Royal Rumble (2012)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Royal Rumble (2012)
Poster promocional do evento com Santino Marella
Música
tema
"Dark Horses" por Switchfoot
Detalhes
Promoção WWE
Data 29 de janeiro de 2012
Local Scottrade Center
Assistência 18,121[1]
Cidade St. Louis, Missouri
Cronologia dos pay-per-views
TLC: Tables, Ladders & Chairs (2011) Royal Rumble (2012) Elimination Chamber (2012)
Cronologia do Royal Rumble
Royal Rumble (2011) Royal Rumble (2012) Royal Rumble (2013)

Royal Rumble (2012) foi um evento em pay-per-view de wrestling profissional produzido pela WWE, que ocorreu em 29 de janeiro de 2012, no Scottrade Center em St. Louis, Missouri.[2] Foi o vigésimo quinto evento Royal Rumble anual.

Antes do evento[editar | editar código-fonte]

Royal Rumble teve lutas de wrestling profissional de diferentes lutadores com rivalidades e histórias pré-determinadas que se desenvolverão no Raw e SmackDown — programas de televisão da WWE, tal como nos programas transmitidos pela internet - Superstars e NXT. Os lutadores interpretaram um vilão ou um mocinho seguindo uma série de eventos para gerar tensão, culminando em várias lutas.[3]

Desde 1988, uma luta Royal Rumble, tradicionalmente envolvendo 30 lutadores, acontece no evento, com o vencedor ganhando o direito de desafiar o Campeão da WWE ou o Campeão Mundial dos Pesos-Pesados no WrestleMania XXVIII.[4]

No Raw de 26 de dezembro, Dolph Ziggler derrotou o Campeão da WWE CM Punk após interferência de John Laurinaitis.[5] Na semana seguinte, Ziggler voltou a derrotar Punk, por contagem, após interferência de Laurinaitis, que marcou para o Rumble uma luta pelo título, com ele mesmo como árbitro.[6] [7] No Raw de 9 de janeiro, Punk derrotou Jack Swagger. Como estipulação, Swagger e Vickie Guerrero, aliados de Ziggler, foram banidos dos arredores ringue do Royal Rumble.[8]

Durante o Raw de 12 de dezembro de 2011, Kane interferiu em uma luta entre John Cena e Mark Henry, atacando Cena.[9] Na semana seguinte, Kane voltou a atacar Cena.[10] Kane, então, afirmou ter atacado Cena por este não aceitar sua personalidade odiosa, afirmando que o ódio é um sentimento que deveria ser usado por todos.[5] Para convencer um relutante Cena, Kane atacou Zack Ryder em 9 de janeiro.[8] Foi anunciado no Raw da semana seguinte que Kane e Cena se enfrentariam no Rumble.[11] [12]

Após Big Show derrotar Mark Henry em uma luta na qual o uso de cadeiras era legal no TLC: Tables, Ladders & Chairs para ganhar o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados, Daniel Bryan usou seu contrato Money in the Bank, derrotando Show e conquistando o título.[13] No SmackDown de 6 de janeiro, Bryan defendeu o título contra Big Show, o derrotando por desqualificação após um empurrão de Mark Henry.[14] No SmackDown da semana seguinte, Big Show teve uma revanche pelo título em uma luta sem desqualificações ou contagens. Bryan novamente manteve seu título, após a luta acabar sem vencedor após Show acidentalmente nocautear a namorada de Bryan, AJ, nos arredores do ringue.[15] Na semana seguinte, Bryan defendeu seu título contra Henry em uma luta Lumberjack, que acabou sem vencedor. Theodore Long marcou, para o Royal Rumble, uma luta entre Bryan, Show e Henry em uma jaula de aço[16] [17] .

Evento[editar | editar código-fonte]

Pré-show[editar | editar código-fonte]

Equipe
Papel: Nome:
Comentaristas Michael Cole
Jerry Lawler
Booker T
Carlos Cabrera (Espanhol)
Marcelo Rodríguez (Espanhol)
Locutores Lilian Garcia (SmackDown)
Justin Roberts (Raw e Royal Rumble)
Árbitros Scott Armstrong
Mike Chioda
John Cone
Chad Patton
Charles Robinson

Uma luta não-televisionada ("dark") aconteceu antes do evento, onde Yoshi Tatsu derrotou Heath Slater.

