinte, após Batista atacar o Campeão Mundial dos Pesos-Pesados Edge e o deixar deitado no ringue, Punk aproveitou o momento para descontar seu contrato do Money in the Bank,[Nota 4] conquistando o título. Mais tarde, naquela noite, Punk ganhou sua primeira defesa de campeonato contra JBL, que o desafiou logo após sua vitória.[77] A conquista de Punk acabaria também por ganhar o Slammy Award de o Momento "Oh, meu Deus" do ano.[78] Punk continuou a defender com sucesso seu título até o Unforgiven em 7 de setembro de 2008. Antes da luta Championship Scramble marcada na data, Punk foi atacado por uma primeira versão do The Legacy (Randy Orton, Cody Rhodes, Ted DiBiase e Manu), com Orton lhe aplicando um chute em sua cabeça.[79] Foi anunciado então que Punk não poderia participar da luta devido ao ataque e, como resultado, involuntariamente perderia o título. Ele foi substituído por Chris Jericho, que ganhou o combate e consequentemente se tornou campeão.[80] Punk recebeu uma revanche oito dias depois no episódio de 15 de setembro do Raw, onde não conseguiu recuperar o título em um luta numa jaula de aço contra Jericho.[81]

CM Punk como Campeão Mundial dos Pesos-Pesados durante seu primeiro reinado no SummerSlam.

Em 27 de outubro de 2008, no episódio do Raw, Punk e Kofi Kingston derrotaram Cody Rhodes e Ted DiBiase para ganhar o Campeonato Mundial de Duplas da WWE.[82] A dupla era membro da equipe de Batista no Survivor Series, entretanto perderam para o time de Orton.[83] Ele então entrou em uma competição pelo direito de se tornar desafiante ao Campeonato Intercontinental da WWE. Ele iria derrotar Snitsky e John Morrison nas duas primeiras rodadas.[84] Punk e Kingston perderam o Campeonato Mundial de Duplas para John Morrison e The Miz em um evento ao vivo em 13 de dezembro de 2008.[85] No dia seguinte, Punk derrotou Rey Mysterio no Armageddon para ganhar o torneio.[84] No episódio de 5 de janeiro do Raw, Punk recebeu seu combate pelo título Intercontinental contra William Regal, que terminou em desqualificação, quando Regal segurou a camisa do árbitro.[86] Devido a isso, Stephanie McMahon concedeu a Punk uma revanche na semana seguinte, mas desta vez foi ele mesmo que foi desqualificado.[87] McMahon concedeu-lhe outra revanche, sendo desta vez, uma luta sem desqualificações em 19 de janeiro, durante um episódio do Raw, na qual Punk venceu e conquistou o título.[88] Com esta vitória, Punk se tornou o décimo nono vencedor da Tríplice Coroa. Além disso, a vitória fez dele o homem a realizar a Tríplice Coroa no menor espaço de tempo, quebrando recorde anterior de Kevin Nash.[89] Punk perdeu o Campeonato Intercontinental no episódio de 9 de março do Raw para John "Bradshaw" Layfield.[90] No WrestleMania XXV, Punk ganhou a luta Money in the Bank e se tornou a primeira pessoa a ganhar o combate duas vezes.[91]

Em 13 de abril de 2009, durante o Draft de 2009, Punk foi transferido para o programa Smackdown.[92] No período seguinte a transferência, ele começou uma rivalidade com Umaga depois de repetidos ataques surpresa deste, enquanto Punk tentava usar seu contrato. Estes atos resultaram em uma luta Samoan strap no Extreme Rules, que foi ganha por Punk.[93]

No final do mesmo pay-per-view, Punk descontou seu contrato do Money in the Bank[Nota 4] para derrotar Jeff Hardy pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados.[94] Punk manteve o seu título em uma luta triple threat contra Edge e Hardy oito dias depois, em 15 de junho, no episódio do Raw.[95] No The Bash, Punk perdeu para Hardy por desqualificação depois de chutar o árbitro, após ser atingido (na história) no olho, alegando que não podia o ver. Pelas regras, ele reteve o campeonato. Hardy pôs em dúvida sobre a lesão no olho de Punk, acreditando que ele estava se fingindo, levando a Punk se transformar num vilão, no processo.[96] No Night of Champions, Punk perdeu o campeonato para Hardy.[97] A rivalidade continuou até o SummerSlam, onde Punk recuperou o título em uma luta com mesas, escadas e cadeiras, sendo logo após atacado por The Undertaker.[98] Em 28 de agosto no episódio do SmackDown, Punk concluiu sua rivalidade com Hardy e conseguiu seu reservado objetivo de expulsa-lo da WWE, o derrotando em uma luta numa jaula de aço na qual o perdedor concordou em deixar a empresa.[99] Este ato faria Punk ganhar um segundo Slammy em dezembro deste ano, que foi nomeado como "o choque do ano".[100]

No Breaking Point, Punk derrotou The Undertaker em uma luta de submissão para manter o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados. Undertaker originalmente venceu a luta com sua submissão, o Hell's Gate. O gerente geral do SmackDown, Theodore Long, re-começou a luta depois de afirmar que a proibição posta no movimento pela ex-gerente geral Vickie Guerrero ainda estava em vigor. Punk venceu o combate com sua submissão, o Anaconda Vise, quando o árbitro Scott Armstrong pediu para tocar o sino, apesar de Undertaker nunca se submeter (o que lembra o Montreal Screwjob, que teve lugar no mesmo local em 1997).[101] A rivalidade entre os dois continuou e, no pay-per-view Hell in a Cell, em uma luta de nome homônimo, Punk perdeu o título para The Undertaker.[102] Ele também perdeu duas revanches subsequentes no Smackdown e em uma luta fatal four way no Bragging Rights, que envolveu também Batista e Rey Mysterio.[103] [104]

Straight Edge Society e New Nexus (2009–2011)[editar | editar código-fonte]

A personagem de CM Punk tomou uma atitude mais sinistra no episódio de 27 de novembro do SmackDown, quando ele revelou que havia convertido Luke Gallows, anteriormente conhecido como um lutador mentalmente incompetente chamado de Festus, ao estilo de vida straight edge e que o tinha livrado de seus problemas mentais.[105] Continuando a abraçar sua filosofia straight edge, Punk começou a apresentar-se como um culto, um salvador para a multidão, deixando crescer seu cabelo, sua barba e os pelos do peito, em uma alusão a Jesus.[106] Em janeiro de 2010, Punk começou a converter membros do público a um estilo de vida straight edge, tomando-os a um juramento de lealdade, além de rasparem a cabeça, como um sinal de renovação e de devoção.[107] [108] [109] Após a conversão de muitas pessoas que não foram vistas novamente, Punk converteu Serena, que começou a acompanhar ele e Gallows para formar a Straight Edge Society.[109] [110] Além de liderar esta aliança, Punk foi também um mentor do NXT, tendo como rookie Darren Young, que flertou com a ideia de se tornar straight edge antes de rasparem sua cabeça.[111]

Punk continuou a mostrar traços messiânicos, frequentemente dando sermões, inclusive durante o anual Royal Rumble, bem como durante uma luta Elimination Chamber no pay-per-view homônimo.[112] [113] Durante este combate, ele foi eliminado por Rey Mysterio, o que levou a uma rivalidade nos pay-per-views seguintes. A tensão entre ambos aumentou quanto Mysterio impediu que Punk ganhasse uma luta de qualificação para o combate Money in the Bank, fazendo com o que Punk interrompesse a celebração de Mysterio do aniversário de nove anos de sua filha na semana seguinte.[114] Mysterio então desafiou Punk para uma luta street fight no WrestleMania XXVI; semanas antes do evento, Mysterio foi derrotado por Gallows, o que significou que Punk escolheria a estipulação para o combate no WrestleMania. Ele escolheu a estipulação na qual se Rey perdesse, teria que entrar para a Straight Edge Society.[115] No WrestleMania, entretanto, Mysterio saiu com a vitória,[116] dando início a uma revanche no Extreme Rules, onde Punk teria que raspar a cabeça, como seus discípulos, se perdesse. Punk ganhou esta luta após a interferência de um quarto membro da Straight Edge Society, que manteve o rosto coberto.[117] No Over The Limit, uma terceira e última luta foi reservada com as duas outras estipulações reativadas. Punk perdeu o terceiro combate e teve que raspar a cabeça.[118]

Envergonhado por ter ficado careca, já que ele se considerava sempre puro ao contrário de seus seguidores, CM Punk apareceu no episódio seguinte do SmackDown, em 29 de maio, usando uma máscara para esconder sua calvície.[119] No Fatal 4-Way, ele desafiou Mysterio, The Big Show e o campeão Jack Swagger pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados, mas perdeu a luta quando foi atacado por Kane, que estava acusando várias pessoas de atacar The Undertaker.[120] Em 16 de julho no SmackDown, Punk foi finalmente desmascarado por Big Show enquanto se recuperava de um ataque no braço.[121] Na semana seguinte, Show também desmascarou o membro anônimo da Straight Edge, que foi revelado ser Joey Mercury.[122] Isso levou a uma luta dois-contra-um no SummerSlam, onde Show derrotou Gallows e Mercury, depois que Punk abandonou seus companheiros de equipe.[123] Entretanto, Show derrotou Punk em uma luta individual no Night of Champions.[124] Após Serena ser liberada da WWE,[125] e Mercury se lesionar,[126] a Straight Edge lentamente se dissolveu. Gallows também começou a mostrar sinais de dissensão, e Punk o derrotou no SmackDown de 24 de setembro, terminando o grupo.[127]

Punk como líder do New Nexus, acompanhado por Otunga e McGillcutty ao confrontar Shawn Michaels.

Punk foi trazido de volta para o Raw em 11 de outubro depois de ter sido transferido com Edge. Ele tomou parte na luta entre as equipes do Raw e SmackDown durante o Bragging Rights após ocupar a vaga do lesionado Evan Bourne,[128] mas sua equipe perdeu. Foi informado mais tarde que ele estava sofrendo com uma lesão no quadril que o impediria de competir nas próximas semanas.[129] Para manter uma presença na televisão, Punk começou comentando o Raw de 22 de novembro,[130] já tendo exercido a posição de comentarista em um episódio do NXT. Durante seus comentários, Punk criticava John Cena por suas ações contra o The Nexus. Às vezes, ele favoreceu lutadores vilões contra os mocinhos. No final de dezembro, Punk deixou a equipe de comentários após agredir John Cena no Raw[131] e SmackDown[132] com uma cadeira. Ele revelou mais tarde que seus motivos para os ataques eram porque ele havia se juntado e assumido o controle do The Nexus.[133] Punk, então, usou o grupo para atacar Randy Orton, culpando-o por ter terminado prematuramente seu primeiro reinado como campeão mundial em 2008, o que levou a uma luta no WrestleMania XXVII[134] e um combate last man standing no Extreme Rules, sendo que em ambos Punk foi derrotado.[135] Ele então passou os próximos meses envolvido em várias rivalidades, muitas vezes unido com outros membros do The Nexus.

