Bray Wyatt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bray Wyatt
Nome(s)
no ringue
Alex Rotunda[1]
Alex Rotundo[1]
Duke Rotundo[1]
Husky Harris/Bray Wyatt[2]
Windham Rotunda[1]
Altura 1,90 m[3]
Peso 134 kg[3]
Nascimento 23 de maio de 1987 (26 anos)[4]
Brooksville, Flórida
Residência Brooksville, Flórida[3]
Treinado por FCW staff[1]
Estreia 2009[1]

Windham Lawrence Rotunda[1] [4] (Brooksville, 23 de maio de 1987)[4] é um lutador de wrestling profissional estadunidense. Atualmente está contratado pela WWE e trabalha no territorio de desenvolvimento a Florida Championship Wrestling, sob o ring name de Bray Wyatt . Windham foi um dos participantes da segunda temporada do NXT.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

World Wrestling Entertainment (2009 - Presente)[editar | editar código-fonte]

Florida Championship Wrestling (2009–2010)[editar | editar código-fonte]

Rotunda estreou na Florida Championship Wrestling (FCW) em abril de 2009 com uma vitória, usando o ring name "Alex Rotundo".[5] Mais tarde mudou para "Duke Rotundo".[5] No início de 2009, ele formou uma tag team semi-regular com Vic Adams.[6]

Em hdidu junho de 2009, Rotundo começou tag team com o seu irmão, Bo.[6] Nas gravações da FCW em 23 de julho, The Rotundo Brothers derrotaram The Dude Busters (Caylen Croft e Trent Barreta) para se tornarem #1 contenders pelo FCW Florida Tag Team Championship.[6] Naquela mesma noite, eles derrotaram Justin Angel e Kris Logan para conquistar pela primeira vez o FCW Florida Tag Team Championship.[5] [6] Eles defenderam com sucesso os cinturões contra Dylan Klein e Vance Archer e Curt Hawkins e Heath Slater.[6] Em 19 de novembro, The Rotundo Brothers perderam os títulos para o The Dude Busters (Hawkins e Croft).[6] No início de 2010, The Rotundo Brothers começaram a rivalizar com The Usos (Jimmy e Jules), e sua manager, Sarona Snuka.[7] Eles perderam para The Usos em 14 de janeiro, mas derrotaram The Usos e Donny Marlow em uma six-man tag team match, com Wes Brisco. Em uma revanche em 11 de março, The Rotundos derrotaram The Usos.[7] Em abril, eles rivalizaram com Jackson Andrews e Curt Hawkins, que começou quando Rotundo enfrentou Andrews em uma singles match e ganhou por desqualificação quando Hawkins interferiu.[7] Nas gravações da FCW na semana seguinte, The Rotundos uniram-se com Eli Cottonwood, mas acabaram derrotados por Hawkins, Andrews, e Leo Kruger.[7]

Depois disso, Rotundo voltou à competir sozinho, e derrotou Kruger, Johnny Curtis e Tyler Reks.[7] Em junho de 2010, ele mudou seu ring name para "Husky Harris" para coincidir com sua estreia no NXT. Ele chegou a derrotar Drake Brewer e Derrick Bateman, após desafiou sem sucesso Alex Riley pelo FCW Florida Heavyweight Championship em 20 de junho.[7] Em setembro, Harris rivalizou com Percy Watson, perdendo para por countout, quando Harris se recusou a continuar a luta e saiu.[7] Harris, depois perdeu para Watson em uma não autorizada, Falls Count Anywhere match em 15 de setembro.[7] Na semana seguinte, uma luta entre os dois terminou em uma desqualificação dupla, resultando em uma 'non-sanctioned come as you are bunkhouse brawl', que Watson venceu para acabar com a rivalidade.[7]

NXT e The Nexus (2010 – 2011)[editar | editar código-fonte]

Harris (à esquerda) com David Otunga (centro) e Heath Slater (à direita) como parte da Nexus em dezembro de 2010.