Lutas preliminares[editar | editar código-fonte]

A primeira luta do evento aconteceu em uma jaula de aço, com Daniel Bryan defendendo o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados contra Big Show e Mark Henry. Bryan tentou abandonar a jaula pulando pelo topo da mesma ou pela porta, mas foi impedido durante toda a luta por seus oponentes. A luta acabou quando Bryan se pendurou no braço de Big Show para escapar da cela, assim, mantendo seu título.[18]

Em uma luta não anunciada, a Campeã das Divas Beth Phoenix se aliou à Natalya e às Bella Twins (Nikki e Brie) para enfrentar Kelly Kelly, Eve, Alicia Fox e Tamina. Em dado momento, Nikki e Brie trocaram de lugar. A luta acabou quando Phoenix aplicou um Glama Slam em Kelly.[19]

John Cena e Kane se enfrentaram no terceiro combate da noite. A luta acabou empatada, com ambos não retornando ao ringue após a contagem de dez do árbitro. Mesmo após o fim do combate, os dois lutaram nos bastidores da arena, com Kane nocauteando Cena com uma cadeira e levando um lesionado Zack Ryder ao ringue, lhe aplicando um Tombstone Piledriver. Antes que Kane pudesse atacar a namorada de Ryder, Eve, Cena retornou ao ringue. Kane, no entanto, conseguiu nocauteá-lo novamente.[20]

Em mais uma luta não anunciada, Brodus Clay rapidamente derrotou Drew McIntyre após um Crossbody.[21]

Lutas principais[editar | editar código-fonte]

Na penúltima luta da noite, CM Punk defendeu seu Campeonato da WWE contra Dolph Ziggler, com John Laurinaitis como árbitro. Antes da luta, no entanto, Laurinaitis abdicou da função de árbitro, assumindo uma posição ao lado do ringue para auxiliar um árbitro oficial. Vickie Guerrero tentou ficar nos arredores do ringue, mas foi expulsa por Laurinaitis. Em certo momento, o árbitro acabou sendo nocauteado. Ziggler desistiu após Punk aplicar-lhe um Anaconda Vice. Laurinaitis, no entanto, não viu a desistência. Um GTS também não foi visto pelo árbitro. A luta acabou após outro GTS em Ziggler, com Punk mantendo seu título.[22]

A luta Royal Rumble encerrou a noite. O primeiro competidor, definido na semana anterior, foi The Miz, que enfrentou o segundo competidor, Alex Riley. Mick Foley, Jim Duggan e Road Dogg participaram da luta, assim como os três comentaristas do evento, Michael Cole, Jerry Lawler e Booker T. Dois lutadores retornaram durante o combate: The Great Khali e Kharma, que se tornou a terceira mulher a participar de um Royal Rumble. Os seis últimos lutadores foram Miz, Ziggler, Big Show, Randy Orton, Sheamus e Chris Jericho. Show eliminou Miz e Ziggler, sendo eliminado por Orton, que foi eliminado, então, por Jericho. Sheamus eliminou Jericho, vencendo o Royal Rumble.[23]

Após o evento[editar | editar código-fonte]

Ambos Bryan e Punk defenderam seus títulos em Elimination Chambers no evento de mesmo nome. O vencedor do Royal Rumble, Sheamus, atacou Bryan após sua luta, mostrando sua intenção de enfrentá-lo no WrestleMania XXVIII. No WrestleMania, Sheamus derrotou Bryan pelo World Heavyweight Championship em 18 segundos.[24]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O evento recebeu críticas mistas. O tabloide inglês The Sun afirmou que o pay-per-view teve momentos de bons combates, surpresas excitantes e momentos hilários, mas também teve lutas arrastadas, com defeitos aparentes. Ao fim, deu ao evento nota 6.5, de 10.[25] O website canadense Canadian Online Explorer também deu ao evento uma nota 6.5, considerando a luta das Divas a pior da noite e a de Punk e Ziggler, a melhor.[26]

Resultados[editar | editar código-fonte]