Campeão da WWE (2011–2013)[editar | editar código-fonte]

Punk em seu segundo reinado como Campeão da WWE.

Em junho de 2011, após derrotar o até então Campeão da WWE John Cena no Raw,[136] Rey Mysterio no Capitol Punishment,[137] e finalmente Alberto Del Rio em uma luta para determinar o desafiante número um ao Campeonato da WWE, Punk revelou que seu contrato expiraria no Money in the Bank, prometendo deixar a empresa com o título; alguns de seus discursos e maneirismos ecoaram seus últimos meses com a Ring of Honor. Depois de fazer um discurso no sobre a maneira em que a WWE estava a correr e sobre seu dono, Vince McMahon, durante o Raw de 27 de junho, ele recebeu uma suspensão (enredo) de eventos televisionados da WWE,[138] mas foi reintegrado na semana seguinte por insistência de Cena.[139] Após o retorno de Punk, ele deixou de aparecer com os restantes membros do The Nexus e o grupo silenciosamente se dissolveu no mesmo mês.[140] Isso ajudou a transição dele de um personagem vilão a voltar ser um mocinho. Duas semanas mais tarde, no Money in the Bank, CM Punk derrotou John Cena para se tornar o campeão da WWE na sua última noite sob contrato com a empresa.[139]

Em 21 de julho, Punk fez uma aparição surpresa no telão da Mattel em conjunto com a WWE no San Diego Comic Con para zombar do novo Diretor de operações da WWE, Triple H, e oferecer ao finalista do torneio pelo vago Campeonato da WWE, Rey Mysterio, uma luta pelo próprio título, enquanto estava na sua cidade natal, Chicago.[141] [142] Punk apareceu em 23 de julho no show All American Wrestling, mostrando respeito a Gregory Iron, um lutador com paralisia cerebral.[143] Mysterio ganhou o torneio pelo Campeonato da WWE no episódio de 25 de julho do Raw, apenas para perdê-lo para Cena mais tarde naquela noite. Após a vitória de Cena, Punk voltou ao Raw e ofuscou a celebração do novo Campeão da WWE. Triple H, mais tarde, sustentou ambos como campeões legítimos e agendou os dois para uma luta no SummerSlam para decidir o indiscutível Campeão da WWE.[144] Punk prevaleceu mas logo perdeu o título para Alberto Del Rio, que descontou seu contrato do Money in the Bank,[Nota 4] depois de Punk ser atacado por Kevin Nash.[145]

Punk, durante seu segundo reinado como Campeão da WWE, sendo assistido por John Laurinaitis.

Na noite após o SummerSlam, CM Punk acusou Nash de conspirar juntamente com Triple H para o manter fora da rota do Campeonato da WWE.[146] Depois de repetidos confrontos, Nash e Punk exigiram se enfrentar no Night of Champions, sendo que Triple H concordou com o combate. No entanto, após Punk dar repetidos ataques verbais em relação a ele e sua esposa Stephanie McMahon, Triple H substituiu Nash.[147] No Night of Champions, Punk perdeu a luta (na qual era sem desqualificações), após Nash, The Miz e R-Truth atacarem tanto ele quanto Triple H.[148] Miz e R-Truth atacaram novamente Punk no Hell in a Cell, depois que ele perdeu uma luta triple threat Hell in a Cell pelo Campeonato da WWE.[149] Punk tentou vingar-se juntando-se com Triple H contra Miz e Truth no Vengeance, mas perdeu novamente devido a Nash atacar Triple H.[150] Isto ajudou na transição de Punk da voz anti-estabelecimento de Triple H para John Laurinaitis, que se tornou o gerente geral interino do Raw.[151] CM Punk não aprovando a promoção de Laurinaitis, o atacou verbalmente, referindo-o como um homem sem graça e bajulador.[152] [153]

No Survivor Series, CM Punk recuperou o Campeonato da WWE ao derrotar Alberto Del Rio com sua submissão, o Anaconda Vise.[154] Ele defendeu o título em uma revanche contra Del Rio no episódio de 28 de novembro do Raw,[155] e tanto contra Del Rio e The Miz em uma luta triple threat com mesas, escadas e cadeiras no TLC: Tables, Ladders & Chairs.[156] Em 26 de dezembro no episódio do Raw, Punk foi derrotado por Dolph Ziggler em uma luta gauntlet, e com o resultado, se tornou desafiante número um pelo campeonato da WWE. Se tivesse sido bem sucedido, Punk teria ganho o direito de enfrentar Laurinaitis em uma luta.[157] No Raw seguinte, ele foi derrotado por Ziggler via desqualificação por contagem, após a interferência de Laurinaitis, mantendo o campeonato com o resultado.[158] Por intermédio de Laurinaitis, Punk perdeu para Ziggler durante janeiro de 2012,[159] [160] o que o levou a atacar Laurinaitis em retaliação.[160] No evento Royal Rumble, CM Punk defendeu com sucesso seu título contra Ziggler, apesar de Laurinaitis atuar como árbitro da luta.[161]

No episódio de 30 de janeiro do Raw, Chris Jericho atacou Punk e Daniel Bryan durante uma luta campeão contra campeão, dando a vitória a Bryan.[162] Na semana seguinte, Jericho explicou suas ações, ao julgar que os lutadores da WWE eram imitações de si mesmo, com a singularização de Punk, já que alegava que era "o melhor do mundo", um apelido de Jericho, que usou na última vez que esteve na WWE.[163] [164] A rivalidade continuou no Elimination Chamber, onde Punk reteve o Campeonato da WWE na luta de mesmo nome; enquanto quatro competidores foram eliminados, Jericho foi incapaz de continuar na luta depois de ser jogado para fora da câmara por Punk, causando uma lesão temporária.[165] Na noite seguinte no Raw, Jericho ganhou uma luta battle royal para determinar o desafiante ao Campeonato da WWE no WrestleMania XXVIII.[166] Em uma tentativa de o desestabilizar psicologicamente, Jericho revelou que o pai de Punk era um alcoólatra, alegando também que sua irmã era uma viciada em drogas, afirmando que a filosofia straight edge de Punk era paranóia para evitar os mesmos vícios, prometendo fazer Punk se render ao álcool.[167] Durante o WrestleMania, John Laurinaitis adicionou a estipulação de que o Campeonato da WWE mudaria de mãos por desqualificação, o que levou a Jericho incitar Punk a usar uma arma, mas ele resistiu e manteve o título.[168] Em 2 e 9 de abril, nos episódios do SuperShow do Raw, Punk reteve seu título contra Mark Henry depois de perder para ele através de contagem e desqualificação, respectivamente. Após as duas lutas, Jericho o atacou e encharcou-o com álcool.[169] [170] No episódio de 16 de abril do SuperShow do Raw, Punk derrotou Henry em uma luta sem desqualificações, para manter o campeonato da WWE.[171] Após brigas repetidas, a rixa entre Jericho e Punk culminaria em uma luta Chicago street fight no Extreme Rules, onde Punk derrotou Jericho para manter o seu título.[172]

Punk então começou uma rivalidade com Daniel Bryan no evento Over the Limit, mantendo o título depois de reverter a submissão de Bryan, o "Yes!" Lock em um pinfall a seu favor; no entanto, replays após o término da luta mostraram que Punk visivelmente se rendeu a submissão.[173] Punk e Bryan, então, começaram uma rivalidade concomitante com Kane, depois de atacá-lo com cadeiras de aço em várias ocasiões.[174] [175] [176] [177] Em 1 de junho, no episódio do SmackDown, uma luta pelo Campeonato da WWE entre Punk e Kane terminou em dupla desqualificação após Bryan atacar ambos.[178] Enquanto isso, a ex-namorada de Bryan, AJ, começou a ter afetos por ambos, Punk e Kane.[179] Esta disputa culminaria em uma luta triple threat no No Way Out, onde Punk conseguiu reter o título depois de AJ distrair Kane.[180] No Money in the Bank, Punk novamente defendeu com sucesso o campeonato da WWE contra Bryan em uma luta sem desqualificações, que tinha AJ como árbitra.[181]

Punk com Paul Heyman (à esquerda).

Em 23 de julho, no Raw 1000, Punk defendeu seu título contra o vencedor da luta Money in the Bank, John Cena, perdendo por desqualificação após a interferência de Big Show.[182] [183] Quando o convidado especial da noite, The Rock – que havia interrompido Punk mais cedo para anunciar que estaria lutando pelo Campeonato da WWE no Royal Rumble – tentou ajudar Cena, Punk interveio inesperadamente e o atacou, se tornando um vilão no processo.[184] Na semana seguinte, a justificava para suas ações foi alegando que estava cansado de pessoas como Cena e Rock ofuscando-lhe, quando o campeão da WWE deveria ser o foco da empresa. Punk afirmou-se ainda mais como um vilão após interferir numa luta para determinar o desafiante número um a seu título entre Cena e Big Show.[185] [186] Como resultado, os dois lutadores foram inseridos na luta pelo título da WWE no SummerSlam, onde Punk conseguiu manter o campeonato.[187] Nas semanas seguintes, este iria exigir o respeito de pessoas como AJ Lee, Jerry Lawler e Bret Hart, unindo-se eventualmente com Paul Heyman em sua rivalidade com Cena.[188] No Night of Champions, Punk reteve o Campeonato da WWE depois que sua luta contra John Cena acabou em empate.[189] Ele iria continuar a rivalidade com Cena, apesar da lesão deste no braço.

