Budgie (ambiente de desktop)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2018). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Budgie (desambiguação).
Budgie
Captura de tela
Budgie
Desenvolvedor Ikey Doherty e Solus
Lançamento 7 de dezembro de 2013 (5 anos)
Versão estável 10.4 (15 de agosto de 2017; há 11 meses)
Linguagem C, Vala
Sistema operativo Unix-like com X11
Gênero(s) Ambiente de desktop
Licença GNU LGPLv2.1 para bibliotecas, GNU GPLv2 para binários
Estado do desenvolvimento ativo
Página oficial budgie-desktop.org

Budgie é um ambiente de área de trabalho que usa tecnologias do GNOME, tais como o GTK+ (> 3.x) e é desenvolvido pelo projeto Solus, bem como pelos contribuintes, a partir de numerosas comunidades como o openSUSE Tumbleweed, Arch Linux e Ubuntu Budgie.

Budgie enfatiza a eficiência, simplicidade, elegância e usabilidade, especialmente de usabilidade para novos usuários. Ele proporciona uma experiência no ambiente de trabalho semelhante ao dos sistemas operacionais móveis, como Android, também se assemelha ao GNOME. Ele coloca menos ênfase na possibilidade de personalização e de área de trabalho virtual tratamento procurado por experientes usuários de energia, embora as versões mais recentes são um pouco mais configurável.

Budgie versão 10.4.

Aplicações[editar | editar código-fonte]

O ambiente de trabalho Budgie se integra com o GNOME, empregando tecnologias subjacentes para oferecer uma experiência de área de trabalho alternativa. Aplicativos do Budgie geralmente usam GTK e barras de título semelhantes a aplicações GNOME. Budgie constrói o que é efetivamente uma lista de Favoritos automaticamente enquanto o usuário trabalha, movendo categorias e aplicativos para o topo dos menus quando eles são usados.

História[editar | editar código-fonte]

Budgie foi desenvolvido, inicialmente, para o ambiente de trabalho da distribuição Linux Evolve OS. Após a alteração do nome de Evolve OS para Solus, o desenvolvimento do Budgie acelerou.

As primeiras versões do Budgie eram lentas e propensas a falhas. A velocidade e a confiabilidade têm melhorado com o tempo.

Budgie v1 foi lançado 18 de fevereiro de 2014, v10 em 27 de dezembro de 2015. O esquema de controle de versão mudou, com a versão atual sendo 10.4.

Começando com a versão 11, Budgie será reescrito em Qt.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Germain, Jack M. (29 de julho de 2016). «Homegrown Budgie desktop shows off the beauty—and beastliness—of Solus simplicity». Linux Picks and Pans. TechNewsWorld (em inglês). Consultado em 12 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 15 de abril de 2017 
  2. Byfield, Bruce (4 de junho de 2016). «Budgie-remix: Unity Light and then some». OCS-Mag (Open Content & Software Magazine) (em inglês). Consultado em 17 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 17 de setembro de 2017 
  3. Germain, Jack M. (15 de agosto de 2017). «Ubuntu Budgie distro: simple, clean and user-friendly». Linux Picks and Pans. Linux Insider (em inglês). Consultado em 12 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 12 de setembro de 2017 
  4. Hartley, Matt (5 de setembro de 2017). «Best new Linux desktop environments». Open Source. Datamation (em inglês). Consultado em 17 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 11 de setembro de 2017 
  5. Hartley, Matt; Byfield, Bruce (21 de junho de 2017). «Best Linux distro: Linux experts rate distros». Open Source. Datamation (em inglês). Consultado em 12 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 3 de setembro de 2017 
  6. a b Ljubuncic, Igor [Dedoimedo] (31 de agosto de 2017). «Budgie desktop—you shall not pass!». OCS-Mag (Open Content & Software Magazine) (em inglês). Consultado em 17 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 17 de setembro de 2017 
  7. Dubowy, Liane M. (1 de setembro de 2017). «Linux-Distribution Solus 3 unterstützt Snap-Pakete» [Linux Distribution Solus 3 supports Snap packages]. c't: Magazin für Computertechnik (em alemão). 19. 38 páginas. Consultado em 17 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 17 de setembro de 2017 
  8. Watson, J.A. (9 de fevereiro de 2017). «Hands-on: Solus Linux and the Budgie desktop». Jamie's Mostly Linux Stuff. ZDNet (em inglês). Consultado em 11 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 3 de julho de 2017 
  9. «Branding». Solus Project (em inglês). Consultado em 11 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 11 de setembro de 2017 
  10. Ljubuncic, Igor [Dedoimedo] (21 de fevereiro de 2015). «Budgie desktop—a new kid on the block». OCS-Mag (Open Content & Software Magazine) (em inglês). Consultado em 17 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 17 de setembro de 2017 
  11. Doherty, Ikey (25 de janeiro de 2017). «Kicking off Budgie 11». Budgie Desktop (em inglês). Consultado em 11 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 11 de setembro de 2017 
  12. Nestor, Marius (25 de janeiro de 2017). «Budgie 11 desktop environment development kicks off, will support GNOME apps, Qt». Softpedia (em inglês). Consultado em 11 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 20 de fevereiro de 2017 
  13. Larabel, Michael (24 de janeiro de 2017). «Budgie Desktop to begin decoupling from GNOME, will use Qt». Phoronix (em inglês). Consultado em 11 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 11 de setembro de 2017 

Erro de citação: Elemento <ref> com nome "Arch-Linux-2017-07-13" definido em <references> não é utilizado no texto da página.
Erro de citação: Elemento <ref> com nome "Capitani-2015-11-02" definido em <references> não é utilizado no texto da página.
Erro de citação: Elemento <ref> com nome "Capitani-2016-06" definido em <references> não é utilizado no texto da página.
Erro de citação: Elemento <ref> com nome "GeckoLinux" definido em <references> não é utilizado no texto da página.
Erro de citação: Elemento <ref> com nome "Lynch-and-Sabbagh-2017-04-19" definido em <references> não é utilizado no texto da página.

Erro de citação: Elemento <ref> com nome "Solus-main" definido em <references> não é utilizado no texto da página.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Links externos[editar | editar código-fonte]