# Lutas Estipulação Tempo[27]
Dark Yoshi Tatsu derrotou Heath Slater Luta individual 04:00
1 Daniel Bryan (c) derrotou Big Show e Mark Henry Luta Triple Threat Steel Cage pelo World Heavyweight Championship[18] 09:08
2 Beth Phoenix, Natalya, Nikki e Brie Bella derrotaram Kelly Kelly, Eve, Alicia Fox e Tamina. Luta de quartetos[19] 05:29
3 John Cena e Kane acabou sem vencedor ( empataram ). Luta individual[20] 10:56
4 Brodus Clay derrotou Drew McIntyre Luta individual[21] 01:05
5 CM Punk (c) derrotou Dolph Ziggler Luta individual pelo WWE Championship com John Laurinaitis como árbitro e Vickie Guerrero e Jack Swagger banidos do ringue[22] 14:32
6 Sheamus eliminou por último Chris Jericho para vencer Luta Royal Rumble por uma luta por um título mundial no WrestleMania XXVIII[23] 54:55
(c) – Campeão(s) antes da luta

Entradas e eliminações da luta Royal Rumble[editar | editar código-fonte]

Vermelho ██ e "Raw" indicam lutadores do Raw, azul ██ e "SmackDown" indicam lutadores do SmackDown e branco e "AE" indicam aparições especiais (lendas e lutadores sem divisões). Lutadores entraram a cada 90 segundos.

Símbolo Significado
Indica o menor tempo.
Sheamus, vencedor da luta Royal Rumble de 2012.
#[28] Lutador Divisão Ordem de eliminação[29] Eliminado por[29] Tempo[23]
01 The Miz[M] Raw 25 Big Show 45:39
02 Alex Riley Raw 01 The Miz 01:15
03 R-Truth Raw 02 The Miz 04:57
04 Cody Rhodes[E] SmackDown 24 Big Show 41:55
05 Justin Gabriel SmackDown 04 Mick Foley e Ricardo Rodriguez 06:12
06 Primo Raw 03 Mick Foley 01:57
07 Mick Foley AE 08 Cody Rhodes 06:34
08 Ricardo Rodriguez Raw 05 Santino Marella 02:19
09 Santino Marella Raw 07 Cody Rhodes 02:31
10 Epico Raw 06 Mick Foley 00:11 †
11 Kofi Kingston Raw 18 Sheamus 17:55
12 Jerry Lawler Raw 09 Cody Rhodes 00:43
13 Ezekiel Jackson SmackDown 11 The Great Khali 03:46
14 Jinder Mahal SmackDown 10 The Great Khali 01:17
15 The Great Khali SmackDown 14 Cody Rhodes e Dolph Ziggler 07:29
16 Hunico SmackDown 16 Kharma 09:00
17 Booker T SmackDown 13 Cody Rhodes e Dolph Ziggler 04:40
18 Dolph Ziggler Raw 26 Big Show 19:46
19 Jim Duggan AE 12 Cody Rhodes 00:56
20 Michael Cole Raw 15 Booker T e Jerry Lawler[C] 01:23
21 Kharma[K] Raw 17 Dolph Ziggler 01:00
22 Sheamus SmackDown Vencedor - 22:21
23 Road Dogg AE 19 Wade Barrett 04:55
24 Jey Uso SmackDown 20 Randy Orton 07:03
25 Jack Swagger Raw 23 Big Show e Sheamus[S] 07:59
26 Wade Barrett SmackDown 21 Randy Orton 03:55
27 David Otunga Raw 22 Chris Jericho 03:15
28 Randy Orton SmackDown 28 Chris Jericho 05:46
29 Chris Jericho Raw 29 Sheamus 11:34
30 Big Show SmackDown 27 Randy Orton 01:51