Eventualmente, Cena ficou fora da disputa do Campeonato da WWE durante o Hell in a Cell, e em seu lugar, Ryback se tornou o adversário de CM Punk.[190] Em 28 de outubro, durante o evento, Punk, com a ajuda do árbitro Brad Maddox, derrotou Ryback em uma luta Hell in a Cell para manter seu título.[191] Na noite seguinte, no Raw, Mick Foley confrontou Punk por este se esconder dos seus atos através da figura de Paul Heyman. Isso levaria a um acordo entre os dois para um combate no Survivor Series em uma tradicional luta cinco-contra-cinco de eliminação. No mesmo dia, Punk escolheu Alberto Del Rio, Cody Rhodes, Damien Sandow e The Miz para sua equipe.[192] Na semana seguinte, no entanto, ele seria retirado da luta, sendo substituído por Dolph Ziggler, já que Vince McMahon havia reservado um combate triple threat pelo Campeonato da WWE contra John Cena e Ryback no evento.[193] Em 18 de novembro, no pay-per-view, Punk venceu a luta realizando o pinfall em Cena, após a interferência da facção estreante chamada The Shield, composta por Dean Ambrose, Seth Rollins e Roman Reigns, o que lhe permitiu manter o Campeonato da WWE por um ano inteiro.[194] Em 4 de dezembro, Punk passou por uma cirurgia para reparar uma parte rasgada do menisco, cancelando assim o combate pelo seu campeonato contra Ryback no TLC: Tables, Ladders & Chairs.[195] Apesar de sua lesão, ele tornou-se a pessoa com o mais longo reinado como Campeão da WWE em 5 de dezembro, quando atingiu 381 dias, superando o reinado de John Cena de 380 dias. Punk retornou a ação no episódio de 7 de janeiro de 2013 do Raw, retendo o Campeonato da WWE contra Ryback em uma luta com mesas, escadas e cadeiras, após interferência da The Shield.[196]

No Royal Rumble em 27 de janeiro, Punk defendia o Campeonato da WWE contra The Rock em uma luta com a condição de que se a The Shield interferisse, ele seria destituído do título. Punk originalmente fez o pinfall em The Rock para reter o campeonato após a The Shield jogar Rock através de uma mesa, enquanto as luzes da arena estavam apagadas. Vince McMahon então apareceu e começou a anunciar que Punk seria destituído do título, mas em vez disso, ordenou ao árbitro a reiniciar o combate, a pedido de The Rock, que na sequência conseguiu vencer a luta, terminando o reinado recorde de 434 dias de Punk.[197] Este recebeu uma revanche pelo título em 17 de fevereiro no evento Elimination Chamber, com a condição de que The Rock iria perder o Campeonato da WWE se ele fosse desqualificado ou contado, mas Rock o derrotou para manter o título.[198] No episódio de 25 de fevereiro do Raw, Punk enfrentou o vencedor da luta Royal Rumble de 2013, John Cena, por sua posição de desafiante número um ao Campeonato da WWE no WrestleMania 29,[Nota 5] e foi derrotado.[199]

Rivalidade com Undertaker, Paul Heyman, The Wyatt Family, The Shield e saída da WWE (2013–2014)[editar | editar código-fonte]

CM Punk fazendo sua entrada durante o WrestleMania 29.

Na semana seguinte, aborrecido por não conseguir outra chance pelo título de The Rock, Punk decidiu que acabaria com a série de vitórias de The Undertaker em WrestleManias. Para ganhar o direito de o enfrentar, Punk derrotou Big Show, Randy Orton e Sheamus numa luta fatal four way na mesma noite.[200] Na semana seguinte, Punk roubaria a urna de Paul Bearer, ex-manager de Undertaker e Kane (que falecera naquela semana), enquanto estes prestavam homenagem a seu ex-gerente. No dia 7 de abril, no WrestleMania 29, Punk foi derrotado por The Undertaker, que, no processo, ampliou sua série de vitórias para 21-0, levando de volta sua urna.[201] Em 15 de abril, no episódio do Raw, Punk se dirigiu à multidão e recordou seu reinado como Campeão da WWE, assim como suas lutas contra The Rock e The Undertaker, se retirando da arena na sequência.[202] Isto serviu para que Brooks fosse retirado de todos os eventos futuros da WWE nos próximos dois meses, afim de que pudesse se recuperar de todo o desgaste físico e mental que sofreu durante o ano de 2012.[203]

CM Punk fez o seu regresso durante o Payback em 16 de junho, derrotando Chris Jericho.[204] Na noite seguinte, no Raw, ele disse a Paul Heyman para ficar longe dele durante suas lutas.[205] Na mesma noite, após derrotar Alberto Del Rio por contagem, Punk foi atacado por Brock Lesnar, que lhe aplicou um F-5.[206] Na semana seguinte, no Raw, Heyman prometeu à Punk que ele não enviou Lesnar para atacá-lo, e que ele ainda é considerado o melhor amigo de Punk, e afirmou que qualquer problema entre Punk e Lesnar, era porque um odiava o outro. Depois disso, Punk derrotou Darren Young, quando Young e seu parceiro de tag team, Titus O'Neil começou a atacá-lo. Então, Heyman chamou seu outro cliente, Curtis Axel para ajudar Punk à combatê-los, para desgosto de Punk. Em 1º de julho, no Raw, Punk disse que ele confiava em Heyman, mas não confiava em Axel. Punk e Axel enfrentaram O'Neil em um novo combate de tag team, Axel viu Punk aplicar um Go To Sleep em Young, quando de repente Axel faz a tag com Punk, que fica sem entender nada, e vê Axel fazendo o pin em Young, onde Punk e Axel saíram vitoriosos, mas causando mais atrito entre Heyman e Punk. Em 14 de julho no, Money in the Bank, Punk competiu na luta, pelo WWE Championship Money in the Bank Ladder Match, mas Heyman se voltou contra ele, onde atacou Punk brutalmente com uma escada, o que lhe custou a partida, que acabou por ser vencida por Randy Orton. A noite seguinte no Raw , Punk xingou Heyman, que afirmou que, sem ele, Punk não era mais o "Best In The World". Heyman revelou que ele não acreditava que Punk poderia vencer Lesnar, que, em seguida, veio e aplicou o F-5 em Punk sobre a mesa de anuncios. Na semana seguinte, no Raw, Punk desafiou Lesnar para um combate no SummerSlam, que Heyman aceitou em nome de Lesnar. Em 5 de agosto no Raw, Punk lutou com Axel um uma no-contest, após Heyman atacar Punk. Lesnar veio em seguida, para fora e brigavam com Punk, que acabou levando a vantagem. Punk se vingou da próxima semana, atacando Lesnar com uma câmera e uma cadeira de aço, após Heyman tentar mudar a luta agendada entre Punk e ele mesmo (Heyman) e colocar Lesnar na luta. Logo após o ataque à Lesnar, Punk começou a perseguir Heyman, Axel tentou atacá-lo, onde Punk lhe aplicou um Go To Sleep. Seis dias depois, no SummerSlam, Punk perdeu para Lesnar em uma No Disqualification, após interferência de Heyman. Na próxima Raw, Punk teve a chance de voltar a ser um "Paul Heyman Guy", mas recusou, atacando Axel. Na semana seguinte, Punk derrotou Axel antes de ser agredido por ele e Heyman. Punk foi então escalado para enfrentar Axel e Heyman em uma 2 on 1 Handicap Match no Night Of Champions. Durante a luta, Punk venceu Axel, deixando Heyman por ultimo, mas quando Punk ia acabar com a luta, Ryback atacou Punk e colocou Heyman em cima de Punk para fazer o pin, assim Heyman venceu a luta. No Battleground, Punk derrotou Ryback depois de executar um golpe baixo, enquanto o árbitro estava distraído com Heyman, que estava tentando interferir na luta. Em 14 de outubro episódio da Raw, Punk derrotou Axel em uma "Beat a Clock Challenge Match", para determinar a estipulação para sua revanche com Ryback no Hell In A Cell. Punk anunciou que a luta seria uma 2 on 1 Handicap Match no Hell In A Cell, no qual ele iria enfrentar Paul Heyman e Ryback. No Hell in a Cell, Punk derrotou Ryback e Paul Heyman. Punk enfrentou Ryback novamente em uma Street Fight na noite seguinte no Raw, derrotando Ryback por finalização, terminando assim a sua rivalidade com Heyman. Após a partida, ele foi atacado pela The Wyatt Family (Bray Wyatt, Luke Harper e Erick Rowan), começando uma nova rivalidade, e mais tarde formou uma aliança com o ex-rival Daniel Bryan. No Survivor Series, Punk e Bryan derrotado Harper e Rowan em uma tag team match. Depois de Bryan ter sido "sequestrado" pela The Wyatt Family, na noite seguinte no Raw, Punk foi atacado por antigos aliados The Shield (Dean Ambrose, Seth Rollins, e Roman Reigns). Na semana seguinte, no Raw, Kane anunciou que Punk enfrentaria The Shield em uma 3 on 1 Handicap Match no Tables, Ladders & Chairs, que Punk venceu após Reigns acidentalmente aplicar um Spear em Ambrose. Já em 2014, no  Royal Rumble, Punk foi o 1º à entrar na Royal Rumble Match. Depois de ter ficado com um dos 4 ultimos, Kane, que já tinha sido eliminado no início da luta por Punk, eliminou Punk pelo lado de fora. Punk não apareceu no episódio da Raw na segunda-feira, após o Rumble. Apesar de ter sido anunciado para o SmackDown gravando na terça-feira, ele também não apareceu. Na quarta-feira, WWE.com parou de publicar Punk para eventos futuros. Foi relatado pela Wrestling Observer que na segunda-feira, Punk tinha informado à Vince que "estava indo para casa", e que não iria mais voltar. No Raw do dia 03/03/2014, foi esperado que Punk retornasse, pois o show era em Chicago. Já no início do show, a música de CM Punk foi tocada, onde os fãs foram ao delírio, mas Punk não apareceu. Seu nome foi gritado pelos fãs do início ao término do Raw, onde alguns fãs assistiram o show virados de costa, esperando o retorno de Punk, que não aconteceu.

Personagem[editar | editar código-fonte]

Brooks adotou o seu modo straight edge da vida real como seu personagem no wrestling profissional, mas sua persona usa diferentes elementos culturais, como suas crenças do movimento straight edge em função de seu alinhamento dentro do ringue. Enquanto retrata um mocinho, a personagem de Punk tende a ser a sua personalidade normal,[11] em grande parte indiferente a outros que bebem álcool, fumam, fazem uso de drogas ou tem promíscuo comportamento sexual, mas enfatiza a disciplina social envolvida com a abstinência. Por outro lado, a sua personalidade de vilão tende a ser a de alguém que é linha dura ou militante reto, exemplificando as atitudes elitistas e a superioridade complexa definida pelo estilo de vilão de Punk, com discursos, porque ele é "melhor do que você".[11] Punk executa o símbolo do straight edge cruzando os braços em uma forma de "X" ao ter os "X" escritos na parte de trás de suas mãos, normalmente desenhados em sua fita de pulso.

Originalmente, as iniciais CM em seu nome no ringue representava a frase "Chick Magnet", o nome da dupla que tinha como um lutador amador.[11] [12] Punk, no entanto, mais tarde mudou CM para uma pseudo-sigla, declarando que não havia sentido,[15] embora quando perguntado, ele começa a fazer significados que se encaixam as iniciais, indo tão longe a ponto de tornar longas as histórias para explicar as origens que não combinam com a história real.[15] Desde o início desta prática, Punk declarou que CM significa "Cookie Monster",[207] "Cookie Master",[208] "Crooked Moonsault",[209] "Chuck Mosley",[209] "Charles Montgomery",[12] "Charles Manson",[12] "Chicago Made",[210] entre outros.