Em 1 de junho de 2010, Rotunda foi anunciado como um participante na segunda temporada do NXT sob o ring nome "Husky Harris", com Cody Rhodes como seu mentor.[2] [8] Harris fez sua estréia no episódio de 08 de junho, competindo em uma tag team match com Rhodes contra Montel Vontavious Porter e Percy Watson, mas acabaram sendo derrotados.[9] Após um início tumultuado, Harris teve uma heel turn no episódio de 22 de junho atacando o apresentador do programa, Matt Striker, assim como Rhodes havia feito na semana anterior.[10] Na semana seguinte, Harris perdeu para Porter em uma singles match, e ficou em sétimo dos oito estreantes na primeira votação.[11] Na segunda pesquisa, Harris subiu para o sexto lugar, conseguindo evitar a eliminação.[12] Em 9 de agosto os rookies apareceram em uma six-man tag team match no Raw, qual time de Harris ganhou quando ele fa o pin em Kaval, mas sua equipe perdeu uma revanche na noite seguinte no NXT.[13] [14] Na pesquisa mais tarde naquela noite, Harris subiu para o quarto lugar dos seis estreantes.[14] Harris era um dos dois rookies eliminados do NXT em 17 de agosto. Após sua eliminação, Harris e Rhodes atacaram Kaval, resultando em uma briga envolvendo também Porter e Kofi Kingston.[15] Harris reapareceu no final da temporada do NXT com os outros eliminados e se juntaram para atacar o vencedor do NXT, Kaval.[16]

No Hell in a Cell em outubro, disfarçados, Harris e Michael McGillicutty interferiram num combate entre John Cena e Wade Barrett, e ajudou Barrett a vencer, forçando Cena se juntar a Nexus pela estipulação da luta.[17] As identidades de Harris e McGillicutty foram reveladas no episódio do dia seguinte do Raw, no entanto Barrett afirmou que não havia pedido ajuda e se recusou a inclui-los como membros da Nexus.[18] Na semana seguinte, Harris e McGillicutty custaram a Cena uma luta contra The Miz, levando Barrett para dar-lhes a oportunidade de ganhar participação na Nexus.[19] No episódio do Raw de 18 de outubro, Harris e McGillicutty não conseguiram ganhar um lugar na Nexus, quando perderam para Cena e Randy Orton em uma tag team match.[20] Na semana seguinte no Raw, no entanto, Harris e McGillicutty foram admitidos na Nexus, apesar de sua derrota.[21]

Em janeiro de 2011 CM Punk assumiu o controle da Nexus e cada um de seus membros passaram por uma iniciação. Harris passou sua iniciação, amarrou o resto do grupo, e foi autorizado a continuar como um membro da The Nexus, ao lado de Punk, McGillicutty e David Otunga. [22] Três semanas depois, em um episódio do Raw em 31 de janeiro, Harris e McGillicutty desafiaram sem sucesso Santino Marella e Vladimir Kozlov pelo WWE Tag Team Championship. Após o combate Randy Orton atacou como vingança por eles interferirem na sua luta pelo WWE Championship contra The Miz, e atacou Harris na cabeça.[23] Este ataque serviu como angle para tirar Harris da televisão e devolver-lhe a FCW.

Retorno a FCW e NXT (2011 - Presente)[editar | editar código-fonte]

Rotunda voltou a FCW e utilizando um novo personagem em 18 de março, a do jogador de hóquei mascarado "Axel Mulligan".[24] Posteriormente, ele voltou para o ring nome Husky Harris.

Após o irmão de Harris se lesionar, seu FCW Florida Heavyweight Championship foi desocupado e um torneio foi criado para determinar o novo campeão.[25] Harris derrotou Big E. Langston para chegar a final, em uma fatal four-way match contra Leo Kruger, Damien Sandow, e Dean Ambrose. Durante a luta, vencida por Kruger, Harris foi acidentalmente atacado por Richie Steamboat, que estava sentado perto do ringue.[26] No episódio seguinte da FCW, Harris ganhou uma triple threat match contra Kruger, que não valia o cinturão, e foi novamente atacado por Steamboat.[27] No episódio da FCW em 24 de outubro, Harris desafiou sem sucesso Kruger pelo cinturão, e Steamboat novamente interferiu na luta.[28] Como resultado, Harris e Steamboat começaram a rivalizar, e a primeira luta entre os dois acabou em no contest.[29] Kruger mais tarde, reteve seu FCW Florida Heavyweight Championship em uma triple threat, e na semana seguinte, Harris derrotou Steamboat em uma No Hold Barred match.[30] [31] Após o par continuou a atacar uns aos outros nos bastidores e durante as lutas, mas durante o episódio da FCW em 19 de dezembro, a gerente geral da FCW, Maxine anunciou que havia suspendido Harris e Steamboat por trinta dias.[32] [33] [34] Após seu retorno, Harris derrotou Steamboat em uma Bullrope match para acabar com a rivalidade.[35]

