Bicho (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Bicho
Álbum de estúdio de Caetano Veloso
Lançamento 1977
Gênero(s) MPB; Tropicália
Gravadora(s) Philips
Cronologia de Caetano Veloso
Qualquer Coisa
(1975)
Muito - Dentro da Estrela Azulada
(1978)

Bicho é o nono álbum de estúdio do cantor e compositor baiano Caetano Veloso, lançado em 1977. O álbum foi gravado depois que Veloso passou um mês com Gilberto Gil em Lagos, Nigéria e a influência da música africana, como Juju, pode ser ouvida em todo o álbum.[1] No ano seguinte, Caetano fez um show ao lado da Banda Black Rio,[2] conhecida por fazer uma fusão entre funk, samba e jazz.[3]


Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Odara"   7:20
2. "Two Naira Fifty Kobo"  
  • Veloso
5:03
3. "Gente"  
  • Veloso
3:35
4. "Olha o Menino"   3:01
5. "Um Índio"  
  • Veloso
2:57
6. "A Grande Borboleta"  
  • Veloso
1:11
7. "Tigresa"  
  • Veloso
6:21
8. "O Leãozinho"  
  • Veloso
3:06
9. "Alguém Cantando"  
  • Veloso
3:22
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4.5 de 5 estrelas. link

Referências

  1. Dunn, Christopher (2001). Brutality Garden: Tropicália and the Emergence of a Brazilian Counterculture. ISBN 978-0807849767.
  2. «40 lições de como querer caetanear». O Estado de S. Paulo. 19 de Dezembro de 2002 
  3. Banda Black Rio
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Caetano Veloso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.