M The Miz foi forçado a entrar como número 01 após ser derrotado por R-Truth no Raw de 23 de janeiro[30] .
C Jerry Lawler e Booker T já haviam sido eliminados da luta quando eliminaram Michael Cole.
K Kharma foi a terceira mulher a participar de um Royal Rumble.
E Cody Rhodes eliminou o maior número de lutadores: 6.
S Big Show eliminou Jack Swagger antes de entrar no ringue.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Adam Martin (1-2-2012). Recent WWE attendance figures (1/28 to 1/31). Wrestleview.com The Wrestling Observer Newsletter. Página visitada em 2-2-2012.
  2. WWE ROYAL RUMBLE. Página visitada em 29 de novembro de 2011.
  3. Live & Televised Entertainment of World Wrestling Entertainment. WWE. Página visitada em 01-02-2010.
  4. Linder, Zach. 30-Man Royal Rumble Match. WWE.
  5. a b Murphy, Ryan. WWE Raw SuperShow results: Kane rises to hate. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  6. WWE Raw SuperShow results: Kane's hateful torment continues. Página visitada em 3 de janeiro de 2012.
  7. WWE Champion CM Punk vs. Dolph Ziggler (Special Guest Referee John Laurinaitis). Página visitada em 3 de janeiro de 2012.
  8. a b Powers, Kevin. WWE Raw SuperShow results: The fury of Kane's hate. Página visitada em 10 de janeiro de 2012.
  9. Murphy, Ryan. WWE Raw SuperShow results: Kane resurrected. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  10. Murphy, Ryan. WWE Raw SuperShow results: Punk, Bryan, Ryder start a revolution. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  11. Passero, Mitch. WWE Raw SuperShow results: Laurinaitis snaps!. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  12. Clapp, John. John Cena vs. Kane. WWE. Página visitada em 17 de janeiro de 2012.
  13. Burdick, Michael. Big Show def. Mark Henry; Daniel Bryan cashed in Money in the Bank (New World Heavyweight Champion). Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  14. Burdick, Michael. SmackDown results: 'Gigantic' controversy. Página visitada em 7 de janeiro de 2012.
  15. Parks, Greg. Parks' WWE SmackDown report 1/13: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including Daniel Bryan vs. Big Show, no count-out, no-DQ, for the World Title. Pro Wrestling Torch. Página visitada em 14 de janeiro de 2012.
  16. Burdick, Michael. SmackDown results: Lumberjack Match Rumbles out of control. Página visitada em 21 de janeiro de 2012.
  17. Giannini, Alex. World Heavyweight Champion Daniel Bryan vs. Big Show vs. Mark Henry (Triple Threat Steel Cage Match). WWE. Página visitada em 21 de janeiro de 2012.
  18. a b Melok, Bobby. World Heavyweight Champion Daniel Bryan def. Big Show and Mark Henry (Triple Threat Steel Cage Match). WWE.
  19. a b Matthews, Artus. Divas Champion Beth Phoenix, Natalya & The Bella Twins def. Eve, Kelly Kelly, Alicia Fox & Tamina. WWE.
  20. a b Passero, Mitch. John Cena vs. Kane (Double Count-out). WWE.
  21. a b Benigno, Anthony. Brodus Clay def. Drew McIntyre. WWE.
  22. a b Powers, Kevin. WWE Champion CM Punk def. Dolph Ziggler (Special Guest Referee John Laurinaitis). WWE.
  23. a b c Murphy, Ryan. Sheamus won the 30-Man Royal Rumble Match. WWE.
  24. Burdick, Michael. WrestleMania results: World Heavyweight Champion Daniel Bryan vs. Sheamus. Página visitada em 2 de abril de 2012.
  25. McNichol, Rob. Sheamus wins Royal Rumble. The Sun.
  26. The Great White takes a big bite out out of the 25th Royal Rumble. Canadian Online Explorer.
  27. Caldwell, James. Caldwell's WWE Royal Rumble report 1/29: Ongoing "virtual time" coverage of live PPV - Rumble match, Punk-Ziggler, Cena-Kane, steel cage. Pro Wrestling Torch. Página visitada em 30 de janeiro de 2012.
  28. Pritchard, Bill. WWE ROYAL RUMBLE PPV COVERAGE IN PROGRESS. WrestleZone. Página visitada em 30 de janeiro de 2012.
  29. a b Paglino, Nick. Complete List of Eliminations in Tonight's Royal Rumble. WrestleZone. Página visitada em 30 de janeiro de 2012.
  30. Powers, Kevin. WWE Raw SuperShow results: Laurinaitis takes a nap. WWE. Página visitada em 24 de janeiro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]