Cidades e Lendas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cidades e Lendas
Álbum de estúdio de Zé Ramalho
Lançamento 1996
Gravação Impressão Digital Studios, Rio de Janeiro, junho de 1995
Gênero(s) MPB
Duração 42:16
Idioma(s) Português
Formato(s) CD
Gravadora(s) BMG
Produção Zé Ramalho
Mariozinho Rocha ("Profetas")
Arranjos Sivuca[1]
Cronologia de Zé Ramalho
Frevoador
(1991)
Antologia Acústica
(1997)

Cidades e Lendas é o décimo segundo álbum do cantor brasileiro Zé Ramalho, lançado em 1996, após mais quatro anos sem álbuns de inéditas. Foi lançado com um show no TUCA, em São Paulo, numa época em que um sucesso seu, "Admirável Gado Novo", figurava na trilha sonora da telenovela da Rede Globo O Rei do Gado. Comparando o disco ao lançamento anterior, Frevoador, Zé se disse mais satisfeito com o resultado, pois teve tempo "para escolher melhor o repertório e convidar as pessoas certas".[1]

Até o fim de outubro de 1998, havia vendido 50 mil cópias.[2]

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloMúsica Duração
1. "Cidades e lendas"  Zé Ramalho, Fausto Nilo 6:22
2. "Leva eu sodade"  Tito Neto, Alventino Cavalcanti 3:31
3. "Bomba de estrelas"  Zé Ramalho, Jorge Mautner 3:40
4. "Para um amor no Recife"  Paulinho da Viola 3:23
5. "Cada um dá o que tem"  Zé Ramalho, Chico Guedes 3:48
6. "Não existe molhado como o pranto"  Zé Ramalho, Lula Côrtes 2:50
7. "Profetas"  Tavito, Aldir Blanc 4:54
8. "Rap – xote esotérico"  Zé Ramalho 4:06
9. "Os últimos dias"  Zé Ramalho 4:11
10. "Alforria"  Zé Ramalho 3:08
11. "Um lugar para sonhar"  Zé Ramalho 3:23

Músicos[editar | editar código-fonte]

Segundo o site oficial do cantor[3]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allmusic 4 de 5 estrelas. [4]
Symbol unlikely.svg Esta tabela precisa de ser acompanhada por texto em prosa. Consulte o guia.

Referências

  1. a b «Zé Ramalho celebra ressurgimento». Folha de S.Paulo. Grupo Folha. 16 de agosto de 1996. Consultado em 29 de março de 2017. 
  2. Sanches, Pedro Alexandre (30 de outubro de 1998). «Zé Ramalho volta em inéditas». Folha de S.Paulo. Grupo Folha. Consultado em 30 de Março de 2017. 
  3. Cidades e Lendas no site oficial de Zé Ramalho
  4. Avaliação no allmusic
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Zé Ramalho é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.