Clube da Comédia Stand-Up

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Clube da Comédia Stand-Up é um grupo de humoristas brasileiros criado em março de 2005 por Marcelo Mansfield, Rafinha Bastos, Marcela Leal, Oscar Filho, Márcio Ribeiro e Henrique Pantarotto.

O Clube da Comédia Stand-up é o primeiro grupo exclusivamente de humor stand-up no país e foi o principal divulgador do gênero, seguido pelo Comédia em Pé, no Rio de Janeiro. Em 2004, Marcelo Mansfield, Rafinha Bastos e Marcela Leal estiveram em cartaz com Mondo Cane, um show que mesclava humor físico e stand-up. Deste show surgiu a ideia de formar um grupo que praticasse exclusivamente o chamado "humor de cara limpa".

Elenco[editar | editar código-fonte]

Atualmente o Clube da Comédia Stand-up é composto pelos humoristas Marcelo Mansfield, Patrick Maia, Marcela Leal, Oscar Filho e Danilo Gentili.

O show[editar | editar código-fonte]

Marcelo Mansfield exerce a função de mestre de cerimônias do espetáculo, subindo ao palco para "aquecer" o público e apresentar os outros membros do elenco que apresentam o seu material com duração de 12 a 15 minutos.

O comediante se apresenta sempre sozinho, nunca como um personagem de figurino engraçado, num cenário formado apenas pelo microfone e um pedestal. Não usa trilha sonora durante sua apresentação e realiza os efeitos que precisam ser feitos com a sua própria voz. Ele escreve o seu próprio material, sem usar piadas de outros humoristas, de uso popular ou da Internet. O show tem aproximadamente 70 minutos de duração.

Os textos do show semanal são renovados periodicamente. Em 2011 o Clube completa 6 anos de vida lotando a capacidade do Teatro Shopping Frei Caneca e em 2011 entra no grupo o comediante de stand-up Patrick Maia.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Ainda no início do projeto, Henrique Pantarotto deixou o grupo para se dedicar ao teatro. Em 2006, Márcio Ribeiro também deixou o Clube para ingressar em outros trabalhos. No mesmo ano, entrou em cena o curitibano Diogo Portugal para integrar o time e ajudando a popularizar a linguagem no Brasil.

O Clube da Comédia lançou o seu primeiro audiolivro (CD) no dia 14 de agosto de 2006 no bar Happy News, em São Paulo. É o primeiro CD integralmente de stand-up do Brasil.

No final de 2006, Diogo Portugal seguiu em carreira solo e entrou Danilo Gentili, a partir de um open mic (abertura do microfone para humoristas iniciantes).

No final de 2009, Rafinha Bastos sai do clube da comédia para cuidar de projeto pessoais(CQC e A Liga), sendo que esses projetos ocupariam grande parte de seu tempo.

Em 2011 na nova temporada do Clube da Comédia no Teatro Shopping Frei Caneca entra o comediante de santo andré Patrick Maia. Após o dia 1 de Setembro de 2011 o Clube da Comédia entra em recesso após 7 anos de atividades, para preparar novos textos, materiais cômicos, para em 2012 voltar com tudo.

Convidados[editar | editar código-fonte]

O Clube da Comédia já recebeu diversos convidados nesses três anos. São eles:

Ricardo Corte Real, Sérgio Rabelo, Cláudio Torres Gonzaga, Fernando Caruso, Fábio Porchat, Paulo Carvalho, Bruno Motta, Robson Nunes, Luis França, Dani Calabresa, Rogério Morgado, Murilo Gun e Dirceu Siqueira.

Além disso, realizou também alguns open mics com Graziela Moretto, Evandro Santo, Fernando Muylaert, Ângela Dip, Ricardo Laganaro, Paulo Disca, Sidney Rodrigues, Paulo Faiok, entre outros.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]