Em 2 de fevereiro de 2012, Harris e seu irmão mais novo Bo Rotundo derrotaram Brad Maddox e Eli Cottonwood, que estava substituindo o lesionado Briley Pierce, para ganhar o Florida Tag Team Championship pela segunda vez.[36] [37] Os irmãos defenderam sem sucesso os cinturões em 15 de março contra Corey Graves e Jake Carter.[36]

No mês seguinte, Rotunda estreou seu novo ring name Bray Wyatt em uma tag team match com Eli Cottonwood.[38] [39] Como Wyatt, ele retornou à NXT em 11 de julho na Full Sail University, derrotando Aiden English em uma singles match.[40] A Wyatt family estreiou num Raw lesionando atacando e lesionando Kane. No Raw seguinte atacaram R-Truth e no Main Envent da mesma semana atacarem os 3MB e Justin Gabriel. Duas semanas depois do ataque a Kane, a Wyatt family voltaram a atacar este depois de Kane ter perdido um combate para o seu antigo parceiro Daniel Bryan. No Raw seguinte Kane anunciou que no Summerslam ele iria combater com Wyatt numa luta ringue de fogo, no envento Wyatt derrota Kane depois da interferencia de Eric Rowan e Luke Harper e depois do combate lesionaram novamente Kane. Wyatt começou uma feud com Kofi Kingston, fazendo um discurso para este tanto no Raw como no Smackdown.No WWE Battleground Bray Wyatt derrotou Kofi Kingston.Após o Hell in a Cell no RAW,Bray atacou CM Punk e Daniel Bryan, sendo que no RAW seguinte Punk conseguiu vencer Luke Harper,logo após Punk foi atacado, e foi salvo por Bryan.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Rotunda é um wrestler profissional da terceira geração, seu avô Blackjack Mulligan, seu pai Mike Rotunda e seus tios Barry e Kendall Windham eram todos wrestler profissionais.[41] Seu irmão mais novo, Taylor também é wrestler profissional.[5]

Rotunda estudou na Hernando High School, onde ele ganhou um campeonato estadual de wrestling em 2005.[4] [5] [42] Ele se formou no colegial em 2005.[5] Ele também jogou futebol como um defensive tackle e como guarda. Rotunda jogou pelo College of the Sequoias por duas temporadas, ganhando o prêmio All-American como guarda ofensivo do ano.[42] Ele ganhou uma bolsa de estudos de futebol para Troy University, onde jogou futebol por dois anos.[4] [5] Ele deixou a Troy University 27 horas antes de ganhar o diploma, após decidir se tornar um lutador.[42]

No wrestling[editar | editar código-fonte]

  • Movimentos de finalização
    • Como Bray Wyatt
      • Sister Abigail (Swinging reverse STO)[43]
    • Como Husky Harris
    • Como Axel Mulligan
  • Temas de entrada
    • "We Are One" por 12 Stones (2010 – 2011, Usado enquanto parte da Nexus)
    • "Broken Out In Love" por Mark Crozer & The Rels (2012 – Presente)

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Pro Wrestling Illustrated
    • PWI Feud of the Year (2010) – Nexus vs. WWE[51]
    • PWI Most Hated Wrestler of the Year (2010) – como parte da Nexus[52]
    • PWI o colocou na #331ª posição dos 500 melhores lutadores individuais em 2010.[53]
    • PWI o colocou na #129ª posição dos 500 melhores lutadores individuais em 2011.[54]
    • NXT Tag Team Champion ( Atual )

