Agrolândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Agronômica.
Agrolândia
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Agrolândia
Bandeira
Brasão de armas de Agrolândia
Brasão de armas
Hino
Gentílico agrolandense
Localização
Localização de Agrolândia em Santa Catarina
Localização de Agrolândia em Santa Catarina
Agrolândia está localizado em: Brasil
Agrolândia
Localização de Agrolândia no Brasil
Mapa de Agrolândia
Coordenadas 27° 24' 43" S 49° 49' 33" O
País Brasil
Unidade federativa Santa Catarina
Municípios limítrofes Agronômica, Atalanta, Trombudo Central, Braço do Trombudo, Otacílio Costa e Petrolândia
Distância até a capital 274 km
História
Fundação 25 de julho de 1962 (57 anos)
Aniversário 25 de julho
Administração
Prefeito(a) Urbano José Dalcanale (PMDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 207,119 km²
População total (estimativa IBGE/2018[2]) 10 711 hab.
Densidade 51,71 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [3]) 0,725 alto
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 139 291,322 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 14 668,42
www.agrolandia.sc.gov.br (Prefeitura)

Agrolândia é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se na microrregião de Rio do Sul, tendo como principal atividade econômica a agropecuária. Foi colonizada pelos alemães, que são a principal etnia. O principal acesso ao município é pela rodovia SC-426, a partir da BR-470. Existem acessos secundários por Otacílio Costa, descendo a serra em estrada cascalhada. Também existem acessos secundários a partir do município de Braço do Trombudo e por Ituporanga via Atalanta.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O topônimo Agrolândia foi recebido pelo município porque sua economia é baseada na agricultura, atividade econômica na qual os habitantes do território municipal são dedicados a essa fonte de renda.

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: História de Agrolândia

Origens e povoamento[editar | editar código-fonte]

Em 1880, na época em que, de modo inexpressivo, os alemães passaram a colonizar a região de Rio do Sul, começaram também, a povoar o território municipal de Agrolândia. É possível mencionar como os primeiros imigrantes a morar na região, os pioneiros Leopoldo e Oswaldo Zwicker, Atwig Will e a família Prochnow. Inicialmente, Agrolândia foi chamada de Trombudo Alto, porque suas terras são cruzadas pelo rio Trombudo.[5]

O livro "Agrolândia de Trombudo Alto aos nossos tempos" cita como pioneiros de Agrolândia Eduard e Johann Will, Otto Zwicker, Wilhelm Kanitz e Otto, Leopold e Bruno Prochnow. E oito anos antes deles chegarem a Agrolândia já haviam chegado a Serra dos Alves José Alves da Silveira, Domingos Alves e Ricardo Alves, em 1908.

Formação administrativa e história recente[editar | editar código-fonte]

Foi elevado à categoria de Distrito em 1957. Certos anos após a sua elevação à distrito, no dia 12 de junho de 1962, Agrolândia elevou-se à categoria de município, por meio da Lei Estadual nº 831, com território que desmembrou-se de Trombudo Central. O novo município foi instalado no dia 25 de julho do mesmo ano. O primeiro prefeito que venceu as primeiras eleições municipais foi o senhor Adolfo Hedel.[6]

A denominação Agrolândia é o topônimo tradutor da atividade econômica que predominava no município, cujos habitantes são dedicados, acima de tudo, à lavoura. Sua área é de 207,119 km² e é um município pertencente à região do Vale do itajaí.[5] Atualmente sua economia está baseada na indústria metalmecânica e têxtil.

O município[editar | editar código-fonte]

Agrolândia localiza-se na região do Alto vale do Itajaí. Tendo como acesso principal, a BR 470, seguida da SC 426. Dividida geograficamente em Centro, Bairro São João, Bairro São João, Bairro Três Barras, Bairro Siegel, Bairro Ipiranga e comunidades rurais de Serra dos Alves, Carrapatos, Serra Velha, Ribeirão Garganta, Rio Novo, Ribeirão das Pedras, Rio Bonito, São João, Ribeirão Xaxim, Ribeirão do Tigre, Valada do Tigre, Barra do Tigre e Pitangueira.

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Estimativa populacional 2018 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 31 de dezembro de 2018. Consultado em 27 de abril de 2019 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 30 de junho de 2014 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. a b El-Khatib, Faissal (1970). História de Santa Catarina. 4. Curitiba: Grafipar. p. 10 
  6. El-Khatib, Faissal (1970). História de Santa Catarina. 4. Curitiba: Grafipar. p. 17 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Agrolândia