Uma parte intrigante de Punk são as inúmeras tatuagens que adornam seu corpo, alguns dos quais vieram a se tornar símbolos associados a Punk, bem como mantras e declarações que foram integrados em sua personagem. Das tatuagens como um todo, devido à sua grande quantidade e variedade, também se tornaram um atributo de identificação para Punk.[211] O mais importante das tatuagens individuais do caráter de Punk, quer através da associação, símbolo ou mantra, são:

CM Punk em uma gravação do Raw. Proeminente visível são a tatuagem do Globo da Pepsi no ombro esquerdo, a tatuagem manga "sorte é para perdedores" em seu braço esquerdo, e a tatuagem "straight edge" em sua barriga.
  • O logo do Globo da Pepsi em seu ombro esquerdo que inspirou os nomes de dois de seus movimentos secundários. Ele também se tornou um símbolo de Punk, que usava o logotipo em suas manobras no ringue no circuito independente, assim como um pouco modificado logotipo da Pepsi sendo usado como parte no seu vídeo de entrada.[212] Punk, um afiado bebedor de Pepsi, escolheu para receber uma tatuagem da Pepsi para enfatizar suas crenças straight edge.[15] A tatuagem também é uma referência ao ex-guitarrista da Minor Threat, Brian Baker, que tinha uma tatuagem da Coca-Cola e explicou isso dizendo "Eu gosto de Coca-Cola". Quando as pessoas perguntarem sobre a tatuagem da Pepsi de Punk, muitas vezes ele responde: "Eu gosto de Pepsi",de forma semelhante.[11]
  • As palavras "Straight Edge" são explicitados no estômago de Punk. Esta é uma de suas mais antigas tatuagens;[211] ele se referiu a ela como sua identidade.[213]
  • A tatuagem da luva em seu braço esquerdo, que diz "a sorte é para perdedores" apresenta numerosos símbolos de boa sorte, incluindo um pé de coelho, trevo de quatro folhas e uma ferradura.[214] A tatuagem também possui quatro ases jogados como um tributo ao seu treinador Ace Steel.[214]
  • A tatuagem nas costas da mão esquerda le-se "Sem truques necessários", um tributo ao falecido lutador Chris Candido.[215]
  • Uma tatuagem em suas juntas com as palavras "LIVRE DE DROGAS"[Nota 6] ("DROGA" em seus dedos direitos e "LIVRE" à sua esquerda).[216]
  • Uma tatuagem do número da camisa de sua irmã pequena (31) atrás de sua orelha esquerda cercada de estrelas, cada um dos quais também representam seus irmãos como uma forma de se lembrar deles.[217] [218]
  • A tatuagem no ombro direito do logotipo do Comandante Cobra, inimigo de G.I. Joe. Punk é bem conhecido por seu amor de histórias em quadrinhos, considerando-os juntamente com jazz e wrestling profissional como três das artes originais que a América deu para o mundo.[217]
  • A tatuagem de uma rosa em seu pulso esquerdo.[219]
  • Uma tatuagem em suas juntas, abaixo da "livre de drogas", lê-se "romance" quando os dedos estão interligados com um coração com setas em seu dedo mindinho esquerdo no final.[220]

A personagem de Punk foi parodiada pela federação Chikara, que usou o personagem CP Munk, que tinha como mascote um esquilo straight edge. O personagem inclui referências a Punk, como o "X" nas fitas de pulso, um logotipo da Pepsi no ombro esquerdo do traje, e uma versão estridente do tema musical de Punk durante sua passagem no circuito independente, "Miseria Cantare – The Beginning", pela banda AFI.[221] Em seu site, Punk tem dito sobre o caráter de CP Munk, e as pessoas por trás dela:

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

CM Punk em uma sessão de autógrafos em Madrid, Espanha.

Punk fez uma aparição em 16 de fevereiro de 2004 no episódio de Monster Garage, "Box Car Wrestling Truck", realizando uma luta curta com Samoa Joe.[223] Em 31 de outubro de 2006, Punk juntou-se ao The Atlantic Paranormal Society (TAPS) para no especial da Sci Fi Channel, Ghost Hunters ao vivo, que era de seis horas de show transmitido ao vivo no Halloween do Hotel Stanley em Estes Park, Colorado. Inicialmente cético sobre o que ele poderia encontrar, Punk disse ter ouvido crianças rindo e passos quando não havia ninguém no hotel.[224]

Em 2008, Punk apareceu no Sports Grand Marshal televisionado nacionalmente na Parada de Ação de Graças do McDonalds no centro de Chicago.[225] [226] Ele repetiu este papel em 2012.[227]

Punk fez sua estréia nos video games no WWE SmackDown vs. Raw 2008,[228] também sendo um personagem jogável no WWE SmackDown vs. Raw 2009,[229] WWE SmackDown vs. Raw 2010,[230] WWE All Stars,[231] WWE SmackDown vs. Raw 2011,[232] WWE '12,[233] estrelando ainda a capa do WWE '13.[234] [235]

Em 15 de julho de 2011, CM Punk deu o primeiro arremesso no Wrigley Field antes de um jogo dos Chicago Cubs.[236] Em 8 de maio de 2012, Punk retornou ao Wrigley Field para novamente dar o primeiro arremesso antes de um jogo entre Cubs e Braves.[237] Ele também deu o primeiro arremesso na partida entre New York Mets e Miami Marlins em 5 de abril de 2013, no Citi Field.[238] [239]

Punk apareceu no San Diego Comic Con de 2011[141] [142] e no Wizard World Philadelphia Comic Con de 2012, onde realizou uma sessão de perguntas e respostas.[240]

CM Punk fez aparições no Jimmy Kimmel Live![241] e no Late Night with Jimmy Fallon,[242] ainda informando a previsão do tempo na Fox News 59.[243]

A entrada de Punk foi imitada pelo jogador de dardos australiano Paul Nicholson durante o 2011 World Matchplay e a 2011 PDC World Darts Championship.[244]

Em 13 de fevereiro de 2012, Punk apareceu ao lado de seu amigo e treinador de Jiu-Jitsu Brasileiro, Rener Gracie para uma edição do Gracie Breakdown, uma série no youtube que explica lutas de Artes Marciais Mistas, especificamente as técnicas utilizadas no Jiu-Jitsu, para ajudar a explicar as técnicas utilizadas no UFC 4 no combate entre Royce Gracie e Dan Severn. Em 30 de abril de 2012, foi anunciado que Punk seria apresentado no WWE Studios e Kare Production Project, "Les reines du ring" (em português: "Rainhas do ringue") ao lado dos companheiros e lutadores Eve Torres e The Miz.[245] Em 25 de novembro, Punk foi convidado a estrelar um episódio de Talking Dead, que recapitulou o episódio deste mesmo dia de The Walking Dead.[246]

Punk escreveu a introdução para a edição de capa dura do crossover da Marvel Comics de 2012, o Avengers vs. X-Men.[247] [248] Ele foi entrevistado pelo site oficial da Marvel, e quando perguntado sobre escrever a introdução, disse:

Em 2013, Punk escreveu um prefácio para o livro de receitas de sua amiga e ex-namorada Natalie Slater, intitulado Bake and Destroy: Good Foods for Bad Vegans.[250] O livro também contou com uma receita de cupcake, inspirada pelo amigo de longa data, Samoa Joe.[251]

CM Punk está definido para estrelar o próximo filme animado dos Flintstones, produzido pela Warner Bros em parceira com a WWE Studios, ao lado de Vince McMahon e John Cena.[252] Ele fará a voz do personagem "CM Punkrock", que se baseia em si mesmo. O filme está previsto para ser lançado no início de 2015.[253] [254]

Aposentadoria[255] .[editar | editar código-fonte]

A aposentadoria de Punk é bastante discutível, vários fãs e ex-wrestlers acham que o mesmo não se aposentou e retornará aos ringues em breve. Mas segundo o próprio CM Punk, ele está aposentado e nunca mais voltará a WWE.

Os motivos para CM Punk se aposentar, segundo alguns blogs especializados em pro-wrestling são: Lesões e o descontentamento com a equipe criativa da WWE.

UFC[editar | editar código-fonte]

No dia 6 de outubro de 2014, Durante o UFC 181, o Presidente do UFC Dana White anunciou a contratação de Punk para o UFC. Punk já treina Jiu-jitsu com Rener Gracie e sua estreia está marcada para 2015, e provavelmente irá atuar nos pesos-médio e meio-médio. Sobre sua contratação, Punk disse:

"Tenho só respeito por todos aqui no UFC, todos que pisam no octógono para lutar. E, quando eu tiver terminado, todos vão me respeitar porque eu vim aqui para lutar."

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Punk é um ateu[256] e um pescetariano.[257]

Enquanto trabalhava para a Ring of Honor, foi romanticamente ligado a lutadoras profissionais Shannon Spruill[258] e Tracy Brookshaw.[17] Depois de ingressar na Ohio Valley Wrestling, Punk começou a namorar Maria Kanellis, que estava trabalhando lá como uma entrevistadora.[259] [260] No entanto, eles se separaram algum tempo depois de Punk ser transferido para a WWE começando a trabalhar na ECW.[261] Punk estava namorando Amy Dumas (mais conhecida pelo seu nome no ringue de Lita),[262] no entanto Matt Hardy confirmou em março de 2010 que Punk e Dumas não estavam mais juntos.[263] Punk revelou em entrevista a Revista Maxim que ele estava em um relacionamento com a lutadora da WWE, Beth Phoenix.[264] No entanto, ele revelou em dezembro de 2011 que estava solteiro novamente.[265] Em abril de 2013, foi noticiado que ele retomou um antigo relacionamento com Lita.[266] .Punk assumiu o seu novo relacionamento com AJ Lee em Dezembro de 2013.

CM Punk é um fã ávido da equipe de hóquei no gelo Chicago Blackhawks[267] e da equipe de basebol Chicago Cubs.[268] Sua palavra favorita é defenestração[269] e sua cor favorita é o vermelho dos Starbursts.[270]

Em seu tempo livre, Punk lê e coleciona história em quadrinhos.[247] [248] [249] Ele já trabalhou para uma loja chamada All American Comics[271] e como sua história em quadrinhos favorita cita Preacher.[272]

Ele é o melhor amigo e companheiro do lutador profissional Colt Cabana, que conheceu quando ele treinava na Steel Domain Wrestling.[16] Ele também é o melhor amigo de Lars Frederiksen, vocalista e guitarrista da banda Rancid, que foi entrevistado para o DVD produzido pela WWE sobre Punk.[273]

Atualmente esta casado com Aj Lee.

