Cendea de Cizur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Espanha Cendea de Cizur

Zizur Zendea

 
  Município  
Romaria nos campos perto de Zariquiegui
Romaria nos campos perto de Zariquiegui
Brasão de armas de Cendea de Cizur
Brasão de armas
Localização da Cendea de Cizur em Navarra e na Cuenca de Pamplona
Localização da Cendea de Cizur em Navarra e na Cuenca de Pamplona
Cendea de Cizur está localizado em: Espanha
Cendea de Cizur
Localização de Cendea de Cizur na Espanha
Coordenadas 42° 47' 31" N 1° 43' 4" O
Comunidade autónoma Navarra
Província Navarra
Comarca Cuenca de Pamplona
- Alcaide Jesús Antonio Barricarte Sarabia (2014, UPN)
Área
- Total 52,50 km²
Altitude 456 m
População (2016) [1]
 - Total 3 761
    • Densidade 71,6 hab./km²
Gentílico cizurtarra
Código postal 31190
Website www.cendeadecizur.es
Igreja românica de Nossa Senhora da Purificação, em Gazólaz.
Igreja e San Emeterio e San Celedonio, em Cizur Menor, no Caminho de Santiago.

A Cendea de Cizur ou simplesmente Cizur[nt 1] (em castelhano) ou Zizur Zendea (em basco) é um município da Espanha na província e comunidade foral (autónoma) de Navarra, com 52,50 km² de área. Em 2016 tinha 3 761 (densidade: 71,6 hab./km²). O município faz parte da comarca da Cuenca de Pamplona e da área metropolitana de Pamplona.

O município é constituído por oito "concelhos" (concejos):[b] Astráin, Cizur Menor, Gazólaz, Larraya, Muru-Astráin, Paternáin, Undiano e Zariquiegui e outros três lugares habitados: Eriete, Guenduláin e Sagüés.

Toponímia[editar | editar código-fonte]

O nome Cizur ou Zizur é usado para designar uma das cinco cendeas[b] da Cuenca de Pamplona. O significado etimológico de Cizur é geralmente relacionado com a palavra basca zintzur (ou txintxur), que significa garganta ou caminho estreito entre montanhas ou simplesmente passagem estreita. Alguns consideram que pode ser uma referência à localização geográfica entre a Serra del Perdón e o Monte Ezcaba (também chamado de São Cristóvão), embora Cizur só ocupa uma parte dessa área. O etnólogo e historiador Juan Ignacio de Iztueta considerava que zintzur significava também altura pequena.

Além da cendea, duas povoações da mesma têm o mesmo nome (Zizur Mayor e Cizur Menor), pelo que o topónimo pode ter tido origem nessas povoações e ter sido alargado para a cendea. Zizur Mayor era tradicionalmente a principal localidade da cendea, daí o seu nome, sendo Cizur Menor a localidade menor situado ao seu lado.

Há alguma polémica sobre a transcrição do nome. As formas Cizur e Zizur conviveram no passado e o nome oficial da cendea ainda é escrita oficialmente com C. A primeira menção escrita, de 1087" é como "Ciçur". De 1850 a 1920, a denominação oficial foi Zizur, mas a partir daí passou a figurar nos censos como Cizur. Seguindo a ortografia moderna do basco, surgida na década de 1960, o nome devia ser escrito como Zizur nesse idioma. Quando em 1992 o concejo de Cizur Mayor se separou do resto da cendea, o município então criado adotou oficialmente o nome de Zizur Mayor em castelhano e Zizur Nagusia em basco. Esta adoção deveu-se provavelmente à influência do nome basco e, ainda que fosse contrário ao costume das últimas décadas, não deixava de ser uma denominação histórica e tradicional em castelhano para o novo município. A cendea, pelo contrário, manteve a denominação oficial de Cizur.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município confina a norte com a Cendea de Olza e com Pamplona; a leste com a Cendea de Galar; a sul com Ucar, Adiós, Uterga, Legarda e Puente la Reina; e a oeste com Zabalza e Echauri. Dista 7,5 km do centro de Pamplona, 88 km de São Sebastião, 105 km de Vitoria-Gasteiz e 78 km de Logroño.

Municípios que confinam com a Cendea de Cizur
  Cendea de Olza, Pamplona  
Zabalza, Echauri Rosa de los vientos.svg Cendea de Galar
  Ucar, Adiós, Uterga, Legarda, Puente la Reina  

História[editar | editar código-fonte]

A área é povoada desde a Pré-história, como atestam os artefatos de sílex encontradas no planalto de Barañain-Eulza. Em Sansol (Muru-Astráin) foram descobertos vestígios de um povoado da 1ª e 2ª Idades do Ferro. Existem também restos similares, ainda que de menor importância, nos cerros e colinas próximos, pois nesses tempos convulsos e inseguros, os povoadores estabeleciam-se em lugares defensivos próximos de pequenos planaltos. Só Larraya se situa numa zona baixa, ainda que a igreja e o palácio Cabo de Armería se situem na zona mais alta desse lugar. Tratava-se de pequenos assentamentos que se consolidaram nos séculos XI, XII e XIII, como é atestado pela arquitetura religiosa da Cendea, quase toda datada desse período. Durante a Idade Média estabeleceu-se o regime de senhorio secular; surgiram então as localidades de Guenduláin, Eulza e Eriete e foram construídos palácios em muitas povoações.

