Conectiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Conectiva Linux 3.0
Um CD de instalação do Conectiva Linux 3.0

A Conectiva foi uma companhia fundada em 28 de Agosto de 1995 em Curitiba, Paraná, Brasil, por um grupo de amigos, em sua maioria funcionários públicos do Banco do Brasil, juntamente com Arnaldo Carvalho de Melo, que foi um pioneiro em distribuições Linux e softwares livres no Brasil e em toda a América Latina.

Além da distribuição Linux para o mercado da América Latina, a Conectiva desenvolveu uma série de produtos e outros serviços direcionados ao mercado de utilitários para softwares livres, incluindo livros, manuais, e softwares adicionais como o Linux Tools e suporte a toda a América Latina através de seus centros de serviços e parceiros. O conhecido gestor de pacotes Synaptic, ainda hoje largamente utilizado, foi originalmente desenvolvido pela Conectiva[1][2]. Também publicava a Revista do Linux, com periodicidade mensal.

A Conectiva também providenciou desenvolvimento, customização e serviços profissionalizantes em todo o mundo através de seu grupo de engenheiros de softwares livres. Este grupo tinha conhecimentos em, além de outras, as seguintes áreas: desenvolvimento do Kernel do Linux, drivers de dispositivos, desenvolvimento do XFree86 (uma implementação do X11, bibliotecas de interface gráfica e acesso às redes), de protocolos de internet, de firewalls, e clustering (técnica em que diversos computadores trabalham interligados para realizar a mesma tarefa conjuntamente), analise de desempenho e optimização, sistemas de arquivos e gerenciamento de recursos.

Em 24 de Janeiro de 2005 foi anunciado que a empresa MandrakeSoft tinha adquirido a Conectiva por 1,79 milhão de euros. Em 7 de Abril de 2005 a MandrakeSoft anunciou a mudança do nome da companhia para Mandriva e suas distribuições para o nome de Mandriva Linux (no Brasil, somente Mandriva).[3]

O Conectiva Linux, juntamente com o Kurumin, foram as distribuições GNU/Linux brasileiras mais populares.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  • Este artigo foi inicialmente traduzido, total ou parcialmente, do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Conectiva», especificamente desta versão.

Referências

  1. «Conectiva Linux 7.0 dá mais acesso para leigos». Folha de S.Paulo. 25 de julho de 2001. Consultado em 12 de abril de 2019 
  2. «18 Years Ago, Linux's Legendary Package Manager Synaptic Was Released». FOSS Post (em inglês). 24 de novembro de 2019. Consultado em 4 de dezembro de 2019 
  3. «Portal do SERPRO — Mandrakesoft anuncia a compra da Conectiva». serpro.gov.br. Consultado em 8 de novembro de 2011 [ligação inativa]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]