No wrestling[editar | editar código-fonte]

Punk aplicando o Anaconda Vise em Mike Knox.
Punk aplicando o Anaconda Vise em Mike Knox.
Punk prestes a realizar o Go to Sleep em Kane.
Punk prestes a realizar o Go to Sleep em Kane.
Punk aplicando um bulldog em Alberto Del Rio numa mesa.
Punk aplicando um bulldog em Alberto Del Rio numa mesa.
Punk homenageia Randy Savage antes de um diving elbow drop em Alberto Del Rio.
Punk homenageia Randy Savage antes de um diving elbow drop em Alberto Del Rio.
Punk aplica um springboarding em Kane.
Punk aplica um springboarding em Kane.
A "provocação assinatura" de Punk, indicando que vai colocar seu adversário "para dormir".
  • Lutadores que treinou

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

Punk em seu primeiro reinado como Campeão Mundial dos Pesos-Pesados.
Punk em seu primeiro reinado como Campeão Mundial dos Pesos-Pesados.
  • International Wrestling Cartel
    • Campeonato dos Pesos-Pesados da IWC (1 vez)[316]
  • Mid-American Wrestling
    • Campeonato dos Pesos-Pesados da MAW (1 vez) [317]
  • NWA Revolution
    • Campeonato Revolution dos Pesos-Pesados da NWA (1 vez)
  • Revolver
    • Prêmio Deuses de Ouro de "atleta mais Metal" (2012)[328]
  • St. Paul Championship Wrestling
    • Campeonato Televisivo dos Estados do Norte da SDW (2 vezes)[209]
    • Campeonato dos Pesos-Médios dos Estados do Norte da SPCW (1 vez)[209]

1 Punk manteve o título simultaneamente com Rey Mysterio e John Cena durante seu primeiro reinado. Depois de derrotar Cena, Punk tornou-se campeão indiscutível, mas não foi reconhecido pela WWE como tendo conquistado o título pela segunda vez.[7]

Recorde nas Luchas de Apuestas[editar | editar código-fonte]

Aposta Vencedor Perdedor Local Data Nota
Cabelo Rey Mysterio CM Punk Detroit, Michigan 23 de maio de 2010 Luta Promessa da S.E.S. vs. Cabelo no Over the Limit[342]

Notas

  1. Em uma luta de duplas, o movimento de tag é realizado quando o lutador legal, que está dentro do ringue, toca em seu companheiro, que está do lado de fora, simbolizando a troca de posições entre eles.
  2. Chris Benoit assassinou sua esposa e filho em 25 de julho de 2007, se suicidando logo após o ocorrido.
  3. Pinfall é a forma básica de se vencer uma luta no wrestling profissional. Quando um lutador está com os dois ombros no chão e seu adversário coloca um braço em cima do oponente, o árbitro deve iniciar uma contagem de três, que deve ser interrompida se o lutador que está a sofrer a contagem colocar alguma parte de seu corpo sobre as cordas ou embaixo delas.
  4. a b c O vencedor da luta Money in the Bank recebe um contrato por uma luta por qualquer título da WWE, no lugar e horario desejado, durante o período de um ano.
  5. O vencedor da luta Royal Rumble recebe uma chance por um dos títulos mundiais da WWE, hoje o Campeonato da WWE e o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados durante o WrestleMania daquele ano.
  6. No original, "DRUG FREE".

