Bom Jesus dos Perdões

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Bom Jesus dos Perdões
"BJP, PERDÕES"
Centro e igreja matriz

Centro e igreja matriz
Bandeira de Bom Jesus dos Perdões
Brasão de Bom Jesus dos Perdões
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 22 de maio
Fundação 22 de maio de 1705 (311 anos)s
Emancipação 18 de dezembro de 1959 (57 anos)
Gentílico perdoense
Prefeito(a) Sérgio Ferreira (PSDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Bom Jesus dos Perdões
Localização de Bom Jesus dos Perdões em São Paulo
Bom Jesus dos Perdões está localizado em: Brasil
Bom Jesus dos Perdões
Localização de Bom Jesus dos Perdões no Brasil
23° 08' 06" S 46° 27' 54" O23° 08' 06" S 46° 27' 54" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Macro Metropolitana Paulista IBGE/2008 [1]
Microrregião Bragança Paulista IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Atibaia, Nazaré Paulista e Piracaia
Distância até a capital 78 km
Características geográficas
Área 108,513 km² [2]
População 20 199 hab. Censo IBGE/2013[3]
Densidade 186,14 hab./km²
Altitude 770 m
Clima tropical de altitude Cwb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,78 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 349,753 44 mil IBGE/2013[5]
PIB per capita R$ 17,315 38 IBGE/2013[5]
Página oficial

Bom Jesus dos Perdões é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 23º08'06" sul e a uma longitude 46º27'55" oeste, estando a uma altitude de 770 metros. Sua população estimada em 2016[6] é de 23.530 habitantes. Atualmente a cidade apresenta um rápido crescimento populacional, sendo uma das cidades que mais crescem na região, praticamente dobrando de tamanho em 15 anos, entre outros fatores devido à saturação do mercado imobiliário da cidade vizinha de Atibaia e ao enorme número de empresas que vem se instalando nos arredores da Rodovia Dom Pedro I em direção aos bairros Serra Negra e Pedra Grande. Tal crescimento demanda viabilizar a abertura de novos loteamentos habitacionais na região que ainda são escassos e caros, isso afim de evitar invasões, loteamentos clandestinos e Ocupação desordenada.

Vista Parcial do Distrito industrial, ao fundo bairros Marinas e Alpes
Alagamento no encontro dos Rio Atibainha com o Rio Cachoeira em período de chuvas, novas empresas invadem a região de várzea
Vista parcial da área urbana, nota-se a colina na qual a cidade se edificou
Vista parcial de um loteamento residencial, ao fundo observa-se a pedra do coração inserida na silhueta da serra da cantareira


Apesar de possuir um grande número de indústrias, o município conta com insuficiente número de estabelecimentos comerciais como apenas 3 postos de combustíveis, 3 agências bancárias e uma única lotérica o que obriga a população a se deslocar diariamente e enriquecer as cidades vizinhas. Além disso, não há maternidade.

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

Município fundado em 22 de maio de 1705 (311 anos), por Bárbara Cardoso de Almeida, paulistana, filha de Mathias Cardoso de Almeida e Isabel Furtado. Seu filho frei Mathias Lopes é fundador de Nazaré Paulista.

A região integra o ciclo das bandeiras que partiam de São Paulo com destino aos sertões brasileiros a procura de riquezas minerais, principalmente esmeraldas e outras pedras preciosas. Fernão Dias Paes Leme, em sua última "bandeira", deixou naquela região sua prima, Bárbara Cardoso, que estabeleceu-se no local, dando início ao povoado do qual se originaram duas cidades-irmãs: Bom Jesus dos Perdões e Nazaré Paulista. Ela foi responsável pela construção de uma capela, que deu origem ao atual Santuário do Senhor Bom Jesus dos Perdões, um templo religioso católico, em estilo barroco mineiro, que no início do século XIX foi reformado pelos discípulos de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. Em 1913, a capela do Senhor Bom Jesus dos Perdões foi elevada a Santuário Arquiepiscopal, hoje, um centro religioso que recebe anualmente a visita de milhares de turistas e devotos vindos de todas as partes do país.

Seus nomes, de povoado a município[editar | editar código-fonte]

No progresso entre povoado até chegar a município, a Bom Jesus dos Perdões foram atribuídos outros nomes[7]:

  • Bom Jesus dos Perdões - conforme o nome de sua capela, fundada em 1705, e seu padroeiro.
  • Perdões - foi elevada a categoria de Freguesia pela lei 1543 de 30/12/1916, dentro do município de Nazaré Paulista, com o nome de Perdões.
  • Ajuritiba - O Decreto Lei 14334 de 20/11/1944, mudou seu nome para Ajuritiba.
  • Bom Jesus dos Perdões - pela lei 233 de 24 de dezembro de 1948, tomou seu atual nome e pela lei 5285 de 18/12/1959 criou-se oficialmente o município.


Geografia[editar | editar código-fonte]

Planejamento e Urbanismo[editar | editar código-fonte]

Na vista por satélite nota-se uma distribuição urbana um pouco peculiar com o centro da cidade praticamente na zona sul e o resto da cidade cresceu praticamente toda em direção ao norte, voltando-se ao município vizinho de Atibaia e às margens da Rod. Dom Pedro I. Como ocorre em grande parte das cidades brasileiras, na zona sul encontra-se poucos bairros porém de maior padrão social como o Loteamento Alpes D'Ouro localizado no bairro Serra Negra.

