Antônio das Mortes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Antônio das Mortes é um personagem interpretado por Maurício do Valle, criado para o filme Deus e o Diabo na Terra do Sol, de 1964, do diretor baiano Glauber Rocha. Ele se autodenomina matador de cangaceiros. Veste um grande chapéu e uma capa de montaria (que lembra Django) e está sempre com um rifle. No filme ele persegue e mata Corisco, um dos últimos comparsas de Lampião, e célebre pela sua selvageria.

Com o sucesso do personagem, ele retornaria em outro filme de Glauber Rocha, O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro, de 1969, conhecido internacionalmente também como Antonio das Mortes. Nesse segundo filme, Antônio das Mortes vai a uma cidade do interior brasileiro, contratado para matar Coirana, um novo chefe cangaceiro. Ele o faz, mas acaba se rebelando contra jagunços e um velho fazendeiro (coronel) que domina a região.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.