Referências

  1. a b c d e Bio WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  2. a b Lagattolla, Al (17 de dezembro de 2001). CM Venom Interview Chicago Wrestling. Visitado em 26 de setembro de 2006. Cópia arquivada em February 22, 2004.
  3. a b c CM Punk profile NNDB.com. Visitado em 22 de setembro de 2007.
  4. a b c d e f g h i j k l m n o p q r CM Punk Fast Facts CMPunk.com. Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em 3 de agosto de 2012.
  5. Latest Status Info United States Patent and Trademark Office (7 de agosto de 2009). Visitado em 17 de agosto de 2008.
  6. Are long title reigns cursed? WWE. Visitado em 28 de janeiro de 2013.
  7. a b WWE Championship title history WWE.
  8. Woodward, Buck (19 de janeiro de 2009). CM PUNK MAKES WWE HISTORY WITH TITLE WIN. Visitado em 7 de março de 2012.
  9. Cohen, Eric. Money in the Bank about.com. Visitado em 24 de fevereiro de 2010.
  10. a b c 2011 Slammy Award Winners WWE. Visitado em 19 de julho de 2012.
  11. a b c d e f g h i j k l m n o p q CM Punk. Shoot with CM Punk [DVD]. RF Video. Acessado em 14 de abril de 2007.
  12. a b c d Robinson, Jon (1 de dezembro de 2006). CM Punk Interview IGN. Visitado em 19 de março de 2007.
  13. Gomez, Luis (26 de março de 2012). Pipe bomb! More from my interview with WWE Champ CM Punk Chicago Tribune. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  14. Punk, CM (23 de janeiro de 2007). Congratulations to Ace WWE. Visitado em 30 de janeiro de 2011.
  15. a b c d e f Wojick, Alan (21 de junho de 2003). Wojick Interview The Wrestling Clothesline. Visitado em 26 de setembro de 2006.
  16. a b c CM Punk; Colt Cabana. Straight Shootin' with CM Punk & Colt Cabana [DVD]. Ring of Honor. Acessado em 14 de abril de 2007.
  17. a b c d e CM Punk; Samoa Joe. Straight Shootin' with Samoa Joe & CM Punk [DVD]. Ring of Honor. Acessado em 14 de abril de 2007.
  18. Chris Hero. Shoot with Chris Hero [DVD]. RF Video. Acessado em 14 de abril de 2007.
  19. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac Wrestler Profiles Online World of Wrestling.
  20. a b c d e f g Ring of Honor event results Ring of Honor. Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em August 22, 2008.
  21. Dunn, JD (30 de maio de 2006). Dark Pegasus Video Review: Ring of Honor — One Year Anniversary Show 411mania. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  22. Dunn, JD (16 de junho de 2006). Dark Pegasus Video Review: Ring of Honor – Death Before Dishonor 411mania.com. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  23. a b c d e Ring of Honor official title histories Ring of Honor. Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em June 10, 2008.
  24. Hillhouse, Dave (6 de junho de 2005). CM Punk mulls over his future SLAM! Wrestling Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  25. Lagattolla, Al (5 de abril de 2003). CM Punk, the trainer Chicago Wrestling. Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em April 22, 2003.
  26. Punk, CM (12 de novembro de 2003). My turn.. LiveJournal. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  27. Burgan, Derek (January 28, 2006). Derek Burgan reviews Best of Teddy Hart & Jack Evans (asp) Wrestling Observer Newsletter. Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em December 30, 2007.
  28. a b c Lagattolla, Al (29 de maio de 2004). CM Punk Talks Chicago Wrestling. Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em June 8, 2004.
  29. Milner, John. CM Punk SLAM! Wrestling Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  30. CageMatch: WWE Sunday Night Heat #349: Singles Match – Val Venis defeats CM Punk
  31. Ziegler, Jacob (6 de maio de 2006). ROH – Unscripted II DVD Review 411mania. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  32. a b Vetter, Chris (12 de abril de 2006). DVD Review: ROH, "Unscripted II," Feb. 11, 2006, with Punk & Dragon vs. Rave & Pearce, Aries-Nigel Pro Wrestling Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em June 17, 2007.
  33. Bauer, Ben (8 de setembro de 2005). CM Punk debuts in OVW + Shane Helms meets Hurricane Victims & More WrestleView. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  34. a b c Ohio Valley Wrestling – 2005 Results Online World of Wrestling. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  35. Martin, Adam (15 de setembro de 2005). OVW WrestleView.com. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  36. a b c d e f g h i j Ohio Valley Wrestling – 2006 Results Online World of Wrestling. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  37. 19.jpg Online World of Wrestling (2 de abril de 2006). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  38. Skipper, Steve (16 de julho de 2006). 7/15 OVW in Cordyon, Ind.: C.M. Punk vs. The Miz Pro Wrestling Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  39. Six Flags Kentucky Kingdom drawing 500 Ohio Valley Wrestling Six Flag Shows (28 de julho de 2006). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  40. WWE to cease affiliation with Ohio Valley Wrestling WWE (7 de fevereiro de 2008). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  41. Magee, Bob (25 de junho de 2006). 6/24 WWE na ECW Arena Pro Wrestling Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em 2006-07-03. (inglês)
  42. South Philly Screwjob WWE (4 de julho de 2006). Visitado em 24 de fevereiro de 2013. (inglês)
  43. Hunt, Jen (1 de agosto de 2006). Sabu ataca de novo WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  44. Hunt, Jen (22 de agosto de 2006). Sabu snaps WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  45. Hunt, Jen (29 de agosto de 2006). Dr. Frankenstein prevails WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  46. a b Hoffman, Brett (12 de setembro de 2006). Garden Showstopper WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  47. Tello, Craig (7 de novembro de 2006). Revelações do Messiah WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  48. Tello, Craig (14 de novembro de 2006). [1] WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  49. Dee, Louis (26 de novembro de 2006). D-Xtreme dominance WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  50. Tello, Craig (3 de dezembro de 2006). Mission accomplished WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  51. Tello, Craig (9 de janeiro de 2007). No con-Test WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  52. Tello, Craig (30 de janeiro de 2007). Dead ringer WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  53. Tello, Craig (20 de fevereiro de 2007). Dominant gene WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  54. Starr, Noah (26 de março de 2007). The circle is complete WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  55. Difino, Lennie (30 de março de 2007). Next stop: Detroit WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  56. Plummer, Dale; Nick Tylwalk. Undertaker the champ, McMahon bald SLAM! Wrestling Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  57. Robinson, Bryan (10 de abril de 2007). New Breed gets the straight edge WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  58. Tello, Craig (6 de março de 2007). Rattlesnake's venomous visit WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  59. Robinson, Bryan (21 de março de 2007). Masterpiece theater, Lashley-style WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  60. Robinson, Bryan (24 de abril de 2007). Making painful statements WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  61. Rote, Andrew (20 de maio de 2007). On his own WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  62. Rote, Andrew (3 de junho de 2007). CM Punk splinters the New Breed WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  63. Robinson, Bryan (19 de junho de 2007). The beginning of a new ECW dawn WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  64. Robinson, Bryan (24 de junho de 2007). ECW World Title goes A-list WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  65. Rote, Andrew (22 de julho de 2007). Morrison enlightens the Straightedge Superstar WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  66. Rote, Andrew (31 de julho de 2007). A chance for fame WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  67. Difino, Lennie (26 de agosto de 2007). Enlightened robbery WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  68. Rote, Andrew (4 de setembro de 2007). Golden grin WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  69. Sokol, Chris. Undertaker's return highlight of underwhelming Unforgiven Slam! Wrestling Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  70. CM Punk gets a tough win WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  71. Miz-match? CM Retains WWE. Visitado em 2007-10-28.
  72. ECW on Sci-Fi 06 November, 2007 Results Pro-Wrestling Edge. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  73. Champ trumps champs WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  74. ECW on Sci-Fi 22 January 2008 Results Pro-Wrestling Edge. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  75. a b c Clayton, Corey (30 de março de 2008). Perseverance makes Punk 'Mr. Money' in Orlando WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em April 5, 2008.
  76. Sitterson, Aubrey (23 de junho de 2008). A Draft Disaster WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  77. Adkins, Greg (30 de junho de 2008). Opportunity Knocked, Punk Answered WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  78. a b 2008 Slammy Awards WWE (8 de dezembro de 2008). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  79. Tello, Craig (7 de setembro de 2008). Punk possibly unable to compete? WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  80. Chris Jericho wins World Heavyweight Championship Scramble WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  81. Sitterson, Aubrey (15 de setembro de 2008). Snakes and ladders WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  82. Sitterson, Aubrey (27 de outubro de 2008). Just Desserts WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  83. Team Orton def. Team Batista (Traditional Survivor Series Elimination Match) WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  84. a b Intercontinental Championship Tournament WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  85. Miz and Morrison's first reign WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  86. Sitterson, Aubrey (5 de janeiro de 2009). Big Night in the Big Easy WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  87. Sitterson, Aubrey (12 de janeiro de 2009). Sioux City Showstopper WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  88. Sitterson, Aubrey (19 de janeiro de 2009). Disastrous return WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  89. a b c d Tylwalk, Nick. Raw: CM Punk rises, Vince falls in Chicago SLAM! Wrestling Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  90. Sitterson, Aubrey (9 de março de 2009). In your house WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  91. a b c Rote, Andrew (5 de abril de 2009). Twice as nice for CM Punk WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  92. Sitterson, Aubrey (13 de abril de 2009). Rough Draft WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  93. CM Punk def. Umaga (Samoan Strap Match) WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  94. Passero, Mitch (7 de junho de 2009). Punk cashes in for gold WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  95. Sitterson, Aubrey (15 de junho de 2009). Trumping the competition WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  96. Passero, Mitch (26 de junho de 2009). Results: Punk crushes Hardy's dreams ... again.
  97. Jeff Hardy def. CM Punk (New World Heavyweight Champion) WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  98. Murphy, Ryan (23 de agosto de 2009). CM Punk comes out on top WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  99. Burdick, Michael (28 de agosto de 2009). Extreme exodus WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  100. a b 2009 Slammy Awards WWE (14 de dezembro de 2009). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  101. World Heavyweight Champion CM Punk def. The Unsertaker (Submission Match) WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  102. Sokol, Chris; Sokol, Brian. Title changes highlight Hell in a Cell SLAM! Wrestling Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  103. Waldman, Jon (24 de outubro de 2009). Smackdown: The SD! seven switch Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  104. Keller, Wade (24 de outubro de 2009). WWE Bragging Rights Flashback – 2009 PPV debut: Cena vs. Orton Iron Man match, Is anyone from Team Raw or Team Smackdown on this year's teams?, WWE repeating PPV line-up PWTorch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  105. Burdick, Michael (27 de novembro de 2009). Hungry Animal heading to WWE TLC WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  106. McNichol, Rob (25 de janeiro de 2010). In Punk we trust The Sun. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  107. Passero, Mitch (8 de janeiro de 2010). Stunned contenders WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  108. Burdick, Michael (15 de janeiro de 2010). Locked in the cage with a wild Animal WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  109. a b Passero, Mitch (12 de janeiro de 2010). No fear WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  110. Burdick, Michael (29 de janeiro de 2010). Whirlwind before the Rumble WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  111. Passero, Mitch (9 de abril de 2010). Extreme contention WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  112. Keller, Wade (31 de janeiro de 2010). WWE Royal Rumble Results: Keller's in-depth report including Rumble results, Taker vs. Rey, Orton vs. Sheamus PWTorch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  113. Caldwell, James (21 de fevereiro de 2010). WWE Elimination Chamber PPV Report 2/21: Complete coverage of Raw & Smackdown Elimination Chamber matches – Sheamus and Undertaker defend titles PWTorch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  114. Bishop, Matt (13 de março de 2010). Smackdown: Highlight Reel return successful for Jericho Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  115. Parks, Greg (19 de março de 2010). WWE SmackDown Report 3/19: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including Jericho on the Cutting Edge PWTorch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  116. McNichol, Rob (29 de março de 2010). Shawn's career ends on a high The Sun. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  117. Keller, Wade (25 de abril de 2010). WWE Extreme Rules Results: Keller's complete PPV report – Cena vs. Batista, Mysterio vs. Punk, Edge vs. Jericho PWTorch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  118. Bishop, Matt (23 de maio de 2010). Batista quits to end disappointing Over The Limit Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  119. Hillhouse, Dave (29 de maio de 2010). Smackdown: The Dead Man Cometh Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  120. Caldwell, James (20 de junho de 2010). WWE Fatal Four-Way PPV Results 6/20: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV PWTorch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  121. Bishop, Matt (16 de julho de 2010). Smackdown: Kane strikes again, Punk unmasked Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  122. Hillhouse, Dave (24 de julho de 2010). Smackdown: On Removing Masks & Nose Hairs Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  123. McNichol, Rob (16 de agosto de 2010). SummerSlam is only lukewarm The Sun. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  124. Tylwalk, Nick (20 de setembro de 2010). Few gimmicks, more title changes at Night of Champions Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  125. Serena released WWE (27 de agosto de 2010). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  126. Gerweck, Steve (1 de setembro de 2010). Smackdown star likely out six months WrestleView. Visitado em September 2, 2010.