Referências

  1. a b c d e f g h Husky Harris profile. Online World of Wrestling. Página visitada em 2009-08-18.
  2. a b Caldwell, James (2010-06-01). WWE News: NXT Results – Season Two announced, Pro & Rookie pairings revealed. Pro Wrestling Torch. Página visitada em 2010-06-01.
  3. a b c Husky Harris bio. WWE. Página visitada em 2010-10-26.
  4. a b c d e Windham Rotunda. Troy Trojans (2007-08-03). Página visitada em 2010-01-07.
  5. a b c d e f g h LaRiviere, Derek J. (November 26, 2009). Brooksville's Rotunda brothers follow dad Mike into professional wrestling. Tampa Bay Sports. Página visitada em June 2, 2010.
  6. a b c d e f Florida Championship Wrestling (2009). Online World of Wrestling. Página visitada em March 2, 2011.
  7. a b c d e f g h i Florida Championship Wrestling (2010). Online World of Wrestling. Página visitada em March 6, 2011.
  8. Bishop, Matt (June 1, 2010). WWE NXT: Barrett wins show's first season. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em June 2, 2010.
  9. Bishop, Matt (June 8, 2010). WWE NXT: New rookies pay as Season 2 opens. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em June 12, 2010.
  10. Bishop, Matt (June 22, 2010). WWE NXT: Rookies look to make impact as first poll nears. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em June 30, 2010.
  11. a b Bishop, Matt (June 29, 2010). WWE NXT: Surprise! First elimination on tap. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em June 30, 2010.
  12. Bishop, Matt (July 27, 2010). WWE NXT: Second rookie goes home; New No. 1. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em July 28, 2010.
  13. Plummer, Dale (August 10, 2010). RAW: Team WWE makes a stand. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em August 10, 2010.
  14. a b Bishop, Matt (August 10, 2010). WWE NXT: Eliminations coming fast and furious. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em August 11, 2010.
  15. Bishop, Matt (August 17, 2010). WWE NXT: 2 more rookies sent packing as tensions rise. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em August 18, 2010.
  16. Bishop, Matt (August 31, 2010). WWE NXT: Kaval wins show's 2nd season, gets beat down. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em September 2, 2010.
  17. Hillhouse, Dave (October 4, 2010). Hell in a Cell: Betrayal, fan interference, and flying shoes. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em October 4, 2010.
  18. Caldwell, James (October 4, 2010). Caldwell's WWE Raw results 10/4: Complete "virtual time" coverage of Raw with Hell in a Cell fall-out – John Cena joins Nexus. Pro Wrestling Torch. Página visitada em October 5, 2010.
  19. Tylwalk, Nick (October 12, 2010). Raw: Team Raw assembles while Cena stews. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em October 18, 2010.
  20. Plummer, Dale (October 18, 2010). RAW: Smackdown! superstars invade Monday Night. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em October 19, 2010.
  21. Wilkenfeld, Daniel (October 25, 2010). Caldwell's WWE Raw results 10/25: Complete "virtual time" coverage of live Raw following Bragging Rights, Bryan vs. Ziggler. Pro Wrestling Torch. Página visitada em October 26, 2010.
  22. Plummer, Dale (January 10, 2011). RAW: CM Punk thins out the ranks. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em January 12, 2011.
  23. Plummer, Dale (January 31, 2011). RAW: Jerry Lawler on the road to Wrestlemania. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em February 2, 2010.
  24. a b Autor Invitado (March 20, 2011). Windham Rotunda rinde homenaje a su abuelo con su nuevo personaje en Florida Championship Wrestling: Axel Mulligan (em spanish). SuperLuchas Magazine. Página visitada em March 21, 2011.
  25. Superstars of the Week: Leo Kruger. Florida Championship Wrestling. Arquivado do original em December 28, 2011. Página visitada em December 29, 2011.
