Barra de São Francisco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros termos de São Francisco, veja São Francisco.
Disambig grey.svg Nota: Para o distrito, veja Barra do São Francisco.
Município de Barra de São Francisco
"Terra do granito"
Bandeira de Barra de São Francisco
Brasão de Barra de São Francisco
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 4 de outubro
Fundação 31 de outubro de 1943 (75 anos)
Gentílico francisquense
Lema A sentinela capixaba
Prefeito(a) Alencar Marim (PT)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Barra de São Francisco
Localização de Barra de São Francisco no Espírito Santo
Barra de São Francisco está localizado em: Brasil
Barra de São Francisco
Localização de Barra de São Francisco no Brasil
18° 45' 18" S 40° 53' 27" O18° 45' 18" S 40° 53' 27" O
Unidade federativa Espírito Santo
Mesorregião Noroeste Espírito-santense IBGE/2008 [1]
Microrregião Barra de São Francisco IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Vila Pavão, Mantena-MG, Ecoporanga, Águia Branca,Mantenópolis, Nova Venécia, Água Doce do Norte
Distância até a capital 264 km
Características geográficas
Área 933,747 km² [2]
População 44 244 hab. Censo IBGE/2014[3]
Densidade 47,38 hab./km²
Clima temperado
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,683 médio PNUD/2010[4]
PIB R$ 343 175,786 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 8 309,14 IBGE/2008[5]

Barra de São Francisco é um município brasileiro do estado do Espírito Santo. Sua população, segundo contagem feita pelo IBGE, em 2010, era de cerca de 40.610 habitantes[6]. O último censo não mostrou os mesmos números e acredita-se que sua população seja estimada em torno dos 45 mil habitantes.

As principais fontes de renda do município são a extração de granito, a agricultura e o comércio. Comércio diversificado, tem atraído bons profissionais da área da medicina e empresários em geral, notadamente os ligados à área de mineração.

História[editar | editar código-fonte]

O desbravamento da região começou em 1927, lavradores vindos de Minas Gerais, Colatina e  São Mateus em busca de terras devolutas e férteis.

Estabelecem-se na confluência dos rios Itaúnas e São Francisco, O primeiro povoado de São Mateus em 1932 fundando Patrimônio de São Sebastião.

As primeiras casas eram de estuque, cobertas de palha de palmito e tábuas de madeira.

Em 1928 a agricultura cafeeira se expandiu com o aumento dos lavradores à procura de terras.

No ano seguinte, com a construção da ponte sobre o Rio Doce, o plantio de café foi ampliado.

A região teve um grande conflito chamado o "Contestado" que começou depois que o fiscal do município mineiro de Itambacuri, Antônio Matos, publicou edital em 1937 declarando que a então região capixaba de Mantena pertencia ao Estado de Minas Gerais.

Os mineiros invadiram a área e o Governo do Espírito Santo enviou soldados para algumas regiões de Barra de São Francisco.

No ano seguinte o Governo capixaba escreveu ao presidente Getúlio Vargas reclamando da violência com que os policiais mineiros tratavam o povo da região.

Em 31 de março de 1938, torna-se sede de distrito, pela Lei nº 9. 222, com denominação de Barra de São Francisco.

Durante o ano de 1940 o Serviço Geográfico do Exército realizou levantamentos na região e o laudo foi entregue ao Governo Federal.

Em 31 de outubro de 1943, pela Lei 15.177 é criado o município de Barra de São Francisco, desmembrado de São Mateus. A instalação do município ocorreu em 1 de março de 1944.

Os Estados de Minas e Espírito Santo disputaram a região por mais de 25 anos.

Em 16/09/1963 os limites territoriais entre Minas e Espírito Santo foram definidos.

Atualmente Mantena faz parte do Estado de Minas Gerais.

Barra de São Francisco também é conhecida como “Sentinela Capixaba”, dizeres impressos em seu Brasão, que representam valentia e bravura dos agricultores e policiais mortos em defesa do território capixaba.

Data da Emancipação Política de Barra de São Francisco: 31/12/1943, através do Decreto Lei Estadual nº 15.177.

Significado do nome de Barra de São Francisco originou-se do fato de a cidade estar localizado na confluência dos rios São Francisco e Itaúnas.

04 de outubro: Aniversário da Cidade e Dia do Padroeiro da cidade.

Hino[editar | editar código-fonte]

Ao Brasil entoemos nosso canto

Nesse dia de festa e de alegria

Que todos saibam, no Espírito Santo:

Barra de São Francisco tem seu dia

Salve Barra de São Francisco!

A Sentinela Capixaba!

O valor moral dessa gente,

É riqueza que não se acaba!

A cidade progride sem parar!

Vai cumprindo feliz o seu destino...

Assim seguimos, com ritmo a cantar:

Barra de São Francisco tem seu hino.

Salve Barra de São Francisco!

A Sentinela Capixaba!

O valor moral dessa gente,

É riqueza que não se acaba!

Que cantemos alegres mais ainda,

Todos nós, seja velho, ou seja, novo...

Que todos cantem a música linda:

Barra de São Francisco tem seu povo.

Salve Barra de São Francisco!

A Sentinela Capixaba! O valor moral dessa gente,

É riqueza que não se acaba!

Letra: Manoel Lobato

Música: Edson da Silveira Guedes

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. IBGE - [1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Espírito Santo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.