Cendea de Cizur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Espanha Cendea de Cizur
Zizur Zendea
 
—  Município  —
Romaria nos campos perto de Zariquiegui
Romaria nos campos perto de Zariquiegui
Brasão de armas de Cendea de Cizur
Brasão de armas
Localização da Cendea de Cizur em Navarra e na Cuenca de Pamplona
Localização da Cendea de Cizur em Navarra e na Cuenca de Pamplona
Cendea de Cizur está localizado em: Espanha
Cendea de Cizur
Localização de Cendea de Cizur na Espanha
42° 47' 31" N 1° 43' 04" O
Comunidade autónoma Navarra
Província Navarra
Comarca Cuenca de Pamplona
 - Alcaide José Ricardo Pérez Torrano (2007)
Área
 - Total 52,50 km²
Altitude 456 m (1 496 pés)
População (2012)[1]
 - Total 3 663
    • Densidade 69,77/km2 
Gentílico: cizurtarra
Fuso horário CET (UTC+1)
 - Horário de verão CEST (UTC+2)
Sítio www.cendeadecizur.es
Igreja românica de Nossa Senhora da Purificação, em Gazólaz.
Igreja e San Emeterio e San Celedonio, em Cizur Menor, no Caminho de Santiago.

A Cendea de Cizur ou simplesmente Cizur[a] (em espanhol) ou Zizur Zendea (em basco) é um município da Espanha na província e comunidade foral (autónoma) de Navarra, com 52,50 km² de área. Em 2012 tinha 3 663 (densidade: 69,8 hab./km²). O município faz parte da comarca da Cuenca de Pamplona e da área metropolitana de Pamplona.

O município é constituído por oito "concelhos" (concejos):[b] Astráin, Cizur Menor, Gazólaz, Larraya, Muru-Astráin, Paternáin, Undiano e Zariquiegui e outros três lugares habitados: Eriete, Guenduláin e Sagüés.

Toponímia[editar | editar código-fonte]

O nome Cizur ou Zizur é usado para designar uma das cinco cendeas[b] da Cuenca de Pamplona. O significado etimológico de Cizur é geralmente relacionado com a palavra basca zintzur (ou txintxur), que significa garganta ou caminho estreito entre montanhas ou simplesmente passagem estreita. Alguns consideram que pode ser uma referência à localização geográfica entre a Serra del Perdón e o Monte Ezcaba (também chamado de São Cristóvão), embora Cizur só ocupa uma parte dessa área. O etnólogo e historiador Juan Ignacio de Iztueta considerava que zintzur significava também altura pequena.

Além da cendea, duas povoações da mesma têm o mesmo nome (Zizur Mayor e Cizur Menor), pelo que o topónimo pode ter tido origem nessas povoações e ter sido alargado para a cendea. Zizur Mayor era tradicionalmente a principal localidade da cendea, daí o seu nome, sendo Cizur Menor a localidade menor situado ao seu lado.

Há alguma polémica sobre a transcrição do nome. As formas Cizur e Zizur conviveram no passado e o nome oficial da cendea ainda é escrita oficialmente com C. A primeira menção escrita, de 1087" é como "Ciçur". De 1850 a 1920, a denominação oficial foi Zizur, mas a partir daí passou a figurar nos censos como Cizur. Seguindo a ortografia moderna do basco, surgida na década de 1960, o nome devia ser escrito como Zizur nesse idioma. Quando em 1992 o concejo de Cizur Mayor se separou do resto da cendea, o município então criado adotou oficialmente o nome de Zizur Mayor em castelhano e Zizur Nagusia em basco. Esta adoção deveu-se provavelmente à influência do nome basco e, ainda que fosse contrário ao costume das últimas décadas, não deixava de ser uma denominação histórica e tradicional em castelhano para o novo município. A cendea, pelo contrário, manteve a denominação oficial de Cizur.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município confina a norte com a Cendea de Olza e com Pamplona; a leste com a Cendea de Galar; a sul com Ucar, Adiós, Uterga, Legarda e Puente la Reina; e a oeste com Zabalza e Echauri. Dista 7,5 km do centro de Pamplona, 88 km de São Sebastião, 105 km de Vitoria-Gasteiz e 78 km de Logroño.

Municípios que confinam com a Cendea de Cizur
  Cendea de Olza, Pamplona  
Zabalza, Echauri Rosa de los vientos.svg Cendea de Galar
  Ucar, Adiós, Uterga, Legarda, Puente la Reina  

História[editar | editar código-fonte]

A área é povoada desde a Pré-história, como atestam os artefatos de sílex encontradas no planalto de Barañain-Eulza. Em Sansol (Muru-Astráin) foram descobertos vestígios de um povoado da 1ª e 2ª Idades do Ferro. Existem também restos similares, ainda que de menor importância, nos cerros e colinas próximos, pois nesses tempos convulsos e inseguros, os povoadores estabeleciam-se em lugares defensivos próximos de pequenos planaltos. Só Larraya se situa numa zona baixa, ainda que a igreja e o palácio Cabo de Armería se situem na zona mais alta desse lugar. Tratava-se de pequenos assentamentos que se consolidaram nos séculos XI, XII e XIII, como é atestado pela arquitetura religiosa da Cendea, quase toda datada desse período. Durante a Idade Média estabeleceu-se o regime de senhorio secular; surgiram então as localidades de Guenduláin, Eulza e Eriete e foram construídos palácios em muitas povoações.

