Comando Militar do Leste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Comandos Militares do Brasil
CML
Comando Militar do Leste
Região Militar 1ª RM, 1ª DE e 4ª RM.
Ano de criação 1946
Comandante Gen Ex José Eduardo Pereira[1]
Localização Palácio Duque de Caxias
Rio de Janeiro
 Rio de Janeiro
Página oficial Página oficial
Abrangência Minas Gerais (exceto Triângulo Mineiro), Espírito Santo e Rio de Janeiro

O Comando Militar do Leste (CML) é um dos Comandos Militares de Área do Brasil. É o Comando da 1ª Região Militar e da 1ª Divisão de Exército, com sede no Rio de Janeiro (RJ) e da 4ª Região Militar sediada em Belo Horizonte (MG).

História[editar | editar código-fonte]

A presença militar na região remonta aos primórdios do país, sendo uma de suas primeiras lutas a expulsão dos franceses da região onde hoje é o Rio de Janeiro, por Estácio de Sá.

Na época da Colônia, as forças militares concentravam-se na então capital e na região das Minas Gerais (Ouro Preto), para garantir os interesses da Coroa Portuguesa na região.

No Brasil Império, foi de fundamental importância tanto no plano interno, ao ser principal centro para a manutenção do território nacional, quando das mais diversas revoltas pelo Brasil, como no plano externo, no envio das tropas à Guerra da Tríplice Aliança, tendo como seu principal quadro, Duque de Caxias.

Palco da Proclamação da República, foi na sua sede que se desenhou o atual sistema político do país.

Histórico do CML[editar | editar código-fonte]

Palácio Duque de Caxias, sede do Comando Militar do Leste, no Rio de Janeiro, Brasil.

O Decreto-Lei N° 9.510, de 24 julho de 1946, criou os Comandos das Zonas Militares do Sul, Centro, Leste e Norte, com sedes respectivamente, nas cidades de Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, em substituição à Organização Territorial, por Regiões Militares/Divisões de Infantaria, então vigente.

A Zona Militar do Leste foi estruturada com a 1ª RM/DI e a 4ª RM/DI e recebeu, como área de responsabilidade, o então Distrito Federal e os estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais.

Data daquela ocasião, a instalação de seu Quartel-General em um dos andares do monumental edifício do Ministério da Guerra, hoje denominado Palácio Duque de Caxias.

Fruto da evolução da doutrina militar terrestre, em agosto de 1956, o Comando da Zona Militar do Leste passou a denominar-se Comando do I Exército e, a partir de janeiro de 1986, recebeu a denominação de Comando Militar do Leste (CML), o qual conserva até hoje.

Organizações militares subordinadas[editar | editar código-fonte]

1.ª Região Militar - com jurisdição sobre os estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, e sede do Comando na cidade do Rio de Janeiro - RJ;

4.ª Região Militar - com jurisdição sobre o estado de Minas Gerais, exceto a área do Triângulo Mineiro, e sede do Comando na cidade de Belo Horizonte – MG;

5º Grupamento de Engenharia - sediado no Rio de Janeiro - RJ.

Organizações militares subordinadas[editar | editar código-fonte]

Estrutura do Comando Militar do Leste.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «INFORMEX No. 032, de 29 de junho de 2020». www.eb.mil.br. Consultado em 21 de março de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]