Cadeia Velha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O prédio da Cadeia Velha, cerca de 1880

Cadeia Velha, também chamada nos documentos oficiais de Cadeia da Relação ou Casa da Relação, era um presídio localizado na cidade do Rio de Janeiro. Não se sabe a data exata de sua construção, possivelmente em 1636.[1]

No Brasil Colonial, era costume a cadeia funcionar no mesmo prédio que a Câmara Municipal. Localizada onde hoje fica o Palácio Tiradentes, para lá eram encaminhados todos que infringissem as leis da Coroa Portuguesa: criminosos, prostitutas e escravos se misturavam aos presos políticos.[1]

O prédio foi utilizado para as mais diversas atividades ao longo de sua existência, como o antigo Tribunal da Relação, alojamento para a criadagem da Casa Real, e, quando da vinda de D. João VI ao Brasil, em 1808, sendo ainda palco de acontecimentos marcantes, como a prisão de inconfidentes mineiros, entre eles Tiradentes.

Após a proclamação da independência, a Cadeia Velha passou a abrigar a Assembléia Geral Constituinte Brasileira e, em 6 de maio de 1826, instalou-se o primeiro Congresso Legislativo do Brasil.

Referências

  1. a b "A Bastilha brasileira". Revista História Viva, número 76, pgs. 66-71. Editora Duetto. São Paulo (2010).
Ícone de esboço Este artigo sobre História do Brasil é um esboço relacionado ao Projeto História do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.