Relevo[editar | editar código-fonte]

O município apresenta elevação de 770 metros e relevo com ondulações na maior parte do perímetro urbano, elevações acima dos 1.400 m a oeste na Serra da Cantareira próximo ao Monumento Natural Estadual da Pedra Grande e regiões mais planas em direção ao sul.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima de Bom Jesus dos Perdões é tropical de altitude, tendo invernos relativamente frios e secos e verão quente e chuvoso.

Gráfico climático para B. J. Perdões
J F M A M J J A S O N D
 
 
239
 
27
18
 
 
218
 
28
18
 
 
160
 
27
18
 
 
76
 
25
16
 
 
74
 
23
13
 
 
56
 
22
12
 
 
43
 
22
12
 
 
38
 
23
13
 
 
81
 
24
14
 
 
124
 
24
15
 
 
145
 
26
16
 
 
201
 
26
17
Temperaturas em °CPrecipitações em mm
Fonte: Canal do Tempo

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2000

População Total: 13.313

  • Urbana: 11.223
  • Rural: 2.090
  • Homens: 6.689
  • Mulheres: 6.624

Densidade demográfica (hab./km²): 122,70

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 16,80

Expectativa de vida (anos): 70,73

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,45

Taxa de Alfabetização: 89,55%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,780

  • IDH-M Renda: 0,719
  • IDH-M Longevidade: 0,762
  • IDH-M Educação: 0,859

(Fonte: IPEADATA)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Associacionismo[editar | editar código-fonte]

Está presente no município a BJPAero, Associação de Aeromodelismo de Bom Jesus dos Perdões, fundada em 2005, homologada pela Confederação Brasileira de Aeromodelismo (COBRA).

Infra-estrutura[editar | editar código-fonte]

Energia elétrica[editar | editar código-fonte]

A concessionária de energia elétrica que atende o município é a Elektro, antiga Cesp.

Água e esgoto[editar | editar código-fonte]

O município tem captação própria de água e a distribui por toda a zona urbana através de um departamento da própria prefeitura. A rede de esgoto também abrange toda zona rural, mas não há tratamento.

Bairros[editar | editar código-fonte]

Parque Hortência[editar | editar código-fonte]

É o bairro mais populoso da cidade, possui um pequeno comércio como mini-mercado, foi recentemente completamente pavimentado além de receber uma linha de ônibus que passa pela rua Peru, o que contribuiu para a diminuição do transporte clandestino e a eliminação do deslocamento dos passageiros até a avenida Santos Dumont. O Bairro possui 3 saídas, sendo que a principal desemboca o tráfego de veículos na Avenida Marginal justamente na mesma rua do transito do bairro do Kaikan formando um gargalo e frequentes engarrafamentos próximo a entrada da cidade.

Serra Negra[editar | editar código-fonte]

Bairro com privilegiada localização com o trevo do km 59 da rodovia Dom Pedro I SP-65. Devido a essas facilidades, o bairro tem atraído muitas empresas e milhares de moradores com isso um intenso tráfego de veículos. A Estrada municipal da Serra Negra num trecho de apenas 9 km liga a Dom Pedro I SP-65 até a Rodovia Salomão Chamma SP-23 permitindo o acesso com a cidade de Mairiporã. Mesmo assim a estrada principal do bairro ainda é precária e sem pavimentação, além disso, o bairro não possui ligação de água encanada. O bairro possui pequeno comércio como açougue, mini-mercados e uma escola do ensino primário.

Serra Negra: Novas empresas e ruas de terra
Serra Negra: Ótima localização para empresas no trevo e pobre infraestrutura

Alpes Bom Jesus[editar | editar código-fonte]

É um bairro tranquilo, totalmente residencial, formado somente de sítios e chácaras e ruas de terra. Exite apenas uma entrada com uma guarita da associação de moradores local que controla o fluxo de veículos. Praticamente não há comércio no bairro. Possui acesso pela Rod. Dom Pedro I no Km 59.

Marinas[editar | editar código-fonte]

Localizado ao lado do Alpes Bom Jesus é um bairro tranquilo com apenas uma entrada. Praticamente não há comércio no bairro. Formado somente de chácaras, a via principal do bairro foi asfaltada, possui acesso pela Rod. Dom Pedro I no Km 58.

Pedra Grande[editar | editar código-fonte]

Sendo um bairro com localização privilegiada no trevo do km 65 da Rod. Dom Pedro I SP-65 com a Rod. Jan Antonin Bata SP-36 o bairro tem atraído inúmeras empresas. Não há comércio no bairro. A via principal que leva a essas empresas foi recentemente asfaltada. Atualmente o bairro encontra-se num grande canteiro de obras de galpões industriais.


Turismo[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2013». Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2013. Consultado em 11 de dezembro de 2013 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/pibmunicipios/2010/default_xls.shtm. Consultado em 2 de outubro de 2016  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  6. «Estimativas da população para 1 de julho de 2009» (PDF). Estimativas de População. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 out. 2010. Consultado em 16 de agosto de 2009 
  7. Vlademir de Azevedo. «IBGE - Histórico do município de Bom Jesus dos Perdões». Consultado em 31 de janeiro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Wikivoyage Guia turístico no Wikivoyage

Ver também[editar | editar código-fonte]