  26. Namako, Jason (October 10, 2011). FCW Results – 10/9/11. WrestleView. Página visitada em December 29, 2011.
  27. Namako, Jason (October 17, 2011). FCW Results – 10/17/11. WrestleView. Página visitada em December 29, 2011.
  28. Namako, Jason (October 25, 2011). FCW Results – 10/24/11. WrestleView. Página visitada em December 29, 2011.
  29. Namako, Jason (October 31, 2011). FCW Results – 10/31/11. WrestleView. Página visitada em December 29, 2011.
  30. Namako, Jason (November 14, 2011). FCW Results – 11/14/11. WrestleView. Página visitada em December 29, 2011.
  31. Namako, Jason (November 21, 2011). FCW Results – 11/21/11. WrestleView. Página visitada em December 29, 2011.
  32. Namako, Jason (December 5, 2011). FCW Results – 12/5/11. WrestleView. Página visitada em December 29, 2011.
  33. Namako, Jason (December 12, 2011). FCW Results – 12/12/11. WrestleView. Página visitada em December 29, 2011.
  34. Namako, Jason (December 20, 2011). FCW Results – 12/19/11. WrestleView. Página visitada em December 29, 2011.
  35. Namako, Jason (January 9, 2012). FCW Results – 1/9/12. WrestleView. Página visitada em February 7, 2012.
  36. a b Champions Roll Call. Florida Championship Wrestling. Página visitada em March 17, 2012.
  37. a b Meltzer, Dave (February 2, 2012). Two title changes at tonight's FCW tapings. Wrestling Observer Newsletter. Página visitada em February 4, 2012.
  38. Namako, Jason (April 27, 2012). FCW Results – 4/22/12. WrestleView. Página visitada em May 1, 2012.
  39. Namako, Jason (April 11, 2012). FCW Results – 4/8/12. WrestleView. Página visitada em May 1, 2012.
  40. James, Justin (July 11, 2012). JAMES'S WWE NXT REPORT 7/11: PTP vs. Usos main event, transformation of Husky Harris to Bray Wyatt continues, Seth Rollins promo. Pro Wrestling Torch. Página visitada em July 21, 2012.
  41. Murphy, David (September 14, 2007). 'He's got the look'. St. Petersburg Times. Página visitada em August 30, 2009.
  42. a b c Bernhardt, Jr., Chris (June 12, 2009). Hernando High alumni ready to hit the ring. Hernando Today. Página visitada em August 30, 2009.
  43. Martin, Todd (January 25, 2011). Raw is Rumble go-home show by Todd Martin. Wrestling Observer Newsletter. Página visitada em January 25, 2011.
  44. Caldwell, James (July 20, 2010). Caldwell's WWE NXT Results 7/20: Ongoing "virtual time" coverage of NXT Season 2, Week 7. Pro Wrestling Torch. Página visitada em July 23, 2010.
  45. a b Bishop, Matt (August 3, 2010). WWE NXT: Awful show features one of worst segments in company history. Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em August 4, 2010.
  46. Martin, Todd (January 25, 2011). Raw is Rumble go-home show by Todd Martin. Wrestling Observer Newsletter. Página visitada em January 25, 2011.
  47. Martin, Adam (August 11, 2010). WWE NXT Results – 8/10/10. WrestleView. Página visitada em December 30, 2011. "McGillicutty sends him to the corner and Harris, who was tagged, annihilates him with an avalanche."
  48. a b Tedesco, Mike (August 18, 2010). WWE NXT Results – 8/17/10. WrestleView. Página visitada em December 7, 2011.
  49. Caldwell, James (June 29, 2010). Caldwell's WWE NXT Results 6/29: Ongoing "virtual time" coverage of NXT Season 2, Week 4. Pro Wrestling Torch. Página visitada em December 30, 2011.
  50. Warrior's Way to No. 1. World Wrestling Entertainment (June 29, 2010). Página visitada em July 29, 2010.
  51. Achievement Awards: Feud of the Year. Pro Wrestling Illustrated (2011-01-10). Página visitada em 2011-01-15.
  52. Achievement Awards: Most Hated. Pro Wrestling Illustrated (2011-01-17). Página visitada em 2011-01-22.
  53. "PWI 500": 301–400. Pro Wrestling Illustrated (2010-07-27). Página visitada em 2010-07-31.
  54. "PWI 500": 101–200. Pro Wrestling Illustrated (August 8, 2011). Página visitada em August 8, 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) lutador(a) profissional é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.