Kali Linux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kali Linux  v  e 
Logotipo
Captura de tela
Kali Linux Rolling
Desenvolvedor Offensive Security
Arquiteturas arm ppc x86 x86-64
Modelo do desenvolvimento Software Livre
Lançado em 13 de março de 2013 (4 anos)
Versão estável Kali-rolling / 21 de janeiro de 2016 (1 ano)
Língua natural Multilíngue
Mercado-alvo Segurança
Família Unix-like
Núcleo Linux
Método de atualização dpkg
Gerenciamento de pacotes APT (PackageKit)
Licença GNU GPL / Outras
Estado do desenvolvimento Corrente
Website http://kali.org/. (em inglês)., acessado pela última vez há 140 semanas e 3 dias
Posição no Distrowatch 15ª (em inglês, em espanhol, em francês, em alemão, em tcheco/checo, em japonês e em chinês).
Origem comum Suíça
Portal do Software Livre

Kali Linux é uma distribuição GNU/Linux baseada no Debian, considerado o sucessor do Back Track.[1] O projeto apresenta várias melhorias, além de mais aplicativos. É voltado principalmente para auditoria e segurança de computadores em geral. É desenvolvido e mantido pela Offensive Security Ltd.[2] Desde 21 de janeiro de 2016, é uma distribuição "rolling-release".[3]

O Kali Linux dispõe de numerosos softwares pré-instalados, incluindo o Nmap (port scanner), Wireshark (um sniffer), John the Ripper (crackeador de password) e Aircrack-ng (software para testes de segurança em redes sem fios).[1][4] O sistema pode ser utilizado a partir de um Live CD ou live-usb, além de poder ser instalado como sistema operacional principal. É distribuído em imagens ISO compilados para diferentes arquiteturas (32/64 bits e ARM).[5]

Instalação[editar | editar código-fonte]

O Kali Linux permite a instalação em arquiteturas i386, amd64 e ARM (armel e armhf), para a arquitetura i386, a imagem do Kali, traz um kernel PAE por padrão, podendo assim ser executado em sistemas com mais de 4GB de RAM. O sistema pode ser instalado a partir de um DVD ou um Live USB, também permite a instalação via rede.[1]

Requisitos[editar | editar código-fonte]

  • 8GB de espaço em disco.
  • Para arquiteturas i386 e amd64 mínimo de 512 MB de RAM .

Referências

  1. a b c «Kali Linux arrives as enterprise-ready version of BackTrack». The H. Consultado em 11 de fevereiro de 2015 
  2. «The Birth of Kali Linux». Offensive Security. 12 de dezembro de 2012. Consultado em 11 de fevereiro de 2015 
  3. «Kali Linux, Rolling Edition Released – 2016.1». www.kali.org. 21 de janeiro de 2016. Consultado em 12 de maio de 2016 
  4. «Kali Linux Metapackages». Offensive Security. Consultado em 11 de fevereiro de 2015 
  5. «BackTrack successor Kali Linux launched». SC Magazine. 13 de março de 2013. Consultado em 11 de fevereiro de 2015 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Livro não oficial no idioma português lançado em 05 de Fevereiro de 2015:

Ícone de esboço Este artigo sobre Esboços sobre distribuições Linux é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Parrot Security OS». Wikipedia, the free encyclopedia (em inglês). 15 de julho de 2016