Rio do Campo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Rio do Campo
Bandeira de Rio do Campo
Brasão de Rio do Campo
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 29 de dezembro de 1961 (55 anos)
Gentílico riocampense[1]
Prefeito(a) Rodrigo Preis (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Rio do Campo
Localização de Rio do Campo em Santa Catarina
Rio do Campo está localizado em: Brasil
Rio do Campo
Localização de Rio do Campo no Brasil
26° 56' 56" S 50° 08' 27" O26° 56' 56" S 50° 08' 27" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Vale do Itajaí IBGE/2008[2]
Microrregião Rio do Sul IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Monte Castelo, Papanduva, Salete, Santa Cecília, Santa Terezinha, Taió e Vitor Meireles
Distância até a capital 275 km
Características geográficas
Área 506,198 km² [3]
População 6 195 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 12,24 hab./km²
Altitude 570 m
Clima 25 °C
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,729 elevado PNUD/2010 [5]
PIB R$ 84 185,750 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 13 631,11 IBGE/2008[6]
Página oficial

Rio do Campo é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 26º56'56" sul e a uma longitude 50º08'29" oeste, estando a uma altitude de 570 metros. Sua população estimada em 2011 era de 6.167 habitantes. Possui uma área de 496,9 km².

Economia[editar | editar código-fonte]

Sua economia é baseada basicamente na pequena propriedade familiar rural, sendo que se destacam os cultivos de arroz e fumo, e em menor escala estão os cultivos de milho, feijão, criações de gado, etc.

O município também vem tomando como vocação o plantio em grande quantidade de pinus e eucalipto, e a extração de resina dos pinus. Registre-se que a cidade, que começou essencialmente agrícola, já mostra vias de progresso na agroindústria.

No local estão várias famílias de origem europeia, dentre as quais portuguesas, italianas, alemães e polonesas. Existem origens negras e indígenas também no local.

O município conquistou sua própria comarca a partir do ano de 2004.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Existiam no município iniciativas culturais de grande ênfase como a festa das Origens a qual conseguia reunir os antigos Riocampenses que ainda possuem vínculos com sua antiga cidade, seja pela presença de familiares ou laços do passado. Rio do Campo não possui eventos culturais distintos que reflitam sua colonização devido à remoção destes no ano de 2005, porém no ano de 2013, Rio do Campo teve o retorno de sua principal festividade, a Festa das Origens, ainda conta com festivais da canção, CTGs, entre outras festividades.

História[editar | editar código-fonte]

A história de sua colonização tem origem na Guerra do Contestado, quando alguns fugitivos desceram a Serra Geral fixando-se nas localidades de Rio Azul e arredores. Foram registrados conflitos entre posseiros em Taiozinho. Desmembrou-se de Taió no dia 29 de dezembro cuja data é o nome da rua principal da cidade.

Religião[editar | editar código-fonte]

A religião local é predominantemente católica, seguida pela Assembleia de Deus, Congregação Cristã e Igreja Luterana (IECLB e IELB), dividindo-se ainda em várias outras denominações protestantes. Existem congregações espíritas, ocultistas e maçônicas.

Referências

  1. Histórico de Rio do Campo no site do IBGE
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 30 de junho de 2014 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.