  127. Hillhouse, Dave (de setembro de 2010). Smackdown: Kickin' it old school Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  128. Tylwalk, Nick (12 de outubro de 2010). Raw: Team Raw assembles while Cena stews Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  129. Shaw, Toby (2 de novembro de 2010). WWE hit by dual injury blow The Sun. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  130. McNichol, Rob (23 de novembro de 2010). Miz wins title on awesome Raw The Sun. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  131. Bishop, Matt (21 de dezembro de 2010). Smackdown: Ziggler takes Cena to the limit again, CM Punk makes impact Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  132. Plummer, Dale (21 de dezembro de 2010). RAW: No Nexus, no problem Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  133. Adkins, Greg (3 de janeiro de 2011). Steel resolve WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  134. Randy Orton def. CM Punk WWE.
  135. Hillhouse, Dave (1 de maio de 2011). Extreme Rules: Championship make-over edition Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  136. Bishop, Matt (14 de junho de 2011). Raw: Austin, Piper headline 'All Star' night Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  137. Tello, Craig. CM Punk def. Rey Mysterio WWE.
  138. WWE chairman Vince McMahon suspends CM Punk WWE (28 de junho de 2011). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  139. a b James Wortman (4 de julho de 2011). Raw results: Stars and gripes WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  140. Caldwell, James. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 8/1: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – Triple H resolves WWE Title situation, battle royal, Ace speaks PW Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  141. a b CM Punk Invades Comic-Con (21 de julho de 2011). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  142. a b CM Punk invaded Comic-Con, mocking Triple H and WWE WWE (22 de julho de 2011). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  143. Punk News: C.M. Punk makes unannounced appearance at independent show Saturday with Colt Cabana (w/VIDEO) Pro Wrestling Torch.
  144. SmackDown results: Truth and Consequences WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  145. CM Punk def. John Cena; Alberto Del Rio cashed in Raw Money in the Bank briefcase (New Undisputed WWE Champion) WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  146. Wortman, James (15 de agosto de 2011). Raw results: California scheming.
  147. Adkins, Greg (29 de agosto de 2011). Raw results: Triple H to battle Punk.
  148. Kevin Nash vs. Triple H WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  149. WWE Championship Triple Threat Hell in a Cell Match WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  150. Tello, Craig. Awesome Truth Prevail;Nash attacks.
  151. Murphy, Ryan. WWE Raw SuperShow results: The "Laurinaitis Era" begins.
  152. Transcript of CM Punk's Promo on WWE Monday Night Raw! Heyman Hustle (28 de junho de 2011). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  153. Murphy, Ryan (24 de outubro de 2011). WWE Raw SuperShow results: Kevin Nash brings the hammer down. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  154. Murphy, Ryan. Entertainment era begins.
  155. Tylwalk, Nick (29 de novembro de 2011). Raw: Rematch time for Punk and Del Rio while Cena gets a reality check Slam! Sports Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  156. Murphy, Ryan (18 de dezembro de 2011). CM Punk def. The Miz and Alberto Del Rio in a Triple Threat TLC Match WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  157. Murphy, Ryan. (26 de dezembro de 2011). Kane rises to hate WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  158. Medalis, Kara A. (2 de janeiro de 2012). Kane's hateful torment continues WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  159. Passero, Mitch (16 de janeiro de 2012). WWE Raw SuperShow results: Laurinaitis snaps! WWE. Visitado em 5 de fevereiro de 2012.
  160. a b Powers, Kevin (23 de janeiro de 2012). WWE Raw SuperShow results: Laurinaitis takes a nap WWE. Visitado em 5 de fevereiro de 2012.
  161. Caldwell, James. Caldwell's WWE Royal Rumble report 1/29: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV – Rumble match, Punk-Ziggler, Cena-Kane, steel cage Pro Wrestling Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  162. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 1/30: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – Huge Return, Champion vs. Champion, Rumble PPV fall-out.
  163. Powers, Kevin. WWE Raw SuperShow results: Who is "The Best in the World?" WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  164. Chris Jericho profile WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  165. Herrera, Tom (19 de fevereiro de 2012). WWE Champion CM Punk won the Raw Elimination Chamber Match WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  166. Passero, Mitch. Raw SuperShow results: Triple H accepts Undertaker's WrestleMania challenge WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  167. Caldwell, James. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 3/19: Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw – Two weeks 'til Mania, Rock-Cena latest, Hunter-HBK-Taker share the ring Pro Wrestling Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  168. Caldwell, James. CALDWELL'S WWE WRESTLEMANIA 28 PPV REPORT 4/1: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV – Rock-Cena, Taker-Hunter, Punk-Jericho Pro Wrestling Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  169. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 4/2: Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw – WM28 fall-out, how will Cena respond to Rock loss?, two big title matches.
  170. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 4/9: Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw – Lesnar officially returns & Cena responds, Stooges.
  171. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 4/16: Ongoing "virtual-time" coverage of Raw from London – WWE Title match, Extreme Rules hype.
  172. Meltzer, Dave. WWE Extreme Rules live coverage from Chicago Wrestling Observer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  173. WWE Champion CM Punk def. Daniel Bryan WWE (20 de maio de 2012). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  174. Parks' WWE SmackDown Report 5/18: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including Sheamus vs. Orton.
  175. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 5/21: Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw #990 – Over the Limit PPV fall-out.
  176. PARKS' WWE SMACKDOWN REPORT 5/25: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including Triple-Threat No. 1 Contender Match.
  177. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 5/28: Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw #991 – Show vs. Brodus teased main event, Punk-Bryan, no Cena.
  178. PARKS' WWE SMACKDOWN REPORT 6/1: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including C.M. Punk vs. Kane for the WWE Title.
  179. Giannini, Alex. Monster and the Madwoman? WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em June 10, 2012.
  180. WWE Champion CM Punk vs. Daniel Bryan vs. Kane – Triple Threat Match WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  181. WWE Champion CM Punk vs. Daniel Bryan, WWE, http://www.wwe.com/shows/moneyinthebank/2012/wwe-championship-cm-punk-daniel-bryan, visitado em 24 de fevereiro de 2013 
  182. Martin, Todd (23 de julho de 2012). Raw 1000th Episode Report Wrestling Observer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  183. Herrera, Tom (23 de julho de 2012). Raw 1,000 results: John Cena failed to win the WWE Title; The Rock floored by CM Punk WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  184. Tylwalk, Nick (23 de julho de 2012). Raw: Episode 1000 delivers returns, announcements and a few surprises SLAM! Wrestling Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  185. Raw results: Raw General Manager AJ Lee gets the last laugh on WWE Champion CM Punk WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  186. Tylwalk, Nick (30 de julho de 2012). Raw: The show starts out on fire and stays hot in Cincy SLAM! Wrestling Canadian Online Explorer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  187. Meltzer, Dave (19 de agosto de 2012). It's SummerSlam day live from Staples Center, HHH vs Brock Wrestling Observer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  188. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 9/3: Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw – Punk returns home, Anger Management.
  189. WWE Champion CM Punk vs. John Cena ended in a draw WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  190. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 10/15: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – what was McMahon's "decision?," ten matches.
  191. Caldwell's WWE Hell in a Cell PPV Report 10/28: Complete "virtual time" coverage of live PPV – Did WWE pull the trigger on Ryback as top champ?.
  192. Team Mick Foley to face team Punk at Survivor Series WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  193. WWE Championship Triple Threat Match WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  194. Murphy, Ryan (19 de novembro de 2012). WWE Champion CM Punk def. John Cena and Ryback (Triple Threat Match) WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  195. Mr. McMahon issues statement regarding injured Punk, WWE TLC WWE (4 de dezembro de 2012). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  196. CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 1/7: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – WWE Title match, The Rock returns, Cena vs. Ziggler (updated w/Box Score).
  197. CALDWELL'S WWE ROYAL RUMBLE PPV RESULTS 1/27: Complete "virtual-time" coverage of Punk vs. Rock, 30-man Rumble.
  198. Caldwell, James. WWE NEWS: Chamber PPV results & notes – WM29 main event set, World Title match set, Shield big win, more Pro Wrestling Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  199. Benigno (25 de fevereiro de 2013). John Cena def. CM Punk to decide the No. 1 contender to the WWE Championship WWE. Visitado em 2 de março de 2013.
  200. Tylwalk, Nick (5 de março de 2013). Raw: Four men enter, one man leaves as Undertaker's WrestleMania opponent SLAM! Wrestling. Visitado em 14 de março de 2013.
  201. The Undertaker def. CM Punk WWE. Visitado em 8 março de 2013.
  202. While addressing the WWE Universe, CM Punk walks away: Raw, April 15, 2013 WWE.com. Visitado em 4 de maio de 2013.
  203. Carrier, Steve (4 de maio de 2013). WWE PUBLISHES ARTICLE ABOUT CM PUNK’S ABSENCE ProWrestling.com. Visitado em 15 de junho de 2013.
  204. CM Punk def. Chris Jericho WWE. Visitado em 27 de maio de 2013.
  205. WWE Raw Results (6/17): Christian & Lesnar Return, McMahon Family Drama Continues, Ziggler Attacks & Much More! - Continued Crave Online Media, LLC (17 de junho de 2013). Visitado em 19 de junho de 2013.
  206. Benigno, Anthony (17 de junho de 2013). CM Punk def. World Heavyweight Champion Alberto Del Rio via Count-out WWE. Visitado em 19 de junho de 2013.
  207. WWE UnCut: CM Punk WWE (29 de maio de 2007). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  208. Sport Heroes takes on AIDS The Mississauga News. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  209. a b c d Datenbank Profil – CM Punk (em german) Cagematch.de. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  210. Robinson, Jon (4 de novembro de 2008). WWE Smackdown vs. Raw 2009: CM Punk ESPN. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  211. a b Punk, CM. (Outubro de 2006). "The Illustrated Man". WWE Magazine.
  212. CM Punk. Entrance video. WWE.
  213. CM Punk. Best of American Super Juniors Tournament [DVD]. Ring of Honor. Acessado em 24 de fevereiro de 2013.
  214. a b Punk's got a lucky arm WWE (18 de outubro de 2007). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  215. Martin, Fin. "What's Going Down", Junho de 2007, p. 4.
  216. Gomez, Luis (22 de fevereiro de 2012). Chicago's CM Punk takes Twitter war with Chris Brown to video Chicago Tribune. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  217. a b c Connell, Charlie (March 23, 2012). Q+A: CM Punk Inked. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  218. Gina Ferraro. Interview with professional wrestler CM Punk and his family Tattoo Factory TV. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  219. Éamonn Ó Ciardha.. (Maio 2009). "The Fatal Four". WWE Magazine (38). Dublin: Four Courts.
  220. CM Punk's new tat. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  221. Vetter, Chris (4 de outubro de 2005). Tape review: Chikara, "Negative Balance," Aug. 13, w/Hero-Kingston, Claudio-Quack, Cannon-Reckless (cgi) Pro Wrestling Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em June 29, 2007.
  222. Ask Punk (php) CMPunk.com. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  223. Interview Highlights: Samoa Joe talks about his decision to sign with TNA, his future Pro Wrestling Torch (1 de agosto de 2005). Visitado em 24 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em June 29, 2007.
  224. Medalis, Kara A. (30 de outubro de 2006). CM Punk goes ghost hunting WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  225. 75th Annual McDonald's Thanksgiving Parade (TV 2008) – IMDb
  226. Cm Punk'S Thanksgiving Homecoming in Chicago, Ric Flair in Philly Friday, Dh Smith Discusses Wwe Developmental And More PWInsider.com (26 de novembro de 2008). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  227. CM Punk to serve as McDonald’s Thanksgiving Parade Grand Marshal in Chicago WWE.com (18 de novembro de 2012). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  228. CM Punk. Visitado em 6 de junho de 2013. "Primeiro jogo da WWE: WWE SmackDown vs Raw 2008"
  229. Entire Roster For Smackdown Vs Raw 2009. Visitado em 6 de junho de 2013. "11. CM Punk"
  230. SmackDown vs. Raw 2010: The Full Roster Revealed. Visitado em 6 de junho de 2013. "CM Punk"
  231. Full "WWE All Stars" roster revealed. Visitado em 6 de junho de 2013. "CM Punk"
  232. WWE.com: Roster. Visitado em 6 de junho de 2013. "CM Punk"
  233. WWE '12 Roster. Visitado em 6 de junho 2013. "CM Punk"
  234. WWE '13 Roster. Visitado em 6 de junho de 2013. "CM Punk"
  235. WWE 13 cover star CM Punk thinks the best thing about WWE 13 is the cover. Visitado em 6 de junho de 2013. "Punk revelou que a sua coisa favorita sobre o recém-lançado WWE '13 é a capa. Que faz todo o sentido, porque ele está presente nela."
