Manjaro Linux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manjaro Linux
Manjaro logo and name white background.png
Manjaro-linux-15-09.png
Interface Xfce, Openbox, KDE[1]
LXDE, GNOME Shell, E17, MATE, Cinnamon (Outras Edições da Comunidade)[2]
Página oficial manjaro.github.io/%20manjaro.org

Manjaro Linux, ou apenas Manjaro (pronunciado "man-djá-ro" como em Kilimanjaro ), é uma distribuição Linux, como ambiente gráfico padrão Xfce. Um sistema operacional de software livre, principalmente para computadores pessoais destinadas a facilidade de uso. Como sua base de inspiração, Arch Linux, Manjaro usa um modelo rolling release.[3]

Relação com Arch Linux[editar | editar código-fonte]

Manjaro Linux é baseada no Arch Linux, tendo o seu próprio conjunto de repositórios. A distribuição tem como objetivo ser uma nova "distro" amigável ao usuário(user friendly), mantendo a poderosa base Arch, mais notavelmente o gerenciador de pacotes Pacman e compatibilidade com o AUR(Repositório dos Usuários do Arch). Manjaro usa 3 (três) conjuntos de repositórios de software: os repositórios instáveis ​​contêm a maioria dos pacotes Arch mais novos, possivelmente um ou dois dias em atraso, os repositórios de teste contêm pacotes dos repositórios instáveis ​​sincronizados a cada semana, o que proporciona uma triagem inicial, e os repositórios estáveis, que ​​contêm apenas os pacotes que são considerados estáveis ​​pela equipe de desenvolvimento.[4] O Manjaro não é Arch Linux. É um sistema inspirado no Arch e é um projeto independente.

História[editar | editar código-fonte]

A distribuição Linux Manjaro foi lançada em 2012.[5]

Lançamento e Versões[editar | editar código-fonte]

A série atual de versões de lançamento são baseadas no ano e mês. Por exemplo: Manjaro 16.09 significa que a imagem é do ano de 2016 e do mês 9. No entanto por ser uma distribuição Rolling Release, não é necessário baixar novas imagens do site do projeto caso o usuário já a use em seu computador. Basta atualizar com o comando no terminal: "sudo pacman -Syu" que automaticamente estará em sua última versão. As imagens .iso servem apenas para quem deseja ter uma instalação limpa em caso de necessidade ou para novos usuários. Os ambientes de trabalho oferecidos, bem como a quantidade de programas agrupados em cada comunicado separado têm variado para diferentes versões. Ambientes de Desktop oficialmente suportados incluem: XFCE (primário DE), KDE e Net-Edition (Não possui DE). as versões da Comunidade incluem: Enlightenment, MATE, LXDE, Cinnamon / Gnome-shell, e Razor-qt (um projeto Manjaro da Turquia). A NET-Edition está disponível para aqueles que querem configurar seu próprio ambiente gráfico como i3, e outros que também estão disponíveis para instalar nos repositórios. Manjaro 0.8.5 era para ser a última edição a característica de Cinnamon como uma liberação da comunidade devido ao mesmo não ser compatível com o GTK 3.8, enquanto o apoio Gnome Shell foi abandonado com o lançamento da versão 0.8.3. No entanto, esforços vindo do Arch permitiram reiniciar a edição de Cinnamon/Gnome como uma edição da comunidade.

Referências

  1. http://manjaro.org/get-manjaro/
  2. http://sourceforge.net/projects/manjarolinux/files/community/
  3. «About page on the Manjaro Wiki» (em inglês). Consultado em 8 de janeiro de 2013 
  4. «Repo page on the Manjaro Wiki» (em inglês). Consultado em 24 de janeiro de 2014 
  5. «Revision history of "About Manjaro"» (em inglês). Consultado em 20 de Agosto de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Site oficial

Este artigo relativo a GNU/Linux é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.