A Cendea de Cizur é uma das cinco cendeas da Cuenca de Pamplona. Na Idade Média contava com 18 núcleos populacionais: Acella, Astráin, Barañáin, Cizur Mayor, Cizur Menor, Echavacoiz, Eriete, Eulza, Gazólaz, Guenduláin, Larraya, Muru-Astráin, Nuin, Oyerza, Paternáin, Sagües, Undiano e Zariquiegui. Algumas instituições eclesiásticas possuiram bens na cendea, como a paróquia de São Lourenço de Pamplona, o Hospital de Roncesvalles e os mosteiros de Irache, Iranzu. Mas a instituição religiosa mais beneficiada com terras e rendas foi o Grão-priorado da Ordem de São João de Jerusalém (de Malta), com a encomienda de Cizur Menor.

Nos séculos XVI e XVII a cendea conheceu algum florescimento económico que deixou marcas importantes no património artístico religioso e na arquitetura civil. Em 1553 o número de fogos (habitações ou a povoação tinha crescido para 208, um número que se manteve praticamente estacionário nos séculos seguintes.

No século XX assiste-se ao crescimento demográfico dos núcleos mais próximos de Pamplona e à diminuição da importância do mundo rural, despovoando-se as aldeias de Eriete e Guenduláin.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Igreja românica de Santo André em Zariquiegui.
Monumento ao Peregrino, no Alto del Pérdon, no Caminho de Santiago.
Distribuição da população por núcleos populacionais[1]
Núcleo populacional Número de habitantes (2016)
Astráin 372
Cizur Menor 2 020
Eriete 1
Gazólaz 143
Guenduláin 0
Larraya 64
Muru-Astráin 58
Paternáin 328
Sagües 28
Undiano 185
Zariquiegui 167


População de de Zizur Mayor (1900 – 2016)
1900 19101920193019401950
1 749 1 9311 9532 0022 0292 040
  Aumento 10,4% Aumento 1,1% Aumento 2,5% Aumento 1,3% Aumento 0,5%
1960 1970 1981 1991 2001 2016
2 0344 26512 9776 5041 4693 761
Baixa 0,3% Aumento 109,7% Aumento 204,3% Baixa 49,9% Baixa 77,4% Aumento 156%


Política[editar | editar código-fonte]

A administração política está a cargo de um ayuntamiento (equivalente à prefeitura no Brasil e à câmara municipal em Portugal), um órgão de gestão democrática cujos membros são eleitos por mandatos de quatro anos por sufrágio universal desde que foi reinstaurada a democracia em Espanha. As primeiras eleições democráticas após a queda da ditadura realizaram-se em 1979. Têm direito de voto todos os residentes maiores de 18 anos registados no município que sejam de nacionalidade espanhola ou de qualquer país membro da União Europeia. Segundo a lei eleitoral espanhola, que determina o número de vereadores (concejales) em função do número de habitantes, a corporação municipal é formada por 11 vereadores. A sede da autarquia situa-se na localidade de Gazólaz.

Eleições municipais de 2007
Campo de girassóis em Cizur Menor.

Nestas eleições, as últimas à data de escrita deste texto, a vitória foi alcançada pela formação independente "Agrupación Independiente Cendea de Cizur" (AI Cendea de Cizur), que obteve a maioria absoluta elegendo 7 vereadores. O cargo de alcaide, o líder do ayuntamiento foi para José Ricardo Pérez Torrano.

Distribuição de vereadores após as eleições de 2007
Força política Nº de vereadores
A.I. Cendea de Cizur 7
Erreniega 2
Nafarroa Bai (NaBai) 1
Partido Socialista de Navarra (PSN-PSOE)  1
União do Povo Navarro (UPN) 0

Economia[editar | editar código-fonte]

A Cendea de Cizur é fundamentalmente um município agrícola, que produz sobretudo cereais, apesar dos seus habitantes dedicados exclusivamente à agricultura não serem muitos. Há algumas indústrias ligeiras e o setor hoteleiro também tem alguma importância devido ao município ficar no Caminho de Santiago.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Uma cendea é uma entidade autárquica própria da Cuenca de Pamplona, uma espécie de município constituído por um conjunto de "concelhos" (concejos), isto é, aldeias ou o que poderiam ser freguesias em Portugal) autónomos, geridos pelo sistema de concejo abierto, uma assembleia de cidadãos.[2] Ver «Cendea» na Wikipédia em castelhano. De notar, no entanto, que apesar do seu nome, o município de Cizur já não é gerido por um concejo abierto, mas por um ayuntamiento, como a generalidade dos municípios espanhóis.

Referências

  1. a b «Cifras oficiales de población de los municipios españoles: Revisión del Padrón Municipal». www.ine.es (em espanhol). Instituto Nacional de Estatística de Espanha. Consultado em 7 de abril de 2017 
  2. «Cendea». Diccionario Auñamendi Español-Vasco (www.euskomedia.org/aunamendi) (em inglês). Euskomedia. Consultado em 17 de maio de 2011 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cendea de Cizur