KDE Plasma 5

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
KDE Plasma 5
KDE Plasma 5 banner.png
Captura de tela
Ambiente de desktop KDE Plasma 5
Desenvolvedor KDE
Plataforma KDE
Lançamento 15 de julho de 2014 (3 anos)[1]
Versão estável 5.12.3 (6 de março de 2018; há 0 dia[2]) [+/-]
Versão em teste 5.12 Beta (15 de janeiro de 2018; há 0 dia[3]) [+/-]
Linguagem C++, QML
Sistema operacional Linux, Unix-like
Gênero(s) Shell gráfico
Licença GNU Lesser General Public License
Estado do desenvolvimento Ativo
Página oficial www.kde.org/plasma-desktop

KDE Plasma 5 é a quinta e atual geração do ambiente de trabalho criado pelo KDE principalmente para sistemas Linux. O KDE Plasma 5 é o sucessor do KDE Plasma 4 e foi inicialmente lançado em 15 de julho de 2014.[1][4][5] Inclui um novo tema padrão, conhecido como "Breeze", bem como uma maior convergência em diferentes dispositivos. A interface gráfica foi totalmente migrada para o QML, que usa o OpenGL para aceleração de hardware, resultando em melhor desempenho e menor consumo de energia.[1][6]

Visão geral[editar | editar código-fonte]

O mascote do KDE Konqi e o ambitente de desktop Plasma.

Arquitetura de software[editar | editar código-fonte]

O KDE Plasma 5 é construído usando Qt 5 e KDE Frameworks 5,[7] predominantemente plasma-framework.[8]

Ele melhora o suporte para monitores HiDPI e entrega um shell gráfico convergente, capaz de modificar o shell gráfico de acordo com o dispositivo em uso. 5.0 também inclui um novo tema padrão, denominado Breeze. As mudanças sob o capô incluem a migração para uma nova pilha de gráficos totalmente acelerada por hardware centrada em um gráfico de cena baseado em OpenGL (ES). O Plasma 5 completa a migração do KDE Plasma 4 para QtQuick. O QtQuick 2 do Qt 5 usa um gráfico de cena baseado em OpenGL (ES) acelerado por hardware para compor e renderizar gráficos na tela, o que permite a descarga de tarefas de renderização de gráficos computacionalmente caras para a GPU, que libera recursos na CPU principal do sistema e é mais rápido e mais eficiente em economia de energia.[1]

Sistemas de janelas[editar | editar código-fonte]

KDE Plasma 5 usa o X Window System, mas o suporte ao Wayland está em desenvolvimento.[1] O suporte inicial ao Wayland foi disponibilizado na versão 5.4. O suporte estável para uma sessão básica do Wayland foi fornecido na versão 5.5 (dezembro de 2015).[9]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Desde a divisão da KDE Software Compilation em KDE Plasma, KDE Frameworks e KDE Applications, cada subprojeto pode desenvolver-se ao seu próprio ritmo. O KDE Plasma 5 está em seu próprio calendário de lançamento, com lançamentos de recursos a cada três meses e versões de correções de bugs nos meses intermediários.

Referências

  1. a b c d e «KDE Plasma 5.0 Released». KDE. 15 de julho de 2014. Consultado em 19 de agosto de 2014 
  2. «Release Announcements: Plasma 5.12». KDE 
  3. «Plasma 5.12 LTS Beta Makes Your Desktop Smoother and Speedier». KDE 
  4. Joey-Elijah Sneddon. «KDE Plasma 5 Arrives with Fresh New Look, True Convergence». OMG! Ubuntu! 
  5. «KDE Plasma 5—For those Linux users undecided on the kernel's future». Ars Technica 
  6. «KDE Plasma 5 Arrives with Fresh New Look, True Convergence». OMG! Ubuntu!. 15 de julho de 2014. Consultado em 11 de fevereiro de 2015 
  7. Jos Poortvliet (17 de dezembro de 2013). «Qt 5.2 - Foundation for KDE Frameworks 5». Dot.kde.org. Consultado em 10 de março de 2014 
  8. «plasma-framework readme» 
  9. «Plasma 5.5 With Beautiful New Artwork». KDE.news 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.