A Cendea de Cizur é uma das cinco cendeas da Cuenca de Pamplona. Na Idade Média contava com 18 núcleos populacionais: Acella, Astráin, Barañáin, Cizur Mayor, Cizur Menor, Echavacoiz, Eriete, Eulza, Gazólaz, Guenduláin, Larraya, Muru-Astráin, Nuin, Oyerza, Paternáin, Sagües, Undiano e Zariquiegui. Algumas instituições eclesiásticas possuiram bens na cendea, como a paróquia de São Lourenço de Pamplona, o Hospital de Roncesvalles e os mosteiros de Irache, Iranzu. Mas a instituição religiosa mais beneficiada com terras e rendas foi o Grão-priorado da Ordem de São João de Jerusalém (de Malta), com a encomienda de Cizur Menor.

Nos séculos XVI e XVII a cendea conheceu algum florescimento económico que deixou marcas importantes no património artístico religioso e na arquitetura civil. Em 1553 o número de fogos (habitações ou a povoação tinha crescido para 208, um número que se manteve praticamente estacionário nos séculos seguintes.

No século XX assiste-se ao crescimento demográfico dos núcleos mais próximos de Pamplona e à diminuição da importância do mundo rural, despovoando-se as aldeias de Eriete e Guenduláin.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Igreja românica de Santo André em Zariquiegui.
Monumento ao Peregrino, no Alto del Pérdon, no Caminho de Santiago.
Distribuição da população por núcleos populacionais[1]
Núcleo populacional Número de habitantes (2012)
Astráin 372
Cizur Menor 2 020
Eriete 1
Gazólaz 143
Guenduláin 0
Larraya 64
Muru-Astráin 58
Paternáin 328
Sagües 28
Undiano 185
Zariquiegui 167


População de Zizur Mayor (1900 – 2012)
1900 1910 1920 1930 1940 1950
1 749 1 931 1 953 2 002 2 029 2 040
   +10,4%  +1,1%  +2,5%  +1,3%  +0,5%
1960 1970 1981 1991 2001 2012
2 034 4 265 12 977 6 504 1 469 3 663
 -0,3%  +109,7%  +204,3%  -49,9%  -77,4%  +149,4%

Política[editar | editar código-fonte]

A administração política está a cargo de um ayuntamiento (equivalente à prefeitura no Brasil e à câmara municipal em Portugal), um órgão de gestão democrática cujos membros são eleitos por mandatos de quatro anos por sufrágio universal desde que foi reinstaurada a democracia em Espanha. As primeiras eleições democráticas após a queda da ditadura realizaram-se em 1979. Têm direito de voto todos os residentes maiores de 18 anos registados no município que sejam de nacionalidade espanhola ou de qualquer país membro da União Europeia. Segundo a lei eleitoral espanhola, que determina o número de vereadores (concejales) em função do número de habitantes, a corporação municipal é formada por 11 vereadores. A sede da autarquia situa-se na localidade de Gazólaz.

Eleições municipais de 2007
Campo de girassóis em Cizur Menor.

Nestas eleições, as últimas à data de escrita deste texto, a vitória foi alcançada pela formação independente "Agrupación Independiente Cendea de Cizur" (AI Cendea de Cizur), que obteve a maioria absoluta elegendo 7 vereadores. O cargo de alcaide, o líder do ayuntamiento foi para José Ricardo Pérez Torrano.

Distribuição de vereadores após as eleições de 2007
Força política Nº de vereadores
A.I. Cendea de Cizur 7
Erreniega 2
Nafarroa Bai (NaBai) 1
Partido Socialista de Navarra (PSN-PSOE)  1
União do Povo Navarro (UPN) 0

Economia[editar | editar código-fonte]

A Cendea de Cizur é fundamentalmente um município agrícola, que produz sobretudo cereais, apesar dos seus habitantes dedicados exclusivamente à agricultura não serem muitos. Há algumas indústrias ligeiras e o setor hoteleiro também tem alguma importância devido ao município ficar no Caminho de Santiago.

Notas[editar | editar código-fonte]

[a] ^ Uma cendea é uma entidade autárquica própria da Cuenca de Pamplona, uma espécie de município constituído por um conjunto de "concelhos" (concejos), isto é, aldeias ou o que poderiam ser freguesias em Portugal) autónomos, geridos pelo sistema de concejo abierto, uma assembleia de cidadãos.[2] Ver «Cendea» na Wikipédia em espanhol. De notar, no entanto, que apesar do seu nome, o município de Cizur já não é gerido por um concejo abierto, mas por um ayuntamiento, como a generalidade dos municípios espanhóis.

Referências

  1. a b Padrón municipal: Cifras oficiales de población desde 1996 (em espanhol) www.ine.es Instituto Nacional de Estatística de Espanha. Visitado em 15 de janeiro de 2013.
  2. Cendea (em inglês) Diccionario Auñamendi Español-Vasco (www.euskomedia.org/aunamendi) Euskomedia. Visitado em 17 de maio de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cendea de Cizur