  236. CM Punk throws out the first pitch at a Chicago Cubs game - July 15, 2011. Visitado em 6 de junho de 2013.
  237. Pic: CM Punk throws out first pitch at Chicago Cubs game. Visitado em 6 de junho de 2013.
  238. CM PUNK THROWS OUT THE FIRST PITCH AT THE METS-MARLINS GAME & SANTINO VISITS THE NY ISLANDERS: PHOTOS. Visitado em 6 de junho de 2013.
  239. CM Punk & Paul Heyman Throw Out the First Pitch at Mets Game, Bruno Sammartino Sends Tweet to Vince McMahon. Visitado em 6 de junho de 2013.
  240. WWE Champion CM Punk at Wizard World Philadelphia Comic Con: photos. Visitado em 6 de junho de 2013.
  241. CM Punk appears on ABC's Jimmy Kimmel Live!. Visitado em 6 de junho de 2013.
  242. CM Punk discusses RAW's 1000th episode on "Late Night with Jimmy Fallon". Visitado em 6 junho de 2013. "WWE Champion CM Punk shares some laughs and snow angels with Jimmy Fallon on "Late Night with Jimmy Fallon"."
  243. VIDEO: CM PUNK DOES THE WEATHER. Visitado em 6 de junho 2013.
  244. Paul Nicholson thanks CM Punk on Sky Sports. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  245. Queens of the Ring WWE (30 de abril de 2012). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  246. CM Punk guest stars on AMC’s "Talking Dead" WWE (21 de novembro de 2012). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  247. a b CM Punk writes introduction to Marvel Comics' "Avengers vs. X-Men". Visitado em 5 de junho de 2013.
  248. a b CM Punk pens intro for 'Avengers vs. X-Men' collection. Visitado em 5 de junho de 2013.
  249. a b CM Punk Introduces Avengers Vs. X-Men. Visitado em 5 June 2013.
  250. Bake and Destroy: The Cookbook. Visitado em 5 de junho 2013.
  251. Twitter / bakeanddestroy: Guaranteed to be the only.... Visitado em 5 de junho de 2013. "@bakeanddestroy Guaranteed to be the only cookbook featuring a forward by @CMPunk & a @SamoaJoe-inspired cupcake recipe this year. http://bakeanddestroy.net/the-book/"
  252. WWE meets 'The Flintstones'. Visitado em 6 de junho de 2013.
  253. Yabba Dabba WWE! Cena, McMahon Set For Flintstones Movie. Visitado em 6 de junho de 2013.
  254. Animated 'Flintstones' Pic Adds Pro Wrestlers To Its Bedrock. Visitado em 6 de junho de 2013.
  255. CM Punk assume aposentadoria (29 de Maio de 2014). Visitado em 2 de Junho de 2014.
  256. Twitter / CMPunk: @PipeBombAlert I'm an atheist. twitter (28 de março de 2012). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  257. Twitter / CMPunk: "@lKlMONO: @CMPunk Are you a Pescetarian?" Correct. twitter (28 de março de 2012). Visitado em 9 de janeiro de 2013. ""@lKlMONO: @CMPunk Are you a Pescetarian?" Correct."
  258. Cash, Chris; Walk, Henry (12 de novembro de 2005). Mick Foley Discusses WWE Return & Flair, Daffney Discusses TNA & Diva Search Rajah. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  259. Punk, CM (9 de janeiro de 2007). Who's Jennifer? WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  260. The Lilsboys (3 de junho de 2006). Maria: I'm just one big fan The Sun. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  261. McNichol, Rob (16 de outubro de 2007). Maria: I've split from CM Punk The Sun. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  262. Rothstein, Simon (10 de setembro de 2009). Lucky Punk The Sun. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  263. WWE News: Matt Hardy predicts TNA wrestler Jeff Hardy will return to WWE, comments on rumors that ex-girlfriend Lita is dating C.M. Punk (27 de março de 2010). Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  264. (Novembro de 2011) "Anarchy in the WWE". Maxim (167): 56–59. Maxim.
  265. Who is CM Punk Dating? - Relationships Girlfriend Wife - FamousHookups.com. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  266. UFC 159 Fighter Almost Signed With WWE, Where Will CM Punk Be This Weekend?, Punk & Lita Note. Visitado em 4 de maio de 2013.
  267. Twitter / @CMPunk: Readying the daggers. Lets go @NHLBlackhawks! #CHIvsLAK. Visitado em 5 de junho de 2013. "Readying the daggers. Lets go @NHLBlackhawks! #CHIvsLAK"
  268. Twitter / @CMPunk: Chicago Cubs.. Visitado em 5 de junho de 2013. ""Who's your fav sports team?" Chicago Cubs."
  269. Twitter / @CMPunk: @JoshLBarnett defenestration is my favorite word. Visitado em 5 de junho de 2013. "@JoshLBarnett defenestration is my favorite word."
  270. Facts - CMPUNK.COM - THE OFFICIAL WEBSITE OF WWE SUPERSTAR CM PUNK. Visitado em 5 de junho de 2013. "The red starbursts are his favorite."
  271. Fightin' Fanboys: WWE's CM Punk. Visitado em 5 de junho de 2013.
  272. Twitter / CMPunk: @KenedyJJohnson Preacher. Visitado em 5 de junho de 2013. ""What is your all time favorite comic book or graphic novel of all time? #subjecttoblock" Preacher"
  273. Talent List Interviewed for CM Punk DVD - Ace Steel, Chris Hero, Lita. Visitado em 5 de junho de 2013.
  274. Wortman, James (19 de novembro de 2011). Uncoiling the Anaconda Vise with CM Punk WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  275. James, Caldwell. CALDWELL'S ECW ON SCI-FI REPORT 12/16: Ongoing "virtual time" coverage of show PW Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  276. a b c d e Trionfo, Richard. COMPLETE WWE RAW REPORT: THE BIGGEST NAME IN WWWF GOING INTO THE HALL OF FAME; HAS THE SHIELD MET ITS MATCH?; WHO WANTS A REMATCH? HOW ABOUT THREE; A FORMER WORLD CHAMPION RETURNS; ROOM SERVICE GOES TOO FAR; AND MORE PW Insider. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  277. a b c d Johnson, Mike. COMPLETE WWE MONEY IN THE BANK PPV COVERAGE: TWO FIRST TIME MITB WINNERS AND MORE PW Insider. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  278. a b c d Trionfo, Richard. COMPLETE COVERAGE OF WWE MONEY IN THE BANK: NEW CHAMPIONS; A SURPRISE MONEY IN THE BANK WINNER?; WHAT IS VINCE MCMAHON'S NEXT MOVE? PW Insider. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  279. a b Triono, Richard. WWE SUPERSTARS REPORT: PART 2 OF A LOOK AT THE BEST OF RAW; THE END OF AN ERA; BIG SHOW TALKS ABOUT THE WAY HE WAS TREATED; CM PUNK . . . IS HE THE BEST IN THE WORLD? PW Insider. Visitado em February 4, 2013.
  280. a b c Caldwell, James. WWE SLAMMYS FLASHBACK (12–14–09 Raw): John Cena wins tournament, Stand Up for Dennis Miller, What a difference a year makes for WWE's two top champions PW Torch. Visitado em July 18, 2011.
  281. a b c d e Geraghty, Sean. WWE Smackdown TV report Wrestling Observer. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  282. Powell, Jason. 11/20 Powell's WWE Survivor Series PPV results and review ProWrestling.net. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  283. Meltzer, Dave. Dec. 26 Wrestling Observer Newsletter f4wonline.com/. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  284. Johnson, Mike. 12/12 THIS DAY IN HISTORY: CM PUNK NAMED WWE SUPERSTAR OF THE YEAR, MISS KITTY SHOWS HER PUPPIES, STEPHANIE UNITES WITH HHH, FIRST IWGP TAG CHAMPIONS CROWNED, MAIVIA HONORED, CALLIHAN VS. HAVOC IN THE CAGE OF DEATH AND MUCH, MUCH MORE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  285. Anderson, Scott. RAW: Ziggler Becomes Number One Contender NZPWI. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  286. Trionfo, Richard. WWE Raw 1007 Report: Bret Hart Returns to Montreal; Anger Management Creates a New Number One Contender; is the IC Title Coming Home?; Cena and Punk Have Verbal Confrontation; Jerry Lawler Suffers MedicalL Emerceny During Show PWInsider. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  287. Caldwell, James. Caldwell's ECW on Sci-Fi Report 11/28: Ongoing "virtual time" coverage of show PW Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  288. Caldwell, James. CALDWELL'S WWE BREAKING POINT PPV REPORT 9/13: Review Cena vs. Orton, Punk vs. Taker, DX vs. Legacy before the Hell in a Cell PPV PW Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  289. Parks, Greg. PARKS' WWE SMACKDOWN REPORT 9/11: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including Punk vs. Matt Hardy in a Submissions Match PW Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  290. Golden, Hunter (15 de dezembro de 2008). Raw Results – 12/15/08 – Pittsburgh, PA WrestleView.com. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  291. Assaad, Xander. XANDER'S WWE RAW REPORT 5/16: Alt. perspective review of full episode, final Over the Limit hype PW Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  292. Trionfo, Richard. WWE SMACKDOWN REPORT: WWE CHAMPION STILL LOOKS FOR RESPECT; NO DEBATING THE WORLD TITLE CONTENDERS TONIGHT; TAG TOURNAMENT CONTINUES; DOES EVE CONTINUE TO PULL THE WOOL OVER BOOKER'S EYES?; AND MORE PWInsider. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  293. Tedesco, Mike. Smackdown Results – 12/11/09 Tedesco. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  294. Caldwell, James (6 de novembro de 2007). CALDWELL'S ECW TV REPORT 11/6: Ongoing coverage of Sci-Fi show PWTorch.com. Visitado em 7 de agosto de 2009.
  295. Martin, Todd (12 de agosto de 2008). Todd Martin's Raw Report for August 25th Wrestling Observer Newsletter. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  296. Caldwell, James. CALDWELL'S WWE MONEY IN THE BANK PPV RESULTS 7/17: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV – Cena vs. Punk, MITB ladder matches PW Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  297. Parks, Greg. 3/28 WWE SMACKDOWN: Parks's Ongoing Real-Time Coverage of The Final Hype For WrestleMania PW Torch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  298. Ziegler, Jacob (26 de dezembro de 2005). ROH Redemption: August 12, 2005, Dayton, Ohio 411mania. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  299. Powers, Kevin (6 de fevereiro de 2012). WWE Raw SuperShow results: Who is "The Best in the World?") WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  300. Keller, Wade (4 de outubro de 2009). WWE Hell in a Cell Results: Keller's ongoing "virtual time" coverage of John Cena vs. Randy Orton, DX vs. Legacy, Undertaker vs. C.M. Punk PWTorch. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  301. Adkins, Greg. Oakland raider WWE.[ligação inativa]
  302. Burdick, Michael (11 de dezembro de 2009). Street Fight night WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  303. Burdick, Michael (11 de dezembro de 2009). Street Fight night WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  304. Powers, Kevin (21 de novembro de 2011). 'The Fink' talks Survivor Series WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  305. WWE Champion CM Punk vs. Dolph Ziggler (Special Guest Referee John Laurinaitis) WWE (2 de janeiro de 2012). Visitado em J24 de fevereiro de 2013.
  306. Daffney's Online World of Wrestling profile Online World of Wrestling. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  307. a b c d e f g h i j k l m Managers and wrestlers trained.
  308. 2004 results Full Impact Pro. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  309. a b Wrestler Entrance Music Online World of Wrestling. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  310. Ziegler, Jacob; Garoon, Brad (19 de outubro de 2005). ROH: Sign Of Dishonor – July 8, 2005 Long Island, New York 411Mania. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  311. Berenstein, Ari (31 de dezembro de 2005). Column of Honor 12.31.05: Final Column 2005 411Mania. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  312. CM Punk profile WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  313. WWE News: C.M. Punk returns to WWE Raw ProWrestling.net. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  314. Independent Wrestling Association Mid-South Heavyweight Title Wresting-titles.com. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  315. Independent Wrestling Association Mid-South Light Heavyweight Title Wrestling-titles.com. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  316. Roelfsema, Eric. IWC - International Wrestling Cartel World Heavyweight Title history Solie. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  317. Westcott, Brian. MAW - Mid-American Wrestling MAW Heavyweight Title history Solie. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  318. Westcott, Brian. NWA National Wrestling Alliance/Cyberspace Wrestling Federation CSWF/NWA Cyberspace Tag Team Title history Solie. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  319. Westcott, Brian. NWA - National Wrestling Alliance NWA Ohio Valley Wrestling Heavyweight/Ohio Valley Wrestling Heavyweight Title history Solie. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  320. Westcott, Brian. NWA - National Wrestling Alliance NWA Ohio Valley Wrestling Southern Tag Team Title history Solie. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  321. NWA - National Wrestling Alliance NWA Ohio Valley Wrestling Hardcore/Ohio Valley Wrestling Television history Solie. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  322. (2012) "". Pro Wrestling Illustrated 33 (3): 74–75.
  323. (2012) "". Pro Wrestling Illustrated 33 (3): 80–81.
  324. (2012) "". Pro Wrestling Illustrated 33 (3): 76–77.
  325. (2012) "". Pro Wrestling Illustrated 33 (3): 84–85.
  326. (2012) "". Pro Wrestling Illustrated 33 (7): 12–18. ISSN 1043-7576.
  327. Murphy, Dan. Entrevista com Arda Ocal. #AftermathRadio – August 20, 2012. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  328. Passero, Mitch (12 de abril de 2012). Chris Jericho ruins CM Punk's "metal" moment WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  329. ECW Championship official title history WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  330. CM Punk's first World Heavyweight Championship reign WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  331. CM Punk's second World Heavyweight Championship reign WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  332. CM Punk's third World Heavyweight Championship reign WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  333. CM Punk's first WWE Championship reign WWE. Visitado em July 17, 2011.
  334. CM Punk's second WWE Championship reign WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  335. Punk and Kingston's first reign WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  336. CM Punk's first Intercontinental Championship reign WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  337. Adkins, Greg (13 de dezembro de 2010). Saluting the Slammys WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  338. WWE.com Exclusive Slammy Awards 2011 WWE. Visitado em 24 de fevereiro de 20132.
  339. a b Meltzer, Dave (27 de janeiro de 2010). Feb. 1 2010 Observer Newsletter: 2009 Awards Issue, Possible biggest wrestling news story of 2010 Wrestling Observer Newsletter. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.
  340. a b c d Meltzer, Dave (30 de janeiro de 2010). "Jan 30 Wrestling Observer Newsletter: Gigantic year-end awards issue, best and worst in all categories plus UFC on FX 1, death of Savannah Jack, ratings, tons and tons of news". Wrestling Observer Newsletter. ISSN 10839593.
  341. a b Meltzer, Dave (23 de janeiro de 2012). "The 2012 Wrestling Observer Newsletter Annual Awards Issue". Wrestling Observer Newsletter. ISSN 10839593.
  342. Rey Mysterio shaves CM Punk's head World Wrestling Entertainment. Visitado em 24 de fevereiro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]