Análise química

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Uma análise química é um processo que fornece informações químicas ou físicas sobre uma amostra. É o conjunto de técnicas de laboratório utilizadas na identificação das espécies químicas envolvidas em uma reação química, bem como da quantidade dessas espécies.

Classificação[editar | editar código-fonte]

As análises químicas podem ser realizadas de três diferentes formas: quantitativamente, qualitativamente ou apenas imediata.

  • Análise imediata: consiste em isolar as espécies que constituem o material, esse isolamento pode ser feito manualmente. Por exemplo, se queremos analisar uma amostra sólida e esta estiver inserida em um meio líquido, é preciso retirar este sólido do meio aquoso;
  • Análise qualitativa: essa etapa identifica a composição do material. São precisos instrumentos apropriados para executar este procedimento. O resultado, neste caso, pode ser obtido pela mistura de outro componente à mistura;
  • Análise quantitativa: é a análise mais criteriosa. Além de saber do que se trata o material, ainda é preciso saber a quantidade do componente em questão dentro da amostra.

Foi seguindo esses passos básicos que a ciência evoluiu e chegou ao que é hoje: essencial na descoberta de curas de doenças, na tecnologia, entre outros benefícios.

Existem diversas técnicas de análise química, normalmente referindo-se a técnicas em via úmida e instrumental.

Via úmida[editar | editar código-fonte]

É um conjunto de análises usadas para determinar cátions e ânions em solução aquosa. Por exemplo: de cátions, consiste na verificação da solubilidade dos cátions com várias condições, aplicadas à amostra em sequência: adição de HCl, H2SO4, hidróxido de amônio, Carbonatos, sulfeto d

Análise qualitativa de cátions[editar | editar código-fonte]

Alguns cátions, quando volatilizados na chama do bico de Bunsen, apresentam coloração característica. A cor da chama fornece, na maioria das análises, apenas uma indicação qualitativa da presença de um cátion. Sua identificação é feita, posteriormente, por meio de reações químicas adequadas.

Instrumental[editar | editar código-fonte]

Técnicas que utilizam propriedades físico-químicas dos componentes da amostras para sua identificação e quantificação (análise qualitativa e quantitativa):