4.ª Região Militar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
4ª Região Militar
País  Brasil
Estado Minas Gerais
Corporação Exército Brasileiro
Subordinação Comando Militar do Leste
Sigla 4ª RM
Criação 1891
Aniversários 02 de julho
Comando
Comandante Gen Div Henrique Martins Nolasco Sobrinho[1]
Sede
Sede Belo Horizonte -  Minas Gerais
Bairro Gutierrez
Endereço Avenida Raja Gabáglia, 450
Internet Página oficial

A 4ª Região Militar (4ª RM) é uma das doze regiões militares do Exército Brasileiro. Seu nome histórico, Região das Minas do Ouro, é uma homenagem às primeiras entradas e bandeiras, lançadas no início do século XVIII, época da descoberta de importantes minas de ouro na região conhecida por Campo de Cataguás, mais tarde, Minas do Ouro, garantidora do fluxo aurífero do Brasil Colônia para a metrópole Portugal.

Sede e Abrangência[editar | editar código-fonte]

Está sediada em Belo Horizonte e possui jurisdição sobre o estado de Minas Gerais, exceto Triângulo Mineiro.

História[editar | editar código-fonte]

A 4ª Região Militar tem suas origens mais remotas no 4º Distrito Militar, criado em 2 de julho de 1891, como reflexo da necessidade de segurança nacional, que já naquela época exigia a presença do Exército em todo território Brasileiro.

Em 23 de fevereiro de 1915, o Exército sofreu nova reorganização, quando foram criados os grandes comandos, incluindo as regiões militares e as grandes unidades.

O Decreto nº 11.497, de 23 de fevereiro 1915, estabeleceu:

“O Presidente da República dos Estados Unidos do Brasil, usando da autorização que lhe foi conferida pelo artigo 43, n. II e III da lei n. 2.924, de 5 de janeiro do corrente anno, decreta: [...] Art. 21º. Para os efeitos do commando, administração e recrutamento das forças nacionaes, o território da República é dividido nas seguintes Regiões Militares: [...] 4ª Região – Constituída pelos Estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais; séde do commando: Nictheroy (provisoriamente).”

Assim, a 6 de março de 1915, o Gen Bda napoleão Felipe Aché assumiu o Comando da 4ª RM, expedindo seu Boletim Nr 1.

Em 16 de setembro de 1916, foi instalado, oficialmente, o QG na cidade de Juiz de Fora, inicialmente ocupando as instalações da antiga Escola Agrícola e, posteriormente, em 24 de maio de 1920, à Rua Mariano Procópio, nº. 1.180, cujas instalações haviam sido, no passado, moradia do Comendador Mariano Procópio Ferreira Lage e onde se hospedou a Família Real, em 1861.

Com a finalidade de se criar um Grande Comando Logístico e Operacional, com área de responsabilidade sobre todo o território de Minas Gerais, exceto o Triângulo Mineiro, o Decreto nº 1.740, de 8 de dezembro de 1995, extinguiu o Comando da 4ª Região Militar, com sede na cidade de Juiz de Fora, transformando o então Comando da 4ª Divisão de Exército, com sede em Belo Horizonte, em Comando da 4ª Região Militar e 4ª Divisão de Exército. Sua sede foi mantida na capital mineira e recebeu, em 11 de fevereiro de 2004, a denominação histórica de “Região Mariano Procópio e Divisão das Minas de Ouro”, unificando as denominações anteriormente concedidas aos Comandos da 4ª DE e da 4ª RM, enquanto Comandos autônomos.

Em 27 de agosto de 2007, decorrente do processo de reestruturação do Exército, a Portaria nº 587, extinguiu o Comando da 4ª Divisão de Exército. Em consequência, a 4ª Região Militar passou a ser o mais alto escalão da Força Terrestre presente no Estado de Minas Gerais, tendo sua área de responsabilidade neste Estado, exceto o Triângulo Mineiro.

Por fim, a Portaria nº 479, de 3 de julho de 2008, do Comandante do Exército, conferiu à 4ª Região Militar a denominação histórica de “região das Minas do Ouro”, em homenagem às primeiras entradas e bandeiras, lançadas no início do século XVIII, época da descoberta de importantes minas de ouro na região conhecida por Campo de Cataguás, mais tarde, Minas do Ouro, garantidora do fluxo aurífero do Brasil Colônia para a metrópole Portugal.

Antigos Comandantes[editar | editar código-fonte]

4ª Divisão de Exército

  • Gen Div Antônio Bandeira (de 1º Jan 1976 a 14 Dez 1977);
  • Gen Div Milton Tavares de Souza (de 12 Jan 1978 a 17 Abr 1978);
  • Gen Div Hermann Bergqvist (de 12 Mai 1978 a 10 Jan 1980);
  • Gen Div José Luiz Coelho Netto (de 29 Jan 1980 a 27 Ago 1981);
  • Gen Div Moacir Pereira (de 17 Set 1981 a 10 Mar 1983);
  • Gen Div José Eduardo L. Teixeira (de 10 Mar 1983 a 19 Abr 1985);
  • Gen Div Carlos Tinoco Ribeiro Gomes (de 19 Abr 1985 a 04 Mai 1987);
  • Gen Div Waltencir dos Santos Costa (4 Mai 1987 a 28 Abr 1989);
  • Gen Div Délio de Assis Monteiro (de 28 Abr 1989 a 30 Ago 1991);
  • Gen Div Abdias da Costa Ramos (de 30 Ago 1991 a 30 Abr 1993);
  • Gen Div José Enaldo Rodrigues de Siqueira (de 30 Abr 1993 a 2 Out 1994);
  • Gen Div Francisco Stuart C. Pamplona (de 2 Out 1994 a 25 Jul 1996).

4ª Região Militar e 4ª Divisão de Exército

  • Gen Div Walter Pereira Gomes (de 25 Out 1996 a 11 Abr 1997);
  • Gen Div Carlos Patrício Freitas Pereira (de 11 Abr 1997 a 15 Jan 1999);
  • Gen Div Rômulo Bini Pereira (de 15 Jan 1999 a 10 Abr 2001);
  • Gen Div Gilberto César Barbosa (de 10 Abr 2001 a 03 Abr 2003);
  • Gen Div Paulo César de Castro (de 03 Abr 2003 a 08 Jul 2005);
  • Gen Div Luiz Alfredo Reis Jeffe (de 08 Jul 2005 a 04 Mar 2006).

4ª Região Militar

  • Gen Div João Roberto de Oliveira (de 11 Abr 2006 a 14 Dez 2007);
  • Gen Div José Mário Facioli (de 14 Dez 2007 a 16 Abr 2010);
  • Gen Div Ilidio Gaspar Filho (de 16 Abr 2010 a 17 Dez 2012);
  • Gen Div Vicente Gonçalves de Magalhães (de 17 Dez 2012 a 15 Abr 2014);
  • Gen Div Mario Lucio Alves de Araujo (de 15 Abr 2014 a 17 Dez 2015)
  • Gen Div Walmir Almada Schneider Filho (de 17 Dez 2015 a 19 Maio 2017)

Organizações Militares Subordinadas[editar | editar código-fonte]

Organizações Militares Diretamente Subordinadas ao Comando da 4ª Região Militar[editar | editar código-fonte]

Organizações Militares Controladas pelo Comando da 4ª Região Militar[editar | editar código-fonte]

Organizações Militares Vinculadas ao Comando da 4ª Região Militar[editar | editar código-fonte]

  • 36º Batalhão de Infantaria Motorizada - Uberlândia
  • 11º Batalhão de Engenharia de Combate - Araguari

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências